domingo, 4 de outubro de 2009

02x10 - Red Museum (Museu Vermelho)

Roteiro: Chris Carter
Direção: Win Phelp

Resumo: Adolescentes são encontrados desorientados em florestas com uma inscrição "ele é um" nas costas. Durante a investigação, Mulder e Scully descobrem que eles estão sendo usados como cobaias em um experimento já conhecido deles, controle de pureza.



Comentários:

[Star] Carne suculenta + túnica branca e turbante + Deep Throat + Experiências com DNA alienígena = Red Museum...

Tem toda a história profunda e tal por trás dos turbantes vermelhos, a idéia da tentativa de criar híbridos a partir dos experimentos do tal médico da cidade, a aparição do cara que matou o Deep. O roteiro é do CC e ele colocou na sua cabeça de parafina que devia trazer algo do Deep Throat à tona, mas como ele é o CC e o "à tona" dele geralmente é quase nada, é isso que acontece, parece que o cara que atirou no Garganta é o cara que está passeando por essa cidade estranha... mas, enfim... nada se sabe, nada se tem, Mulder continua na mesma e nós também (urra.. rimou).

E tem uma cena shipper...

Primeiro... David limpa a boca da Gillian (sim, já foi falado em vários lugares que isso foi um gesto de cavalheiro do moço e não do personagem)...

Depois... olha essa cara da GA...
Se algum dia a Scully olhar com essa cara sacana e PERV para o Mulder... o mundo de fato acaba...
Momento GA vence Scully... isso acontece algumas vezes na série rs rs

Afinal, como Gillian e David foram colocando parte de suas vontades em Mulder e Scully, eles adquiriram uma vida além daquela norteada pelo CC e pelos demais roteiristas... THANKS GOD!

Agora, cá pra nós... a Scully achava o quê? que a comida ia correr do prato?? A ruiva tava com fome.... atacou a costeleta na maior vontade... [/Star]

[Josi] Olha a maldade com os vegans: primeiro aparecem os bois vivos e felizes (oi?) pra logo em seguida aparecer apenas os pedaços deles sendo fatiados... Bom, mas se eles mostram isso com pessoas, por que não com animais, não é mesmo?

Gary: "Eu volto em 5min". Quatro horas depois, o garoto ainda estava sumido... Fosse com meu irmão mais velho, isso não seria nenhum motivo pra alarde... rsrs



Ei, ainda bem para os garotos que as inscrições nas costas eram feitos com lápis mágicos, né? Pior era em Aubrey... que elas eram feitas na base da navalhada! o.O

Olha essa carinha! Tem como você não ficar cativado? Não pela beleza, suas más! rsrs
Eu acho tocante o quanto Mulder fica fascinado com casos deste tipo. Acho que isso foi sempre uma das chaves básicas do sucesso de Arquivo X: a paixão de Mulder pelos fenômenos e a imensa admiração e confiança que a Scully depositava nessa paixão dele... Depois que Mulder saiu do porão, a magia se desfez... :/

Xerife: "Se exige muita coragem para abrir uma igreja deste tipo numa região de corte de gado" - Bom, se a ideia era converter pessoas, ela estava no lugar ideal... ou não?

Odin era um digitador e tanto... digitar naquela velocidade de olhos fechados e sem nenhum erro! Ei, mas isso pode ser chamada de mensagens psicografadas do século XXI? Quem precisa confirmar a caligrafia, não é mesmo? Mas eu fiquei intrigada mesmo é em como a garota conseguia ler daquela posição...

Rapaz... a Scully é mexeriqueira demais! Adooooooro! Enquanto Mulder fica ali no interrogatório, ela sai pra dar uma olhadinha na casa... rsrs

Humm... aquela cena toda no restaurante é, no mínimo... interessante... rsrs

E depois de deixar a Scully literalmente sem fala diante de seu gesto cavalheiresco... olha a carinha de inocente que ele faz.




Só o Mulder mesmo!

Mas nada supera o jeitinho carinhoso do velhinho chamar a Scully! Quem resiste aquele chamado rude? hauahuahauahaua Podem perceber que Mulder fica logo de olho...


Scully: "Mas estes hormônios são seguros..."
Velho: "Quem diz isso? O governo?" - Pois é, Scully... se vem do governo, a coisa fica é mais suspeita, isso sim.

