quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Introdução à Quinta Temporada de Arquivo X

Alívio.

Poderíamos resumir toda essa temporada a essa palavra e todos ficariam satisfeitos e se identificariam. Certo? Depois de todo o perrengue que passamos, morrendo de medo de perder nossos queridos, a única coisa que pensávamos era: Eles estão vivos! Eles estão vivos!

Entretanto, isso não faz desta uma temporada tranquila para ninguém, muito pelo contrário. Toda a sensação de alma lavada com a sobrevivência de nossa ruivinha e do narigudo só faz com que o impacto dos outros acontecimentos nos atinja com força total.


A nossa surpresa maior é perceber como toda essas explicações sobre o câncer da Scully e sua cura afetam a ela e a seu parceiro. “Como assim? Mulder e Scully estão com os papéis trocados?” Não exatamente. Mas ambos tiveram seus mundos abalados e suas convicções foram postas a prova de uma fora muito dura. Honestos como são, tanto consigo mesmos e com a verdade, eles tem de questionar seus conceitos pessoais com as novidades que têm em mãos. E aí está a beleza de boa parte da quinta temporada. Vemos ambos os nossos queridos agentes num território estranho a eles mesmos, o da dúvida sobre o que eles achavam ser verdade.

Scully precisa entender o objeto que ela carregava no pescoço. Na verdade, os objetos. O que significava a correntinha com a cruz para ela? Onde ficava a sua fé em Deus nisso tudo? Não há como negar que sua experiência tendo a morte tão perto de si por tanto tempo fez com que ela reconsiderasse antigas crenças e a força que elas tinham em sua vida. O que antes era colocado ligeiramente de lado foi trazido de volta e colocado num lugar de muita importância. Isso posto, o que dizer sobre o outro objeto que jaz sob sua pele? Como conciliar sua ainda inabalada fé na Ciência e sua recém fortalecida fé em Deus com aquilo?


Enquanto isso, Mulder não estava num lugar melhor. Então, tudo o que ele pensou ser verdade era uma grande mentira? Toda a sua reputação, sua vida, seu trabalho, sua fé... tudo não passou de um jogo para as pessoas contra quem ele lutava? E além disso tudo, por causa de sua teimosia e, por que não dizer, inocência, ele quase teve sua parceira assassinada. Ele não poderia arriscar que isso acontecesse novamente.

Ambos, então, saem em busca mais uma vez da verdade, e desta vez a verdade estava dentro deles mesmos. Eles teriam que se abrir totalmente para tudo o que acabaram de saber e tentar juntar isso com o que eles sabiam antes e, principalmente, medos e preconceitos não poderiam entrar nessa equação. Poucos tem a força de encarar uma luta como esta.


Todo esse conflito interno dos agentes mais a sempre deliciosa interação entre eles faz dessa temporada algo único. Mas não apenas da vida pessoal de Mulder e Scully era feito Arquivo X. Assim, durante a temporada, tivemos muito mais... Então, mais da mitologia é revelada apenas para nos deixar com ainda mais dúvidas. Soubemos um pouco mais das experiências que são feitas com os óvulos retirados vítimas de abdução e, consequentemente, do que foi feito com a Scully... Logo no começo da temporada ficamos sem entender, mais uma vez, as atitudes dúbias do Canceroso, cujo caráter confuso ganha ainda mais camadas quando conhecemos sua ex mulher e filho. Enfim... tudo o que é Arquivo X: dúvidas, dúvidas e mais dúvidas. A meta básica de Chris Carter deve ter sido justamente essa: nos encher de paranoia e questionamentos sobre absolutamente tudo o que nos rodeia.

Somando-se a todo esse emaranhado de acontecimentos, há os Monstros da Semana. E essa temporada contém não apenas alguns dos melhores de toda a série como também os prediletos dos protagonistas da série. David Duchovny já comentou o quanto amava Prometheus Pos Moderno e Gillian Anderson, segundo o mesmo, não parava de falar em Bad Blood Bad Blood Bad Blood...


Que mais? Mulder sendo tentado pelo lado negro da força; Scully encontrando uma filha que ela nunca teve; verdadeiros monstros fazendo Mulder ser tratado como louco; cegos vendo literalmente com os olhos de outras pessoas; fantasmas do passado voltando para surpreendentemente salvar, no caso de Modell, e atormentar, no caso de Samantha, Mulder; árvores que sangram; a origem dos Arquivos X; e, óbvio, aliens...

E claro que não podemos esquecer que a este ponto da série, Mulder e Scully já estavam mais relaxados e mais ou menos conscientes da atração mútua. E isso nos rendeu muitos flertes, pequenas indiretas, algumas briguinhas e cenas de ciúmes... fora as já usuais muitas cenas românticas como toques de mãos e declarações de am-... digo, de total confiança mútua.


Entretanto, apenas para brincar com nossa pobre mente que estava saltitante porque, apesar de tudo, tínhamos Mulder e Scully lindamente saudáveis, recebemos de presente a completa destruição da sala de Mulder como season finale. Não seria Arquivo X se fosse fácil, não é mesmo?

Enfim... tudo isso e muito mais (propaganda de tv? oi?) temos nessa fabulosa quinta temporada. Preparados?

13 comentários:

Josilene disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
janaX disse...

