sábado, 2 de outubro de 2010

03x11 - Revelations (Revelações)

Direção: David Nutter
Roteiro: Kim Newton

Resumo: Depois que 11 falsos profetas são assassinados, Mulder e Scully são chamados para proteger um garoto de 11 anos que aparentemente exibe nas mãos as mesmas chagas de Cristo, levando-os a concluir que ele seria a próxima vítima. Scully, deixando-se levar pelo lado espiritual, começa a acreditar que ela foi a escolhida para salvar o menino...



Comentários:

[Josi] Revelações é com certeza um dos meus episódios favoritos. Quando me pedem pra citar os meus episódios não mitológicos favoritos, os que eu lembro primeiro são Grotesco, Revelações, BTS... Há outros, claro... maravilhosos, e se não me mandarem parar eu saio citando todos os outros, mas estes são especiais, são os que eu sempre cito primeiro.

Neste episódio é abordado um tema muito polêmico de uma forma muito sensata e do modo Arquivo X de sempre. E, como sempre ocorre em episódios de tema religioso, os papéis se invertem: Mulder se torna o cético (e um cético muito chato, diga-se de passagem) e Scully a crente (e uma crente muito hesitante... *só pra vcs não dizerem que eu pego no pé do Mulder*).

Os quotes da Scully são incríveis!

Mulder: "Você acredita nisso?"
Scully: "Acredito na ideia de que a mão de Deus possa ser testemunhada. Acredito que Ele possa criar milagres. Sim."
Mulder: "Mesmo que a ciência não possa explicar?"
Scully: "Talvez fé seja isso mesmo."

Eu meio que entendo o medo de Mulder em acreditar em milagres e em homens ditos santos assim como eu também entendo o medo da Scully em acreditar em ets, mutantes etc... Esta frase de Mulder é reveladora: "Esses são fanáticos usando religião como justificativa." É mesmo difícil de acreditar, de ver algo real quando há tanta gente falsa usando coisas sagradas para seu próprio benefício...

Eu acho ótima a forma como a Scully sempre luta contra si mesma e aceita uma verdade que pra ela seria impossível para conseguir salvar a alguém ou a si mesma. Neste caso, ela salva o menino.

Agora, Mulder é muito exibido mesmo... Precisava mesmo pôr o "sangue" na boca? Que eca! Blergh!!!

Que imagem fofa... rsrs






Ninguém acreditou na descrição que os meninos deram do invasor... Tadinhos...

Carinha de Mulder quando ela pede pra ele cheirar o cadáver.





Mulder: "Você nunca preparou um banho pra mim..." *fazendo beicinho* ohw...





Mesmo diante de todas as evidências, Mulder ainda não acredita... incrível como ele reclama da mesma coisa com relação a Scully não é? tsc tsc tsc Esses dois são mais parecidos do que eles mesmos imaginam...

Muito bom quando a Scully diz a Mulder que ele pode ir procurar o assassino no aeroporto que ela ia seguir sua intuição! Dá-lhe, Scully!

No fim, eu não tenho certeza se foi a Scully mesmo que salvou o garoto, se ele se salvou sozinho ou se aquilo tudo tinha outro significado.

Scully: "Talvez eu o veja de novo."
Kevin: "Você verá." (O menino não tinha um ar meio divino neste momento? Nossa... eu fico toda arrepiada...)

Bom, vendo Mulder assim (<<<<-), não dá pra imaginar que ele realmente já não era apaixonado pela Scully nesta época! Que olhar é esse, minha gente? uau!



Momento de raro cavalheirismo de Mulder *esperando o pessoal da campanha me apedrejar... hihihi*




Scully: "Porque o meu parceiro não as viu. Ele não acreditou nelas. E, normalmente, ele acredita sem questionamento." - acho lindo ela dizer isso... ela admitir que muitas vezes acredita mais nele do que nela mesma... é um contraste e tanto com o que ela mostra normalmente. Deve ter sido mais ou menos isso o q Mulder ouviu em A Sexta Extinção...