Ah, eu fiquei com pena do Xerife... o filho dele vidaloka foi o único que morreu...





humm... O cara recebe dinheiro para colocar substâncias estranhas nas vaquinhas e nos garotos... então, a forma que ele encontra para se rebelar contra isso é soltando os meninos muito doidos pela floresta, sem roupa e os marcando com uma caneta? Ok... cada um faz o que pode né? :P

Own... Amo Mulder fazendo biquinho... rsrs Essa é expressão dele pra "Sei... Me engane que eu gosto".




Claaaro... o carinha não poderia ouvir o que eles falavam né? Rsrs
A irmã de minha sobrinha estava aqui enquanto eu pegava as imagens... daí quando ela viu esta, ela disse: "eita, agora eles vão se beijar" kkkkkkk Afff... ela não sabe que eles têm apenas um romance intelectual, não é?

Ah, gente... o Xerife atirando no carinha que matou o Garganta me lembra muito o próprio Mulder em Pusher... as balas que ele tinha não foram suficientes para aplacar a sua frustração.

E a "justiça" no final é tanta que chega a ser maldosa... só o pessoal da igreja se livraram das doenças e o negócio de carne morreu na região.

Mas vocês notaram como eram as crianças de lá? Todas loirinhas, rosadinhas, saudáveis demais, ou seja, "boring". [/Josi]


[Marcos] É um episódio que envolve questões alienígenas, mas onde estes, efetivamente, não aparecem. Nele, mostra-se que o Governo conduzia uma pesquisa secreta envolvendo DNA alienígena, que era misturado a animais e seres humanos e que, depois, tinham o seu processo de crescimento e desenvolvimento supervisionados e acompanhados pelo Governo ou alguma agência Secreta deste, que executava a experiência.

Nessa época, ainda não tínhamos nenhuma Mitologia, propriamente dita, em Arquivo X. A Mitologia somente teve início na trilogia 'Anasazi, O Caminho da Cura e Operação Clipe de Papel', quando os elementos que a constituíam (uma força colonizadora, os Aliens, um entidade colaboracionista, o Sindicato, e a Resistência, liderada por Mulder e Scully.

Aliás, uma vez vi uma entrevista do Duchovny onde ele disse que essa concepção da Mitologia (Força Colonizadora, Sindicato Colaboracionista e Resistência) havia sido inspirada na ocupação da França pela Alemanha Nazista na época da 2a. Guerra Mundial, quando os Nazistas (a Força Colonizadora) invadiram a França e tiveram a colaboração de um Governo local (de Vichy) que corresponde ao Sindicato em Arquivo X e que enfrentavam uma Resistência (que era liderada por Comunistas e Nacionalistas franceses, do qual o principal nome foi o General De Gaulle).

Nota-se que, neste episódio, o personagem Escovinha (que agia sempre para apagar as pistas e indícios que levassem alguém a descobrir os planos que o governo executava junto com os aliens) aparece novamente, ele que já havia assassinado o Grande Garganta Profunda, em 'Jogo de Gato e Rato'. [/Marcos]

[Ariana] Quando vários adolescentes começam a desaparecer misteriosamente, regressando horas depois, enlouquecidos e com a frase “ele é um” escrito em suas costas, fica claro que isto é mais um trabalho para a super dupla... não, eu não estou falando de Batman e Robin, e sim de... Mulder e Scully!

Por falar nisso, não entendo o estranhamento do policial ao se deparar com o “ele é um” nas costas do Gary. Estranho seria se estivesse escrito “ele é dois”. Sinal de que o sequestrador ao menos sabe contar.

Definitivamente, nenhum lugar é menos recomendado para se passear do que as florestas. Pelo menos em Arquivo X. Já repararam a quantidade de desgraças que tem como cenário as florestas, bosques e afins? Ou seja, evitem locais arborizados. Principalmente se você for um colegial. Podes crer, é morte certa!

Poxa, até a sombra do querido é fofa...
Afff... PLÁH! em mim depois dessa! E não se assanhem porque nenhum de vocês vai me dar qualquer PLÁH! Até porque o PLÁH! é meu e só eu posso me dar.


