sexta-feira, 30 de setembro de 2016

06x11 - Two Fathers (Dois Pais)

Direção: Kim Manners
Roteiro: Chris Carter & Frank Spotnitz

Resumo: Cassandra reaparece com uma nova investida dos rebeldes sem face que ameaçam expor o Sindicato. Mulder e Scully são mais uma vez manipulados pelo Canceroso, desta vez com a ajuda de Spender.



Comentários:

[Josi] Mais um episódio duplo mitológico e as coisas continuam a pegar fogo (literalmente). Muitas revelações, muitas reviravoltas e isso me faz pensar no pessoal que reclama exatamente de muitas informações em apenas um episódio na décima temporada... gente... isso acontece desde o Piloto... Vão ver outra série se isso os incomoda...

Neste ponto, Mulder e Scully continuam fora dos Arquivos X. Folley e Spender estão no porão aparentemente sem fazer nada realmente... Apesar disso, vamos recapitular que Mulder ainda teima em acreditar em Diana... eita homem ingênuo!

Começa o episódio com Cassandra sendo mais uma vez objeto de uma experiência. Pobre Cassandra... jogada em cima daquela mesa por anos a fio como um rato de laboratório. E tal qual, seria eliminada assim que a experiência fosse concluída.



Canceroso: "[os planos] teriam dado certo. Se meu próprio filho não tivesse escolhido nos trair. Ou o tivesse feito de forma mais inteligente." - Com esse teu filhinho também... vou te contar. Nem pra fazer algo que preste. rs

Sabe... se até Spender fica legal de sobretudo, acho que eu também ficaria. Bem que o clima daqui poderia ficar frio o suficiente pra me deixar usar casacos assim, né?

Às vezes eu tenho um pouquinho de pena de Spender... se ele não fosse tão arrogante e anti-ético, talvez eu tivesse mais. Talvez.

A mãe dele, Cassandra, é encontrada e ela mesma se recusa a falar com o filho depois de ser taxada como louca tantas vezes pelo rapaz. E com quem ela deseja falar? Mulder, claro. Que desta vez não vai estar com aquela tolice de que aliens não existem. yay

Cança é outro iludido da vida. Ele acha que pode sumir da vida do filho, destruir a vida da mãe dele e depois aparecer do nada e ganhar o amor e a confiança do garoto. Pelo amor de Deus... Fora que ele coloca Spender lá nos Arquivos X e achar que apenas isso vai fazer o lesado correr atrás de evidências de vida fora da Terra. Oi?


Depois das besteiradas de Spender-pai e Spender-filho, passemos a cena fofíssima com Mulder e Scully, finalmente!

Uma coisa que deixam passar nas legendas e eu não tenho ideia mais de como fazem dublado é que Mulder vem falar com Scully todo trabalhado em gírias... e isso é hilário! Notem como ela mal consegue conter umas risadinhas. Não deixem de perceber a olhada de cima a baixo que Mulder dá em Scully quando ela entra na quadra... ;)

Spender: "... Eu só quero a verdade!"
Mulder: "A verdade está lá fora, Ag Spender, vá procurá-la você mesmo!" - Que orgulho!!!

Eu nunca vou superar como as pessoas nos EUA abrem a porta pra qualquer um... Ganha do "fulaninho deve ter esquecido a chave. hahhaha" tun-tun-tun-tun-tun... surpresa! É alguém que você não queria ver!

Mulder está decidido a não ir investigar aquele caso... e o pobre devia estar se coçando todo pra ir fazer exatamente aquilo... aí vem Scully e dá aquele empurrãozinho de que ele precisa... É, Mulder... isso é claramente uma emboscada... mas não tem como escapar, querido.

Cassandra é uma coisinha adorável! Não tenho ideia de como ela foi ter algo com o Canceroso e ter um filho tão gosmento daquele jeito. aff A forma como ela reage ao ver Scully e logo depois ao ver Mulder é tão alsjdkasjdkadsdslajs!!!

Cassandra: "Estou tão feliz que acho que vou fazer xixi nas calças!"
Mulder: "Não... não faça isso..." - Fofo.

Mas aí Cassandra tem que falar de Samantha... e putz... odeio quando falam dela... especialmente quando eu lembro daquele episódio da sétima temporada e que a menina está muito morta.