Ah... uma criança que não inspira medo em AX!





[/Josi]

[Adriana] Adoro esse diálogo:
Scully: "Como é que se arrisca tanto quando vê uma luz no céu mas não aceita a possibilidade de um milagre? Mesmo quando está bem diante do seu nariz?"
Mulder: "Espero por milagres todos os dias. Mas o que eu vi aqui é apenas um teste de minha paciência e não de minha fé."

Eu, como boa católica praticante, adoro esse episódio. Acho de um tremendo bom gosto, juntamente com O Serafim... [/Adriana]

[Nay] Gosto dos episodios religiosos, mesmo quando Mulder duvida e faz piadinha... E pra falar a verdade, acho fascinante esses mistérios de corpos que não se decompõem, que cheiram a flores etc.

"É preciso completar o círculo para chegar a verdade" - será que isso tem a ver com a tatuagem do oroboro que ela fez em Nunca mais? Viajei...

Acho esta parte realmente inquietante: Scully: "Medo de que Deus esteja falando e ninguém esteja ouvindo..." [/Nay]


[Daniela] Este episódio é sob a perspectiva de Scully, que mesmo sendo céptica em muitas coisas, acredita em Deus!

Já o Mulder não vê as coisas que ela vê... é engraçado como ela fica insegura diante do fato de seu parceiro não ver e ela sim! Parece que mesmo que ela não acredite em muitas teorias de Mulder, ela tem que ter a confirmação dele de que o que ela vê é realmente um fato sobrenatural! [/Daniela]

[Starbuck] Os produtores de XF foram sempre felizes na escolha das crianças para a série. O menino que faz esse episódio é realmente muito bom, sem contar que é muito lindinho....

Vejam como esse menino que fez o episódio ficou. Mais aqui: http://www.cpps90.com/




Como todas já comentaram, episódios religiosos geralmente giram a chave na mente de Mulder e Scully, o lance de acreditar passa a ficar na responsa da ruiva. Esse lance dos estigmas de Cristo é realmente intrigante... Acho interessante o CC ter concebido uma Scully católica num país como os EUA em que a maioria é protestante (ao menos a maioria que pratica alguma religião)...

E a agonia da scully quando não pode compartilhar algo com mulder é tocante.

Esse episódio me faz pensar em IWTB... Por mais que a Scully tenha gritado o STOP para o Mulder, acredito que o lance "religioso" por trás dos mistérios do sumiço das mulheres mexe muito com ela... Não se muda tanto assim em seis anos, mesmo que se queira muito... então a Scully católica que conhecemos titubeia na certeza da sua ciência e assim ela pode ouvir os sons que o Father Joe ouve, já que na série quando o tema mesclava com a religião foi sempre ela que vivenciou os fatos estranhos....

Essa conversa da Scully com o Padre em Revelações é profunda... afff!! Lembro que fiquei pensativa....por algum tempo depois do fim desse episódio... e sempre fico assim quando o assisto...

SCULLY: "Medo de que Deus esteja falando... mas ninguém esteja ouvindo." - Tenho essa frase colada no meu mural. [/Starbuck]

[Marcos Doniseti] 'Revelações' é o nome do 'Apocalipse' em Inglês. Não sei porque colocaram o nome 'Apocalipse' neste livro da Bíblia na versão em português.

Scully acreditando sem precisar ver e Mulder se recusando a ver, mesmo que Scully diga-lhe o tempo inteiro que ela está vendo, é algo incomum na série. Mas, agora se trata da crença em Deus, que nunca foi o 'forte' de Mulder, sempre pronto para acreditar em qualquer luz no céu, como disse Scully.

E o interessante é que o episódio foi escrito por uma roteirista convidada... e ficou tão bom que surpreendeu o próprio Chris Carter... ele disse que não esperava que 'Revelações' pudesse ser um episódio tão bom como acabou sendo.