Mulder: “Não é um dos jovens mais notáveis de Wisconsin, mas é o xodó da mãe”. – Só eu ou mais alguém admite achar gostoso falar “Wisconsin”? Mais ainda se é o querido falando... rsrs.

Afff... Vamo ver se agora vai! Então, continuando...

Outra coisa que aprendi com Arquivo X é que, quanto menor e, aparentemente bucólica a cidade, maior a sujeira escondida sob o tapete e, ao contrário do que se pensa, não é o melhor lugar para se criar os pimpolhos.

Tava aqui imaginando que talvez a Ka pudesse se dar bem nessa Igreja do Museu Vermelho, além de os caras serem vegetarianos, salvam os bois e vaquinhas dos matadouros, os criando como se fossem bichinhos de estimação. Podemos aproveitar a idéia e fundar uma neste estilo em pleno solo tupiniquim. O gado livre, leve e solto, pastando feliz... assim como os seguidores, todos juntos, formando um só rebanho.

Coincidentemente o local do culto é em um celeiro. Apropriado...

Owwnnnn... que fofo o querido segurando o guarda-chuva para a Scully... Pena que era tarde demais, o cabelo dela já virou abóbora nessa garoa.
E ainda dizem que ele não é gentil! Pois saibam que a partir de agora iniciarei uma campanha pra jogar por terra essa má fama do Mulder - de que ele tá mais pra cavalo que pra cavalheiro!

Não me julguem mal, no entanto, toda vez que ouço o Gary contando que “algo” se apoderou dele não consigo deixar de rir e pensar que por aqui isso tem outro nome. Rsrs
Ou, como diria uma tia minha: ele foi “ameaçado de morte”. KKKKKKKKKKKKK

Mulder: “O Museu Vermelho, como eles são tratados pelos cidadãos locais?”
(...)
Xerife: “Há uma certa tensão, mas a maioria se contenta em apenas evitá-los”. - Se assim fosse, estaria bom. Aposto que eles também se contentariam em apenas ser evitados.

Mulder: “Poderia recomendar um bom motel e nos indicar um bom lugar para comer?” - Hmmm... e não dá na mesma? Afinal, um bom motel pode ser um bom lugar para se comer, Mulder. rsrs

Não sou um oráculo, mas ouçam com atenção minhas revelações: se você quer ter certeza que aquele cara gatão-lindão ta caidinho na tua, leve-o para jantar! Esta é a prova de fogo, como diria Wandeca. Fatão!

Contudo, não basta meramente um singelo jantar. Não! Ao invés da tradicional saladinha, daquele gelado de arroz integral (assim como tudo mais que há de leve e diet) e comer feito uma mulherzinha, manda ver no cardápio inteiro! Sim, peça tudo que há de mais gorduroso, encorpado, suculento e muito, muuuuito molho! Garfo e faca? Há! Na-na-ni-na-não! Pra que tu tens mãos? Pois as use! Incorpore um estivador depois de um dia inteiro de lida, amarre a toalha no pescoço e manda brasa! Se preciso for, enfie a cara no prato e abrace a comida. E depois disso, se o cara não se assustar, vomitar ou disser que precisa sair para comprar um cigarro (mesmo que não fume)... ele é teu! *-*

Agora... se posteriormente a tudo isso, o dito-cujo ainda pegar um guardanapo e, docemente, limpar o canto melecado da sua boca... é amor de verdade, pode levar para casa.

Êêêê... Só o querido para passar com louvores mil! Mais uma prova de que ele é um gentleman sim! O mais fofo de todos.

E a carinha de satisfação dela diante deste gesto é inegável. Sei que já falei isto uma vez, mas essa carinha me diz sempre: "Hei Mulder, caiu um pouquinho de molho aqui embaixo também..."

Mas essa expressão aqui... hmmm... xá pra lá.





Esta cena sempre me faz imaginar as refeições lá no home... rsrs Coitado do Mulder, a Scully faminta é de dar medo. Se bem que, como não ter o apetite atiçado tendo o Mulder bem à sua frente? O bom é que agora ela pode comer o que realmente lhe é apetitoso.