"Os aliens estão aqui para nos eliminar do planeta" - Claro que estão. E pra que servem aliens? duh. Isso só me lembra de "o mochileiro das galáxias" (estou lendo essa série agora... coisa louca) e do povo de Krikitt. kkkkkkk

"Não consegui matar a mãe de meu próprio filho" - Só deixei que a torturassem e a enlouquecessem enquanto traumatizavam meu filho. Só.

Krycek até parece gente todo arrumado na reunião do Sindicato. rs Adoro o Cança mandando ele fechar o bico. Rato tolinho...

Mulder e Scully vão direitinho morder o queijo na ratoeira e Spender está lá só na espreita e com testemunhas! Como ele conseguiu essa proeza? Sei lá, né? Bem eles estavam jogando cartas e tomando cervejas enquanto esperavam o momento certo. O fato é que Spender conseguiu cumprir o mandado do papai e foi lá todo cheio de queixo... e levou na cara duas vezes pra aprender a ter respeito pelos mais velhos. rs "Você não se compara a Fox Mulder!" UIA!

Daí Mulder volta a procrastinar no ginásio e quando Scully aparece, ele a chama para um joguinho de basquete a dois. Imagina só isso. Que desvantagem seria com essa diferença de altura! rs

Lá vai Spender de novo com o rabinho entre as pernas e o papai dele, que quer muito ter um sucessor, lhe dá uma nova chance. Ele quer mostrar toda a verdade a Spender e trazê-lo para o seu lado como um dia ele quis fazer com Mulder, seu outro filhote. Mas tal qual Mulder, mas por motivos mais egoístas, Spender também não quer fazer parte de toda aquela sujeira... não se isso significa ter que sacrificar sua própria mãe. Olha só, gente... um resquício de decência no sujeitinho. Agora palmas para Krycek que desenhou tudo bem direitinho para que Spender entendesse o que estava fazendo.

Arquivo X é uma série engraçada que quis manter até quando mal podia mais a diferença de crenças entre Mulder e Scully. Num momento como este é inevitável que Scully acredite em uma conspiração alienígena ou algo do tipo. Mas pra que ela continue balançando ou mesmo para que nós acreditemos que ela não está tão convencida assim é necessário que ela fique quietinha e só Mulder fale. Então, Mulder fala. E detalha tudo o que precisamos saber. Creio eu que até esse momento a mitologia estava ok o suficiente. Começaram a jogar água na coisa depois daquela doença sem noção de Mulder na sétima temporada...

Canceroso: "A traição é o resultado inevitável de todas as relações." - Olha o drama... - "Todo homem acha que tem suas próprias boas razões" - Bom, isso aqui me persegue também... às vezes eu me pego pensando nas próprias desculpas que eu arrumo para acalmar minha consciência... e o quão válidas elas realmente são... (olha euzinha fazendo drama também... ops)

E, no final, Diana é revelada finalmente como a traidora que ela é e ficamos na dúvida se Mulder vai ou não atirar em Cassandra. Na verdade, minha dúvida mesmo é: e uma bala em qualquer lugar basta pra matá-la? [/Josi]


[Helena] Este episódio começa com cientistas fazendo uma incisão no abdômen de um infeliz que sangra verde e em seguida, o corte fecha e desaparece sem deixar qualquer marca. Dr. Openshaw chega e dizem que foi um sucesso, um deles menciona que depois de 25,já deve parecer como uma velha amiga e sai com os outros para comemorar, mas o bom doutor fica.

Os alienígenas sem face chegam incinerando todo mundo vivo, inclusive o Openshaw que se preparava para aplicar uma injeção na mulher. O alien sem face fica ‘olhando’? a Cassandra Spender que parece dormir em paz.




O episódio pula para o Canceroso falando com alguém sobre o fim dos planos dele e do grupo das trevas, segundo ele, planos bons e corretos. Para quem?! E como o filho dele os traiu ou “se ao menos tivesse traído com sabedoria”.

Na sala dos AX, Jeff Incompetente Spender, faz nada de útil, nem mesmo joga lápis no teto, quando Skinner chega quase dizendo o que eu escrevi e conta sobre o episódio pirotécnico e a única sobrevivente é a mãe dele e o Openshaw em estado grave.