Uma parte ótima é quando Kevin escapa do Gates, desce a escada, dá um encontrão em Mulder e pergunta para Scully 'Você é quem foi enviada para me proteger?' Scully nem diz nada, de tão perplexa que fica.

Não sei porque, mas quando o pai de Kevin pergunta para Scully se ela estava disposta a se sacrificar para proteger uma criança (no caso o Kevin), eu pensei em William... pois, este também tinha que ser protegido o tempo inteiro por ela, Scully. Assim, Scully não atuou apenas como uma agente do FBI neste episódio, mas foi uma verdadeira mãe para Kevin, se arriscando e fazendo de tudo para protegê-lo, que é exatamente o que uma mãe faria. Será que CC já pensava em engravidar Scully nessa época? talvez, não... Mas, quem sabe, não é mesmo? [/Marcos Doniseti]

Quotes:

Pe: Veio se confessar?
Scully: Não. Tem um homem com quem trabalho, um amigo, normalmente eu posso discutir essas coisas com ele. Mas não isto. Padre, acredita em milagres?
Pe: É claro. Eu os vejo todos os dias. O sol nascente, o nascimento de uma criança...
Scully: Não, eu me refiro a fatos que desafiam explicação. Coisas que... que me ajudaram a salvar um garotinho. Mas agora eu me pergunto se as vi mesmo, se não as imaginei.

Pe: E por que duvida de si mesma?
Scully: Porque o meu parceiro não as viu. Ele não acreditou nelas. E, normalmente, ele acredita sem questionamento.
Pe: Talvez não devessem ser vistas por ele. E sim só por você.
Scully: lsso é possível?
Pe: Com o Senhor, tudo é possível. Talvez você tenha visto essas coisas porque precisava.

Scully: Para achar meu caminho de volta?
Pe: Às vezes, precisamos completar o círculo para achar a verdade. Por que isso a surpreende?
Scully: Apenas me dá medo.
Pe: Medo?
Scully: Medo de que Deus esteja falando, e ninguém esteja escutando.

Outras Imagens de Revalations:

Mulder provando do "sangue"

Kevin

Tem cheiro de rosas ou não, Mulder?

Alívio

13 comentários:

Helaina Carvalho disse...

Cada vez que entro aqui e leio um post fico me perguntando, será que eu vi esse episódio mesmo? São tantos detalhes que eu deixei passar batido... =/ Mas isso não importa! É um excelente motivo pra ver o episódio de novo!! \o/

Eu acho muito estranho qndo o Mulder não acredita em nada e a Scully acredita em tudo, mas isso é legal. A gente pode observar o outro lado da moeda. ^^ E acho que a conclusão é que os dois foram feitos um pro outro! Eles se completam!!

Lívia Ribeiro disse...

Revelações é ótimo!Eu sempre amei!!Acho muito bacana mesmo!
E o Kevin.......que garoto mais fofo...ele era lindinho mesmo....ownnn

Essa frase da Scully pra mim é uma das mais filosóficas de Arquivo X...quando vou a livrarias eu sempre vejo aquelas coleções: "Os Simpsons e a Filosofia", "Harry Potter e a filosofia", "Metálica e a filosofia"....mas nunca vejo "Arquivo X e a filosofia"....affffff....como podem ainda não ter feito algo assim??
Extremamente bem feita a análise, girls....ahhhhh....que orgulho de vcs!

PriEsp disse...

Eu gostei bastante deste episódio, concordo que é um bom episódio não mitológico! Adoro a Scully, tão cética, com uma fé católica tão forte, e Mulder todo duvidoso... Lembra tb "Beyond the sea", qdo o ceticismo/crença tb se invertem... O menino com os estigmas me chamaram a atenção (sou católica e acredito que realmente possa ocorrer este tipo de coisa), e a cena final foi eletrizante!