Eis que, de repente, ouvem um frenesi lá fora. E o querido, que não é bobo nem nada, aproveitou a oportunidade pra se mandar e deixar a conta para a Scully pagar. Lá se vai o Super Mumu, na defesa dos fracos, oprimidos e esquisitos... *-*

Apenas para simplificar, a cena com a qual se depara é a do típico babaca, que se julga acima dos outros por ter ligação com alguma forma de poder. Com vocês o filho escroto do Xerife: Rick. Que só faltou soltar a clássica pergunta ao Mulder: “você sabe com quem está falando?”. Mas ele é que não sabia com quem estava falando.

Após pagar a conta, Scully se junta ao seu querido e, no único momento edificante de sua existência, Rick solta ao vê-la: “(...)por que não anda depressa com sua mulherzinha?”.

Este olhar do querido para ela... Conjeturando sobre o “sua mulherzinha”?





Uma cena muito bem feita é aquela na qual a garota, após seu sequestro, surge seminua na floresta e completamente atordoada. O grasnar dos corvos, por si só, bastaria para causar mal estar, e este é intensificado ante a visão de suas alucinações em que os corvos e insetos a estão atacando.

Este comportamento delirante logo é explicado pela Scully em seu diálogo com Mulder, quando ela lhe diz que nos exames da garota foram encontrados traços de uma substância alcalóide - e altamente alucinógena – cuja prescrição tem de ser feita, necessariamente, por alguém que possui licença médica, o que os leva diretamente a Odin, cujo passado profissional, no quesito ético, é questionável.

E lá se vão prender Odin, que assim como muitas pessoas se escondem sobre os invioláveis – e questionáveis – direitos religiosos. Benefício que protege muita gente, permitindo que cometam os piores atos, sob a justificação da crença religiosa.

Tipo... ninguém pode falar durante o trajeto? Parece que estão brincando de “vaca amarela”.




Quando este velhinho conta a Mulder e Scully sobre o uso de hormônios de crescimento nas vacas e sua “segurança” questionável no que diz respeito aos potenciais efeitos que causam às pessoas, tomando como exemplo as pessoas da cidade e como estas se tornaram mesquinhas, desprezíveis e violentas – como se fosse apenas ali – penso que realmente hoje em dia não sabemos mais o que comemos e isso assusta. Vi um artigo de uma jornalista que pesquisou sobre os alimentos, uso de agrotóxicos e prevê que daqui a cerca de 10, 20 anos vamos ter uma epidemia de câncer em conseqüência do uso de pesticidas e alterações genéticas nos alimentos que ingerimos. Hmm... acho que vou fazer uma horta.

E tornamos a ver um não tão velho conhecido: o Homem do Cabelo à Escovinha. Agora, por que diabos este apelido? Quem os inventa em AX? Até porque nem sei como é um cabelo à escovinha. E este ao qual nos referimos nem tem cabelo suficiente para ser escovado. *.*

Ocorre mais um sequestro e, desta vez, trata-se de Rick, o filho do Xerife – ou como diria meu amigo Cobretti... o cocô! Tudo bem que ele merecia uma sova, mas não precisava tanto, além do que, fiquei com dó do Xerife.

Somando-se a estes eventos, presenciamos um acidente aéreo no qual a vítima revela-se nada mais, nada menos que um famoso médico local, responsável pela saúde dos jovens da região. E o clima de mistério só faz aumentar quando encontram entre os destroços do avião, uma maleta cheia de dinheiro e frascos de uma substância desconhecida.

Quando prendem o Gerd Thomas – cujos hábitos de vida extrapolam os limites da bisbilhotice, afinal, o cara é um depravado que produzia o próprio reality show, só que sem o consentimento dos seus astros – temos uma reviravolta no caso. A partir do seu depoimento descobrimos que o Dr. Larsen inoculava os jovens com a mesma substância aplicada no rebanho, o que seria a causa do comportamento violento deles. Por este motivo, G. Thomas vinha os seqüestrando e marcando com a frase “ele é um”, denunciando os monstros no qual se tornaram.

Neste momento cai a ficha da Scully em relação ao homem que avistou na estrada e a circunstância em que se conheceram. E ao conferir o resultado dos testes feitos com a substância encontrada junto aos pertences do Dr. Larsen, tomamos um susto. Não é nada menos que o controle de pureza. Ou seja, temos um grupo de cidadãos servindo de cobaia para experimentos com DNA alienígena e, como se não bastasse, “comprovadamente seguros e aprovados”, segundo o governo, como disse o velho.