A Cassandra fica feliz em ver o filho, mas que falar com o Mulder, o que deixa Jeffincompetente emburrado. Detalhe até o Canceroso menciona como o filhinho não fazia nada de nada nos AX e quando resolve fazer, é procurando o Mulder.

O Fofo está lindo e maravilhoso jogando basquete e quando a Scully chega para falar com ele sobre Cassandra etc. os alarmes shippers disparam. Meu Deus! Que olhar dele foi aquele?!
Mas como o Jeffinho não foi educado o Mulder não foi no hospital. Na verdade, ele estava é bem desconfiado de uma armadilha, e com razão, mas desta vez não era, no entanto, como seguro morreu de velho, a Diva arma um esqueminha para eles verem a Cassandra sem alardes. Já volto ao encontro, vamos ao Canceroso.

Ele vai “visitar” o Openshaw a beira da morte e tira da beira para o definitivo. Ele avisa outro do grupo que em seguida é visitado e morto pelo alien/Openshaw e o Canceroso falando sobre a Cassandra, “a mulher que nunca amei”, mas não conseguiu matar.

Voltando à Cassie com M&S, a mulher é doidinha por um cigarro. Será que contraiu o hábito no matrimônio? Ela agora anda muito bem e conta para o Mulder a verdade sobre os aliens, que eles não estão com boas intenções coisa nenhuma e menciona o pai do Jeff.

M&S descobrem então o nome do Canceroso: C. G. B. Spender. Eu quero saber até hoje o resto, só CGB????

Na reunião da Liga das Trevas, está o Kryceck que fala mais que a boca sobre os verdadeiros planos da LDT que se não eram de forma alguma boa coisa para a humanidade, estavam longe de serem 100% aliens, mas o Canceroso percebe que um dos membros é agora um alien rebelde disfarçado e que o Kryceck estava entregando todos os planos deles, manda ele calar a boca.

No FBI, M&S, apesar do Skinner tentar livrar a pele deles, são flagrados invadindo os AX e o Jeffinho vai dizer ao pai que fez o que ele pediu e agora queria uma coisa em troca: a verdade. Segue-se um verdadeiro confronto entre os dois e o Canceroso dá uns tapas na cara do filho, mas o que mais deve ter doído foi dizer “você não se compara a Fox Mulder”. Eu gostei!!!

Enquanto isto, o Fofo se prepara para o desemprego jogando basquete. A Diva chega com uma caixa cheia que o Mulder faz birra que não quer ver, mas vê. Foto do pai dele com o Canceroso, a data da primeira abdução da Cassie,na mesma noite que a Samantha.

O Canceroso tenta uma cartada final com o Jeff, mandando ele ir junto com o Kryceck eliminar o alien rebelde espião. Pessoal! A cara do Jeffinho quando cai a ficha que aliens, abduções e tudo é real! Coisas que nem Credicard pode fazer por você! A M E I ! ! ! !



No apartamento do Mulder, o Skinner chega para uma reunião secreta em que M&S explicam tudo sobre a conspiração.

Vamos relembrar. O povinho alegre do Canceroso fez um acordo com uma raça alienígena que vai invadir a Terra em cooperar na criação de escravos híbridos em troca da sobrevivência, mas secretamente estavam desenvolvendo uma vacina,mas com a Cassandra sendo o primeiro sucesso, a invasão seria iniciada, o que, pelo jeito, não agrada a outra raça alien que resolve expor tudo, quer dizer, os aliens também têm dissidências.

O Skinner vai para o hospital proteger a Cassandra que fugiu e foi para o apê do Mulder e pede que ele atire nela. [/Helena]


[Priscila Cristina] Dentre vários vagões, em um há uma paciente que acredito estar anestesiada e alguns homens em volta, médicos? Acredito que sim. Um desses homens corta a barriga da "paciente" com uma espécie de laser, percebemos que é algum tipo de alienígena pois seu sangue é verde.

Milagrosamente sua barriga cicatriza sozinha. O Dr. Openhaw chega, e parabenizado pela seu trabalho. Um comentário: depois de assistir ao episódio sei que esse grande trabalho feito por ele foi a transformação desta paciente, que já digo logo é a CASSANDRA SPENDER, sim ela voltou. Depois de 25 anos de testes, ela é um híbrido alienígena-humano bem sucedido. Só que logo em seguida, um alienígena rebelde aparece matando um por um, incendiando-os. Menos a senhorita Spender.