OOOOOOIIIIII JJJJJJOOOOOOOOOOOOOOOSSSSSSSSSSSIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!!!Feliz 2013 amiga!!!Feliz 2013 tripulantes da nave X!!!Que este novo ano seja repleto de realizacões para todos nós e também que nos traga AX3!!!!Capitã Josi,estou preparada para nossa próxima viagem,munida de todos os conhecimentos adquiridos ao longo de minha jornada AX e também de todo o conhecimento que adquiri ao longo dessa maravilhosa jornada que é ler e participar de alguma forma desse Blog maravilhos!!!sempre ao seu dispor Capitã,esempre pronta para navegar por esses mares nada tranqülos que fazem a Quinta Temporada!!!Turbulências à vista?!Sempre...mais como todo bom marujo AX,não desistiremos nunca!!!é só chamar...até...Ah logo retomarei o reviw do reviw!!!Adoro!!!E estou morrendo de saudades de dar meus pitacos sem nocão KKKKKKKKKKKKKKK!!!Obrigada Elisabeth por ler meus coments too,achei que era só a Josita que tinha esse tormento KKKKKKKKKKK!!!Que bom que vc também faz esse sacrifício KKKKKKKK!!!Bricadeira meninas,obrigada de coracão por me incentivarem na minha loucura!!!KKKKK...até!!!

Elizabeth disse...

Legal d+ seu texto, já me deixou com água na boca pra rever essa temp sensacional! Realmente, acho que CC quis dar uma bagunçada total em AX, invertendo, mesmo que temporariamente, os papéis de M&S, ele mais cético do que nunca e ela mais "aberta a possibilidades extremas", principalmente em relação à sua fé. Disso, há um dos eps que eu acho mais lindos, não só em AX, mas em tudo que eu já vi na TV: "O Serafim". Não fica atrás a dobradinha sobre a Emily e os "Redux". Presentaço pra GA, pois suas atuações foram lindas e emocionantes (cada vez que vejo AX, fico mais fã dessa atriz e da personagem dela). Muito bem sacada essa de dizer que Scully precisaria descobrir o significado de não uma, mas duas coisas em seu pescoço. Vc foi no nervo, Josi!!!

PS: Jana, adoro ler seus coments porque além de divertidos, trazem impressões muito originais sobre os eps (vc vê cada coisa que eu nem percebo...). Escreva mais! Bj.

mada disse...

adorei a introdução na quinta temporada aguardo anciosamente pelos proximos textos parabéns

Fernanda disse...

Eeeee! Quinta temporada!

Para mim, a quinta temporada é mais "Arquivo X" de toda. Hehe... Deve ser porque foi a primeira que eu acompanhei enquanto ela ia ao ar (eu vi a primeira antes, mas foi em uma maratona, antes da quinta estrear).

Acho que é a temporada em que os dois estão mais lindos (hehe...), que tem muitos episódios mitológicos bons, inclusive os meus queridos Redux.

Mas tem também aquela história chatola da Emily. Eu acho aqueles dois episódios muito monótonos, chatos e sei lá... A história é tão grave e parece que depois eles simplesmente esqueceram de tudo. Achei que isso ficou meio solto, sabe? Tanto que tem milhares de fanfictions baseadas nisso, no impacto que esse acontecimento teve na vida da Scully. Mas no seriado, nunca mais se tocou no assunto.

Adorei o post. Adoro seu jeito de escrever e o que você consegue enxergar e interpretar. Faz da experiência de assistir Arquivo X algo maior ainda. Obrigada!

:)

Anônimo disse...

Feliz 2013,meninas!
Começamos muito bem, a introdução fez despertar uma vontad eimensa de correr e rever todos os episódios para refrescar a memória.Como sempre dona Josilene deixa a gente com água na boca e querendo mais.

Estranho foi pra mim ver como as descobertas do final da quarta temporada modificou o modo de pensar dos dois, e como Mulder é chato quando ele é cético.E muitas e muitas outras coisas que faz dessa temporada uma das melhores.

Então vamos em frente!
beijos!

Yanne

Fê Monteiro disse...

Super Hiper no aguardo!
Amo demais a 5ª temporada! Os monstros da semana são demais e eles (nossos agentes queridos) estão ótimos!
E ótimo 2013 a todos por aqui! E na torcida por um AX3 neste ano (who knows)!

Carolina Martins disse...

Pessoal,

Comecei a 5ª temporada :)
(como é a primeira vez q to vendo arquivo x ate o momento a 4ª temporada pra mim foi uma das melhores)

Estou com uma duvida o Filme Arquivo X (1998), ele foi feito antes ou apos a 6ª temporada?

Obrigada,
Carol

Josilene disse...

Olá, pessoas!

Muito obrigada pelo carinho de vcs. Vcs são demais!

Jana toda empolgada! hummm....

Juliana, obrigada pelos testes. :D

Fernanda, eu tb comecei praticamente na quinta... qdo eu peguei AX na record, eles tavam passando uma reprise mesclada da terceira e da quarta temp... daí eu comecei a ver ep por ep na quinta... estará sempre no meu coração. :D

Carolina, o filme se passa entre a quinta e a sexta temporada. ;)

Beijos, pessoas!

PS: tinha esquecido que mulder é um cético super chato. kkkkkkkkkkkkkkk nossa... chega dói. eu daria na cara dele. rs

Anônimo disse...

Voltando apenas para uma pequena observação:

Como Mulder estava belo nesta temporada a foto que a Josi colocou do episódio The Pine Bluff Variant é de tirar o fôlego.Não acham meninas?

Yanne

Elizabeth disse...

É mesmo Yanne, aquela pintinha ultramegasexy estava brilhando, aiaiai!!!

Josilene disse...

Eu acho que essa cena, Yanne, é uma em que ele ta mais bonito! A imagem foi escolhida a dedo! ;)

Carolina Martins disse...

Oi Pessoal!

Terminei a 8ª temporada XD
nem acredito q aconteceu tanta coisa... ainda não comecei a 9ª mas o final da oitava foi tão lindo!!!

Estou aguardando novos posts, entro dia sim dia não para vê se tem atualizações!

Até!
Carol