Enquanto Mulder vai atrás do Homem do Cabelo à Escovinha, Scully e o Xerife se empenham em levar os jovens a um local seguro: a Igreja do Museu Vermelho. Ao olhar a expressão dos “acolhidos”, só consigo pensar no mal estar e constrangimento que devem estar sentindo por receberem ajuda justamente daqueles a quem tratavam com desprezo.

Scully para o Homem do Cabelo à Escovinha: “Abaixe isto”. – Ouxe, mas é isso mesmo que ele quer fazer, só que com o isqueiro aceso. rsrs



Pobre querido, sempre perto, mas nunca alcança... Como era de se esperar, o homem que mataram não existe oficialmente.

Cara, acho muito ridículo falar "Homem do Cabelo à Escovinha". Que porra é essa??? Nunca vi, nem sei o que é isso!

Mas quanto ao episódio... é maravilhoso!
Não entendo o motivo pelo qual lhe dão tão pouco crédito, pois quase não é mencionado (admito que eu me incluía neste meio). Felizmente fui otmada de assalto e me apaixonei por ele! eu amo isso em Arquivo X, como um episódio já visto dezenas de vezes, de repente, se faz tão novo e surpreendente.
Sabe quando, às vezes, dizemos que vemos algo, mas não enxergamos? Pois é, agora enxerguei. [/Ariana]

Quotes:

Scully: Eu acho que ele está falando a verdade. Eu não acho que ele matou alguém.
Mulder: Bem, por que você tem tanta certeza?
Scully: Eu estou com exame toxicológico. A substância residual não pode ser analisada porque ela contém corticosteróides sintéticos com aminoácidos não identificados. É "Controle de Pureza", Mulder.

Mulder: Você sabe o que está dizendo, Scully?
Scully: O homem que morreu naquela queda de avião estava inoculando aqueles garotos com anticorpos que devem ter uma origem extraterrestre.
Mulder: Ele estava injetando DNA alienígena naqueles garotos.

Scully: Não, Mulder, isto nunca foi conclusivamente comprovado.
Mulder: Mas esta é a mesma substância que nós encontramos no Erlenmeyer flask, não é? O mesmo material pelo qual Garganta Profunda morreu.
Scully: Sim.

Mulder: Tudo faz sentido. O dinheiro na maleta, eles estarem conduzindo experimentos aqui. Alguém estava pagando para que aqueles garotos fossem injetados com DNA alienígena para ver como eles reagiam. Isso tem sido feito a anos.
Scully: Este homem sabe alguma coisa sobre isso?
Mulder: Não. Ele é apenas uma pobre alma que soprou a tampa. Eu não acho que ele sabe mais do que está nos contando.

Scully: Bem, eu acho que o chefe dele sabia já que ele foi achado morto no pasto.
Mulder: O quê?
Scully: Eu acho que sei quem atirou nele, Mulder. Aquele homem que eu reconheci na estrada hoje... é o mesmo homem que executou Garganta Profunda.

Mulder: Bem, quem quer que esteja por trás disso está aqui encobrindo seus rastros. Ele vai atrás dos garotos. Pegue o Xerife e me encontre no apartamento de Gary Kane. E, Scully... Eu quero esse cara vivo.

Outras Imagens de Red Museum:

Ele é um

A cena *.*

Não há um motivo lógico pra essa imagem estar aqui... apenas... enjoy!

Decidindo se o cara tinha envergadura moral pra ser acreditado ou não...

Mais um beco sem saída pra Mulder.

19 comentários:

Yanne Celly disse...

Bem !!! depois de alguns ataques de risos, estou tentando fazer meu cerebro funcionar novamente e tecer algum comentário digno dessse post, but, tá difícil, só posso dizer que a descrição da cena do restaurante fez com que alguns olhares curiosos me observassem e talvez agora estou com fama de louca....


Realmente!!! Gillian era uma dupla personalidade de Scully que algumas vezes se deixou levar nas cenas, demais, né?

Bjs!

Josilene disse...

"talvez agora estou com fama de louca...." - by Yanne.