Canceroso aparece em uma sala escura, fumando como sempre, e falando com alguém que não é identificado inicialmente.Nesta conversa, ele admite que o fim de todo o projeto está chegando... Essa conversa entre ele e alguém acontece até o final do episódio,que descobrimos ser a nossa querida e conhecida Diana, amiguinha do Mulder!

A seguir vemos o agente Spender decepcionar-se com a mãe, pois esta quer se encontrar com Mulder e contar toda a verdade!

A cena do reencontro de Scully com ela e Mulder é bem bonitinha! Gosto muito, eles dois até parecem seres humanos nestas cenas. Pra mim uma das melhores cenas, a mais divertida, nosso querido Mulder exibindo-se para Scully. Jogando basquete com os amigos, ele para pensa e faz a cesta, acho que estava fora do garrafão. É uma cena muito gostosa, sempre torci por eles! Como muitos, e quando tinha a oportunidade de ver cenas assim ficava radiante.

Durante o decorrer da estória há algumas tretas entre Mulder e Spender... Devo admitir que é bem chatinho esse Spender, que passa boa parte deste episódio tentando limpar as sujeiras de seu pai (nosso vilão favorito: CANCEROSO) e seus amigos! Mesmo assim, o pai ingrato dá dois tapas na cara do garoto ao ser confrontado sobre a verdade acerca do "sequestro" de sua mãe.

O Canceroso aparece mais do que Scully e Mulder, que ficam correndo atrás das informações o tempo todo...Entraram escondidos na sala do agente Spender e foram afastados por insubordinação. Isso é perseguição das brabas! Finalizando, a tal verdade é contada por Cassandra,tudo o que aconteceu com ela todos esses anos de experiência. O episódio termina com Mulder com a arma apontada para ela, que suplicou que a matasse! 
[/Priscila Cristina]


[Cleide] DOIS PAIS é um episódio obrigatório de Arquivo X, marca um fim de ciclo na história da série. Tento feito o longa metragem no cinema, e revelado vários aspectos da mitologia da série, Chris Carter então, com este episódio, dá um desfecho ao sindicato das sombras, que já estava bem revelado para todos nós desde a quinta temporada principalmente. Começamos a ver que Cancerman trabalhava para este consórcio, mas ao mesmo tempo, sabia mais que os próprios poderosos que achavam que o dominavam, e este conhecimento lhe dava grandes poderes. O episódio é narrado por ele, que descobrimos ter nome e passado: CGB Spender, isto mesmo, pai do agente Spender e ex esposo de Cassandra.

A trama acontece com CGB contando a história em retrospectiva para um interlocutor que não nos é revelado, mas que com as revelações, ficamos imaginando ser alguém tão traiçoeiro e sem escrúpulos quanto ao nosso velho vilão da série. Ele expõe toda história de como Cassandra apareceu, todos os médicos foram incinerados no local em que ela fora encontrada, revelando que o projeto de criar um hibrido humano alienígena perfeito tivera sucesso, e que aparentemente alguém queria expor esta realidade aos alienígenas para que começassem a colonização. O episódio gira em torno da exposição desta rede de acontecimentos.

Desta forma, ficamos sabendo claramente dos planos do consórcio com os alienígenas que começou a ser revelado mais detalhadamente em Fight The Future. A ideia era criar um hibrido humano alienígena, que geraria uma nova raça, que tornasse mais fácil a colonização do planeta, dando aos ets, escravos perfeitos. A humanidade que conhecemos seria extinta, exceto os homens do consórcio e seus familiares. Os ets ofereceram a eles o material genético (o feto et que vemos em The Erlenmeyer Flask - primeira temporada) e em troca, cada pessoa do consórcio daria um ente querido como garantia. O que explica a abdução de Samantha (que foi retirada de casa por que o pai de Mulder relutou na troca), e as múltiplas abduções de Cassandra Spender.

Alguns membros do grupo, e quem liderava esta ideia era o pai de Mulder, desejavam com o plano ganhar tempo para criarem uma vacina que imunizasse contra o vírus alienígena, que vimos ser aplicado em Scully em Fight The Future e em Mulder em “Terma” – quarta temporada. Uma vez que a colonização e extinção da humanidade seria feita por um vírus que inoculado usa o corpo para produzir uma entidade biológica extraterrestre, esta seria a melhor possibilidade.