"[...] Scully foi uma verdadeira mãe para Kevin, se arriscando e fazendo de tudo para protegê-lo, que é exatamente o que uma mãe faria. Será que CC já pensava em engravidar Scully nessa época? talvez, não... Mas, quem sabe, não é mesmo?" by Marcos Doniseti.

Sabem que qdo vi este comentário, lembrei de "Home", qdo Mulder e Scully estavam conversando na praça em frente à delegacia, e ele fala pra ela "Scully, nunca tinha te imaginado como mãe". Sim, eu tb vejo alguns epis dando dicas, e penso que não é possível que CC não tivesse este coringa na manga, a gravidez da Scully, mto antes na cabeça...

Yanne disse...

É muito forte esse episódio, abirdar crença e religião é um tema delicado que CC sempre soube a dosagem certa, para nos comover e fazermos pensar!

O final quando ela está confessando , sempre me faz refletir sobre tudo e todos..tb tenho o mesmo medo....

Mulder cético é chato, pois deixa Scully perdida nas poucas vezes em que ela se mostra vulnerável...

E Josi sinta-se apedrejada...Ele é fofo e cavalheiro!rsrsrsrsrsrsrs

E vcs são demais+..mostra sempre uma nova perspectiva para os epi!

Josilene disse...

Olá meninas!

"É um excelente motivo pra ver o episódio de novo!! \o/"

\o/\o/\o/

"mas nunca vejo "Arquivo X e a filosofia"....affffff....como podem ainda não ter feito algo assim??" - Lívia!!! Eu quero um livro desse em AX NOW!

Nana... vc que faz filosofia, está nas suas mãos escrever esse livro... go go!

Sei não, pessoas... eu sempre penso que aquele bb foi um erro do CC... =/

Yanne me apedrejooou!!!! aaaaaaahhhh

ok... eu mando Mulder me proteger... lalalala

Beijos, meninas! E obrigada pelos comentários e pela visita de vcs!

Yanne disse...

Josi!!!!!!!!!!!!!!!!

Cuidado com Scully-fu...prefira se esconder!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Josilene disse...

Yanne! Mas eu só queria que ele me protegesse, poxa...

Se bem que... Ser protegido de Mulder não é garantia de ser salvo, né? (Apenas se vc for Scully) MEDO.

Ok... me esconderei mesmo! kkkkkkk

Yanne disse...

Já pensou como ele é fofo com as vitímas, já que nossa ruiva é durona, a não ser quando se trata de crianças, e olha as estranhas que eles arrajavam pra fazer ax! Medo..oo

Juliana disse...

Gente, tô apaixonada por esse blog!!

Queria ter tempo pra ler mais.

Adorei as enquetes. Agora, vou ler os posts sobre cada episódio.Estou revendo a terceira temporada.

Vcs escrevem de um modo muito delicioso.

beijo

Josilene disse...

Olá, Juliana!

Que bom que vc gostou de nosso blog! Apareça mais e comente conosco!

Bjos!

Elizabeth disse...

Esse episódio fica até um pouco espremido em meio a tantos mitológicos despejados na terceira temporada. Nem por isso deixa de ser legal, abordando de maneira muito elegante (como sempre em AX) ícones religiosos. Reparem uma cena em "Lembranças Finais" onde Mulder vê, entre híbridos alienígenas dentro daqueles aquários com líquido verde, um garoto hiper parecido com o Kevin e diz "já vi esse garoto antes..." Não sei se é viagem ou os roteiristas e CC quiseram dizer que Kevin fora alienígena tb.

XFILES disse...

Nossa, Elizabeth... esse é um de meus eps prediletos. Amo!!!

Acho que não lembro desse momento de MM... qdo rever, vou tentar lembrar de notar isso. :)

Josi.

Wagner Bueno disse...

Nesse episódio os papéis se inverteram, Scully acreditava em sinais e o Mulder não.
Achei q esse guri era uma espécie de Jesus, mas nooossa, como era pentelho.