quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Xexelentas e pretendentes... do Mulder

Há alguns posts atrás falamos dos “queridos” e “exóticos” (pra não dizer coisa pior) rapazes que ao longo dos nove anos de Arquivo X ousaram demonstrar interesse pela ruiva mais poderosa da história dos seriados (e porque não dizer, da televisão?). Tivemos ex professor “tiozão” e com bigodinho suado à beira da morte, et, vampiro dentuço (Mulder's version) disfarçado de xerife, escritor paranoico, cara surtado devido a uma tatuagem, enfim... Realmente, Scully era para-raio de criaturas realmente esquisitas (e antes fossem todos esquisitos como o nosso querido Spooky). Clique aqui para ver o post dos pretendentes da Scully.

Mas, para não dizerem que apenas Dana tinha “dedo podre” (lembrei da Cleide agora), e para fazer justiça (afinal de contas, se falamos dos podres de Scully temos que falar dos do Mulder também), segue este post para comentarmos as criaturas horrendas que ousaram se aproximar do narigudo por toda a série (e também no filme “I want to believe”). Algumas vezes ele quem deu mole para as moças se aproximarem, mas outras vezes elas literalmente se atiraram sobre o narigudo. E isto porque Mulder na maior parte do tempo não tirava os olhos do céu, sempre procurando a verdade! Como não seria se ele olhasse mais aqui pra Terra? Com tanto charme teria sido um Hank Mood da vida... mas esta já é outra história. Bem, chega de blá blá blá, vamos ao desfile das beldades (or not)...


1. Phoebe Green (episódio “Fire”/”O incendiário”, 1.11)

Nem o charmoso sotaque inglês ficou bem nessazinha...

Chamada carinhosamente de “Ronald McDonald”, a moça era da Inglaterra, ex do Mulder nos tempos de Oxford, e veio ajudar a proteger um lorde britânico de férias nos EUA, e reapareceu jogando todo seu charme inexistente pra cima do bobão do Mulder, que caiu como um patinho... Ainda com direito a relembrar “indiscrições juvenis em cima do túmulo de Sir Arthur Conan Doyle numa noite nublada” (que nojo... o escritor de “Sherlock Holmes” poderia ter sido lembrado de uma maneira melhor)...

Você ficaria com esta cara só porque viu seu coleguinha de trabalho dançando com outra?

Mas, a alegria do bocó narigudo durou pouco, pois logo ele percebeu que, além de feia, a safadinha estava literalmente CUIDANDO do lorde... E assim como veio, ela se foi de volta pra terra da rainha, da onde nunca deveria ter saído... Enfim, Phoebe Green era um prenúncio de que viriam outras ex “barangas” pela frente, e que o mau gosto do Mumu vinha de longa data... Episódio que valeu pra ver o início de “Scully, teu nome é ciúme”.

Mulder bobão vendo quem realmente interessava pra “princesa” Phoebe e porque tanta ligação dela no caso. Toma!


2. Kristen Killar (“A Trindade” /”3”, 02x07)

Já foi dito que a vampira, que foi a única a “faturar” o Mulder depois que ele já havia conhecido a Scully, apareceu em AX por apenas dois motivos:
1) Pra dar o papel pra Perrey Reeves, namorada do DD na época;
2) Falar que o Mulder era homem mesmo, tendo em vista que não pegava ninguém e a encheção de saco começou a rolar. Mas pô Mulder, catar outra justo quando a Scully estava desaparecida/abduzida? (ou talvez só com ela sumida ele tenha tido coragem de fazer algo assim).

Ao ver este episódio, é impossível não dizer que a moça tinha um estilo “vampira brega”, como a Natasha da novela Vamp, lembram? Enfim, ela só serviu pra “coisa selvagem” com o moçoilo mesmo (e despertar raiva das shippers, que ainda estavam começando naquela época), tanto que Kristen morreu na explosão e Mulder nem ligou... Bem, o episódio é tão ruinzinho que até DD, anos mais tarde, comentou que não gostava muito dele...