Vemos esta história toda se desenrolar, sem que Mulder e Scully tivessem certeza do que acontecia e sua gravidade, bem como Spender, que ainda estava na postura cética de não acreditar em nada que Mulder pudesse acreditar. Mulder afastado dos Arquivos X está cada vez mais desmotivado, mas Cassandra só falaria com ele, o que coloca ele e Scully no caso, contrariando a tudo e a todos (somente Skinner os apoia). Cassandra ainda não tinha entendido o que lhe aconteceu, e acredita que os ets tem uma mensagem para a Terra, uma das novidades é que agora ela pode andar...

Scully a esta altura do campeonato, proibida ou não, se joga nas investigações tão de cabeça como o parceiro, dando demonstrações de que tudo que ela viu neste trabalho com Mulder havia lhe mudado profundamente.




CGB Spender – ou “o Cança” como chamamos, passa também o episódio todo relatando como tentou envolver o filho “Jeffrey” em seus “negócios”, mas o carinha era tão obtuso, e tão obcecado em implicar com Mulder, que é preciso ver um alienígena derreter na sua frente para entender que tudo que sua mãe dizia a vida toda e que o seu “rival” acreditava, eram a pura verdade.

Mulder e Scully por sua vez, investigando o plano, o consórcio e levantando as evidências, chegam a conclusão que nós já sabíamos: Cassandra era a chave de tudo, e se ela não morresse, a colonização começaria a qualquer momento. No momento em que eles estavam no apartamento dele, discutindo o que fazer, quais caminhos tomar, alguém bate na porta, e era Cassandra... ela grita para que Mulder a matasse... também tinha descoberto a verdade: precisava se entregar ou a humanidade seria dizimada. E terminamos o episódio com Mulder parecendo bem inclinado em obedecê-la.

Algumas observações... chegando aos finalmente, descobrimos com quem Cança conversava, e tinha sob sua maior confiança, a única pessoa que poderia o ajudar a resolver o problema (isso incluindo neutralizar Mulder e Scully), neste momento de crise: nada mais nada menos que “Diana Fowley” – e nossa cara ao assistir pela primeira vez o episódio – EU JÁ SABIA!!!! Isso é que é ter dedo podre para ex, dá-lhe Mulder!




A cena de Mulder jogando basquete, todo se exibindo para Scully, é pra lá de lindinha... ele fica meio mala quando a ex infernal aparece, mas estes momentos entre ele e a parceira nos mostram que já havia algo mais ali... [/Cleide]



Quotes:

Scully: Não esperava encontrá-lo aqui.
Mulder: Onde esperava me encontrar?
Scully: Spender ofereceu a você uma missão no Arquivo X.
Mulder: Não estava esperando uma oferta.
Scully: Não é a oportunidade pela qual estava esperando?
Mulder: É uma oportunidade criada pelas autoridades superiores.
Scully: É uma armação?
Mulder: Esse é o tipo de erro pelo qual esperaram para me atingirem com força total.
Scully: Mas o agente Spender lhe pediu.

Mulder: Como eu disse, não exatamente.
Scully: Já vimos isso antes, corpos queimados de modo inexplicado.
Mulder: Eu sei.
Scully: Eu estava com Cassandra Spender quando ela desapareceu. Você estava comigo enquanto falei desse tipo de detalhes sob hipnose.
Mulder: É certeza de que aquilo que Cassandra quer nos dizer elucidaria muito mais.
Scully: Fui levada a um daqueles vagões. Fui submetida a testes como Cassandra. E se o que ela disser puder apontar quem fez isso comigo? O agente Spender não tem de saber.


Outras Imagens de Two Fathers:

Mulder dando aquele fora perfeito em Spender. "Te vira!"

Os homens sem face foram os inventores daquela tecnologia
usada em Missão Impossível... oh

Super entediado...

Scully balançando o pote de mel na frente do ursinho
que queria fazer dieta... tsc tsc tsc

Uma fofa <3

Cança pro filhote: "Você não é nada perto de Fox Mulder!".
Acho que doeu.