Bem-vinda ao clube. Minha irmã já disse que um dia ainda me internava! hauhauahuaha

Bisous.

Tássia Fernanda disse...

Bom, nada como ler um post inteligente e divertido depois de uma tarde de provas!*-*
A cena, tão falada, é perfeita! A cara da GA é tudo!kkkkkkkkkkkkkkkk
Gosto muito de Red Museum, acho um epi bem legal e interessante!
Enfim, adorei o post!*.*

Ariana disse...

Star: "Se algum dia a Scully olhar com essa cara sacana e PERV para o Mulder... o mundo de fato acaba..."

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Fia, tanto não acaba que ainda está aí! Nós é que não presenciamos... simplesmente por que CC é MAU!!!!!!

Mas na intimidade do home... reina o mundo perv de M&S... :D

Josilene disse...

Vlw, Tássia. ;) Espero que vc tenha se dado bem nas provas. rsrs Sim, a cara da GA é td e mais um pouco. É incrível a capacidade de DD e GA de transformarem coisas simples em algo totalmente complexo e digno de anos de estudos! kkkkkkkkkkkkkkk

Pois é, Nana... CC é muito mau, cara... não deixou a gente ver nadinha de nada. Mas talvez seja pq ele conheça os seus fãs... eu penso isso pq eu ainda fico chocada com aquela cena "inocente" da cama em IWTB. hihihi

Bjos, meninas!

PS: Aviso básico - neste fim de semana não tem post.... poooooooois dia 13 é niver do nosso (da Scully, da Scully!) Mulder! Então, até lá! Tragam os presentes! rsrsrs

Yanne Celly disse...

Já pensaram em fazer um blogger para comentários das notícias?

Seria muito mais que bom...


Vocês são perv e perfas. Adorooo!!!!

Josilene disse...

Comentários de notícias diversas ou só de Arquivo X? Own... eu queria que houvessem mais notícias de AX... *lágrima de pusher.ms*

Quem ser perv? *carinha inocente*

Bjin...

Yanne Celly disse...

De ax é claro, normalmente os que noticiam sobre eles e coisas afins,são ......como posso dizer, um pouco inseguros de colocar suas impressões.

Não acha?
E vocês são malucas o suficiente para salgar ou adocicar as notícias...

besos!!

Josilene disse...

Yanne... err... assim... Thanks? rsrrsrs

Bom, se eu tivesse mais tempo, eu até aceitaria sua sugestão... mas... a ideia é boa... vou aperrear o juízo da Nana pra ela fazer um blog com este tema! \o/

Bjos!

♥Isabella♥ disse...

Amei,aaa aquela cenaaa,e eles nem ligam quando o BADBOY chama ela de esposaaa,uiii!!!

Valew Josi pela fto da "Churrascaria"...

E vou avisar ao Nutri da Scullyzinha que ela saiu da dieta mas ganhou uma surpresinha do KERIDU!!! bjos Té+ girls!

Josilene disse...

Olá, Isabella! Saudades de tu!

Olha, aqui tem um quadro a quadro dessa cena da Scully faminta: http://xfphotos.fredfarm.com/season2/red_museum/index.html

Beeeeijos!

Ariana disse...

Yanne: "Vocês são perv e perfas. Adorooo!!!!" - *.*

Cuma??? Fia, me inclua fora dessa, eu apenas represento o inconsciente desta sociedade (o que me fez ficar injustamente mal vista).
Nada do que eu falo aqui diz respeito à minha singela pessoa. Sim, pergunte a quem me conhece. ^^
----------------------------------

Josi: "vou aperrear o juízo da Nana pra ela fazer um blog com este tema! \o/"

E por que eu??? *.*

Gente inocente sofre.... affffff

Josilene disse...

Eita desculpinha fraca, Nana! kkkkkkkkkkkkkk

"Sim, pergunte a quem me conhece. ^^" - Tipo... err... assim... faça o blog com comentários das notícias... seria MARA.

PriEsp disse...

Gostei bastante deste epi, achei que fosse mais um episódio "MOTW", mas eis que de repente surge o assassino do Garganta, vulgo "homem do cabelo escovinha" linkando td, muito legal! AX é assim, surpreendente! E a reviravolta tb, o pessoal do "Museu Vermelho, sempre esculhambado, abrigando aqueles que os agrediram antes! O mundo gira!