A única cena relevante deste episódio (onde estará aquela menina dos cabelos vermelhos?)

PS: Cena mais dantesca do episódio? O beijo. Que argh!


3. Bambi Berembaun (episódio “Guerra das Baratas”/”War of coprophages”, 3x12)

Mulder estava saidinho demais neste episódio e ficou arrastando a maior asa pra entomologista (que até que era bonitinha, confessemos). Até ficou fingindo interesse por insetos (que ele detestava) e enrolando a Scully pelo telefone pra ficar mais tempo analisando insetos com a Dra, o engraçadinho...

Scully indignada ao saber que “Her name is Bambi”

Mas, como “Smart is sexy”, a moça vai embora ao final do episódio com o Dr. Ivanov, que criava robôs semelhantes a insetos, e deixa Mulder com cara de pastel e Scully ainda tirando onda. Bem feito!
Curiosidade: sabiam que realmente existe nos EUA uma Dra. Berenbaum que é entomologista? Mas o nome dela é May... não Bambi, rs


4. Angela White (“A morte vem do espaço”/”Syzygy”, 03x13)

Junte uma investigação de duas garotas envolvidas em várias mortes, com um alinhamento planetário que alterou o humor de todos no local, inclusive de M&S... Some a isto uma detetive “que não dá pra supor sequer que é loira, que dirá virgem”, mais Mulder por vezes preterir Scully na investigação em prol da loira azeda, que por sua vez literalmente se atira em cima do narigudo com a porta aberta... pronto, a confusão está armada.

Dizem que a "loira" apenas caiu em cima de Mulder (literalmente!!!) por causa da conjunção dos astros... humm... no delegado ela não se atirou, né? Ali os astros não influenciaram em nada. Espertinha, isso sim.

Scully “adorando” ver a detetite “tarando” Mulder

Mesmo após Mulder se explicar para Scully (aliás, porque mesmo ele tinha que ficar se explicando, se eles não tinham nada um com o outro?), a influência astrológica passar e eles desvendarem o caso e irem embora da cidade, Scully ficou realmente fula da vida (com motivo). Sure, fine, whatever...


5. Melissa Riedel (“O campo onde eu morri”/”The Field where I died”, 04x05)

Esta moça não deu em cima do Mulder, vamos falar a verdade. Mulder, durante uma invasão a uma seita com tendências suicidas, acaba se aproximando da moça e se sente familiar com ela, e percebe com estranheza que a moça trocava de personalidade diversas vezes. Ao fazer uma regressão, descobre que Melissa era sua alma gêmea de outras vidas...

Melissa “baixando o santo”

Episódio polêmico, pois muitos shippers pensaram “poxa, esta mulher nada a ver é a alma gêmea de Mulder? E a Scully?”. Mas percebam que ele e a tal Melissa nunca conseguiam ficar juntos nas possíveis vidas passadas. Scully, por sua vez, também sempre estava presente na vida de Mulder, sempre um protegendo um o outro, e sempre juntos... No final das contas, talvez tamanho cuidado de Mulder por Melissa fosse devido a um instinto protetor... E serviu pra sabermos que M&S já se conheciam de muito antes... E a tal Melissa, se quiser ter chance com o rapaz, vai ter que esperar outra vida, pois nesta ele já é da ruiva. :-)

Será que por isso mesmo que ela pulou logo fora? Melhor ir apostando logo em outra vida? rs

Então Melissa é a alma gêmea de Mulder? Ahan...


6. Diana Fowley ( 1ª vez no episódio “O fim”, 5.20, e azucrina até o início da 7ª temporada)

Disparada a mais odiada das criaturas que se aproximaram do narigudo da Scully... Feia, falsa, sem graça, traidora, perigosa e tudo mais de ruim que se imaginar (ela tem inclusive diversos apelidinhos carinhosos entre as shippers, como Dieca Cowley - tem que se amar os excers -... postem depois nos comentários). E a bicha ainda se achava a gostosa...