Krycek fazendo o que faz de melhor: instigando o ódio.

E a gente tem a confirmação do que todo mundo
já desconfiava: t-r-a-i-d-o-r-a.


Fonte dos GIFs: x

10 comentários:

Jasmim de Moraes disse...

olá, sou fã desse seriado desde os 14 anos, e o que nunca consegui compreender a escolha da atriz Mimi Rogers, pra esse personagem...ela é nitidamente bem mais velha do que o Mulder, e não passa(pelo menos pra mim) nenhuma expressividade...tinha essa impressão quando era adolescente, e hoje revendo os episódios continuo pensando assim...

XFILES disse...

Oi, Jasmim! Na verdade, são apenas 4 anos de diferença entre David Duchovny e Mimi Rogers. Mas o cinema e a tv faz a gente pensar que as atrizes tem que ser bem mais jovens para servirem como interesse amoroso. Note que isso não faz o menor sentido. Na série, Diana deveria ter a mesma, ou até mesmo um pouco mais de experiência do que Mulder. Então faz sentido que ela seja mais ou menos da mesma idade dele. E ela ser mais velha não tira a qualificação para o posto.

Beijos!

Josi.

Jasmim de Moraes disse...

Entendi sua colocação, no referente a atriz ter a quase a mesma idade do David realmente faz todo sentido ela aparentar ser mais madura ...na verdade isso sempre me chamou a atenção também pelos aspectos subjetivos, no caso a velha e boa ''quimica'' entre esses personagens na minha opinião nunca aconteceu... e fica ainda mais contrastante se comparado a otima interação entre a Gillian e o David

Cleide disse...

Assim como Josi, penso que realmente a TV e a indústria cultural de Hollywood nos fazem relacionar sempre a juventude com um padrão eterno de beleza. Vejamos, se Mimi é 4 anos mais velha que David (que é 8 anos mais velho que Gillian), ela é 12 mais velha que Gillian (que é 4 anos mais nova que Scully, sua personagem)! Ou seja, naquele momento, Gillian estava com 31 e Mimi com 43, nestes padrões, é uma concorrência desleal, neste imaginário da mulher de 40 ser sempre "trocada" por uma mais nova. Neste aspecto, eu até valorizo Mulder, que ficou abalado pela ex, apesar do estereótipo da sociedade sempre tender a escolher a mais jovem, e se no final das contas, ele fica com Scully, é totalmente por outros motivos, que não ela ser mais jovem e muito mais bonita que a ex.

Na verdade, Arquivo X brinca muito com estes padrões e estereótipos de Hollywood, afinal, Gillian não era a escolha da Fox para Scully, por ser baixinha, e ter um tipo de corpo que não se assemelhava às mulheres esguias, de pernas finas e compridas da tv e do imaginário dos americanos. Neste caso, entretanto, Mimi encaixa-se no padrão, sendo bem mais esguia, e considerada - sim - uma mulher bonita (no filme "O Espelho Tem Duas Faces" ela faz o papel da irmã bonita da protagonista que sempre era considerada feia em relação à ela).

Mulder fica com Scully, muito mais pela relação que construíram através do tempo juntos, e do caráter duvidoso que Diana revela, do que pela sua juventude e beleza... no caso deles, a beleza de Scully foi muito secundária na construção do amor dos dois.

Jasmim de Moraes disse...

Depois de vários anos vendo a série cheguei a conclusão que é uma questão pessoal mesmo, eu não vou com a cara dessa atriz, não adianta...rs é pura transferência negativa

Marcos Elias Claudio Araujo disse...

E a análise do 06x12 (One Son)... gostaria de ver os comentários...

Juliana Fernandes disse...

Adoro os comentários de vocês!!

XFILES disse...

Olá, Marcos! Desculpa a super demora na resposta mas semana que vem a gente pretende publicar nossa análise de One Son. :***

Obrigada pelo carinho, Juliana!

Abraços!

Guilherme disse...

Oi pessoal! Acabei de descobrir o blog e estou achando as publicações sensacionais! Pretendem continuar?

Cleide disse...

Guilherme, estamos na ativa sim, mais devagar por causa das tarefas cotidianas. Nós encontre no Facebook. Postamos as novidades e chamamos colaboradores por lá! A Página tem o mesmo nome do blog...