Mas agora: mano, eu não chamaria a Scully pra almoçar comigo não! Como vcs dizem, *medo* do tamanho do prato dela... Ainda bem que tinha "babador", senão teria dado perda total naquele terninho branco dela! rs.

E definitivamente, limpar a boca suja de alguém, só se vc tiver mta, mta intimidade mesmo (ou estiver querendo ter...). Ri mto da parte do restaurante, pareceu que foi algo fora do script, a Gillian meio que querendo rir durante a fala... (talvez fosse efeito da carne inoculada com vírus alienígena, haha). Sensacional!

Bjs

Josilene disse...

Mas, Pri... pense bem pq hj em dia a Scully não se refastelaria de carne não... ela tá na onda da dieta. rsrsrs

Esta cena... bom... err... sem palavras. kkkkkkkkk

Bjo!

ADRIANE disse...

Bom, eu li em algum lugar que o DD é vegetariano, e quanto ao Mulder, ele é carnivoro? na verdade acredito que nunca foi mencionado em nenhum episódio se ele era um amnte de carnes, na verdade na cena do jantar em que Scully mais parece uma naufraga que passou dez dias em alto mar sem comer rs rs rs, ele esta ao meu ver comendo de maneira muito, mas muito comediada para um homem do tamanho dele, será que na verdade ele se "deliciou" mais em vê-la comer? mrsrsrs, eu acho que fico com esta última hipótese, nosso casal de nerds são realmente muito fofos.

Josilene disse...

DD é mesmo vegetariano. Qto a Mulder, eu não sei... realmente não lembro de algo assim ser mencionado... :)

janaX disse...

Gente tô me sentindo em casa,mais cabecas maluquinhas como eu gostam dos mesmos eps que eu!!!Eu gosto muito de Red Museum,claaaro que nem preciso mencionar o quanto amo a cena da limpada de boca do Mulder na Scully(também acho que foi DD que deu uma de "hei vou passar a mão na sua boquinha gata!Gostou?"e ela "David você tem duas horas pra parar de me bolinar...três e nem um minuto mais!"),a primeira vez que eu assisti...cê sabe né Josi,sempre achando que podia rolar algo!CC mau!voltando ao ep,bão tudo nele é interessante,como vocês escreveram ai o cara escovinha(tipo...não entendi o por quê desse nome mais...),o controle de pureza,todo o lance dos vegetarianos e os carnívoros,a hostilidade gerada pelas experiências nos jovens,o esquisito que espiava os carinhas e depois entregou eles naquele lance do "he is one",e de lambuja ainda tem o velhinho,KKKKKKK adoro aquele velhinho(depois aquele ator volta em Mistério de Piper Maru e Nissei achom que é esse o título da continuacão!).Eu adoro eps que se passam em florestas pois se tem uma coisa que eu acho linda nas cenas filmadas no Canadá são justamente as que se passam em meio à natureza que é de uma beleza singular.Me lembro que quando meu marido assistiu a primeira vez à esse ep quando DD,quer dizer Mulder limpou a boca da Scully ele deu uma risadinha e olhou pra mim e disse:ferrou!Eu e ele debatemos de vez em quando sobre AX,lógico que ele olha mais para me fazer companhia do que propriamente por gostar,mais isso não impede que ele deixe registrada suas impressões sobre os eps,e assim como eu ele também sente uma atmosfera diferente entre os atores nas primeiras temporadas e,assim como eu,ele também prefere as primeiras!Enfim Josi amiga,era isso que eu tinha de coments por enquanto,mais em breve lerei mais e te alugo mais um pouco com meus coments sem nocão!Um beijão amiga e forca na peruca para terminar a quarta temporada(já estou com saudades...)!Até...

Josilene disse...

Ahh... mas esse ep é bom demais mesmo! kkkkkkkkk Como são geralmente os da mitologia. ;)
Ah, sim... as florestas do canadá são belíssimas... Jana, fofa... spn é gravado lá... dá uma olhada... kkkkkkkkkkk
Me alugue seeeeempre que quiser!
Será que esse ano eu termino td da quarta e ao menos faço o post do começo da quinta? humm.... vamos orar. rs

Beijos!