A peste namorou o moço no início dos Arquivos X (diziam inclusive que ele poderia até ter sido casado com ela... que horror! O anel podia ser apenas de onda, né? Compromisso e tal.), o abandonou do nada e foi embora pra Alemanha a mando do Sindicato pra fazer serviço sujo e volta, anos depois, fazendo de tudo para enganar Mulder (que confiava nela cegamente, chegando até a dar raiva), atrapalhar seu trabalho nos Arquivos X e também semear a discórdia entre ele e Scully... Dava vontade de torcer o pescoço da criatura... E o pior é que o pessoal que assistia na época realmente chegou a ficar com medo de que ela pudesse abalar a relação entre M&S... E vamos combinar, Scully teve que ter uma paciência de Jó com Mulder, que perto de Diana emburrecia completamente, fala sério... Mas ainda bem que o sentimento entre a ruiva e o narigudo era maior do que esta intriguenta horrorosa :-)

Mesmo porque Mulder estava O menino birrento na sexta temporada. Acho que se sentiu muito com duas mulheres o disputando.

Uma das cenas mais medonhas de Arquivo X (pior que monstros e ETs)

A única coisa digna que esta peça tentou fazer, quando já estava envolvida com a galera do mal até mais do que pescoço, ao dar dicas pra Scully encontrar e salvar Mulder em “A sexta extinção”,resultou em sua morte. Ela fez por merecer, mas coitada dela, né? Sentimos taaaanto a falta dela... (*ironia mode on*)
Aqui, ao invés de mais uma foto da finada, deixamos espaço pra um minuto de silêncio pra quem sentiu pena de Diana Fowley quando ela morreu. Se, ao invés disto, você ficou foi com raiva do CC, que não nos presenteou com a bicha morta, pra pisarmos na tumba dela, passe para a próxima.


7. Sheila Fontaine (“The rain king”/”A dança da chuva”, 06x08)

Esta não tinha, digamos, um faro muito bom pra perceber com quem era bom se envolver. Depois de um marido que a abandonou, um namorado “chave de cadeia” que a maltratava, com o meteorologista Holman cheio de amor por ela, a moça decide se interessar justo por quem? O irresistível Mulder, é claro! Com direito a agarrar o rapaz, deixando-o todo borrado com seu batom vermelho discreto, e serem pegos no flagra por Scully e Holman. Scully ainda foi obrigada a ouvir “nossa, esse homem beija bem” (tudo bem que pouco depois desta época Scully conheceu muito mais que só os beijos do Mumu...).

*momento para morrer de rir com a Scheila achando que Mulder era um bom partido*

Poxa, a cena de Sheila atacando Mulder, bem como quando Scully pegou Mulder no flagra com a detetive White em Sygyzy, fazem achar que houve injustiça com a ruiva... Mulder nunca viu Scully beijando outro, nem mesmo o Ed Jerse... seria bom ele ter visto também, né? (O que faz pensar: será que scully o esclareceu a respeito de Jerse ou ele vai ficar pra sempre na dúvida?)

Sheila: “Nem um beijinho?”

Ainda bem que no final das contas, com um empurrãozinho de M&S, a moça percebeu com quem devia ficar. E o novo casal Sheila-Holman ainda disse a eles o que o mundo todo tinha vontade de falar na época, “vocês podiam tentar também”.

(O fato é que Scheila jamais saberá o quão perto da morte ficou... As habilidades de Holman com o clima não chegam ao rastro do Scully-fu.)


8. Karen Berquist (episódio “Alpha”, 06x17)

Karen é uma das pretendentes que menos merece críticas... Desde o começo ficou na sua, em uma paixão platônica, parecendo um bicho à espreita (afinal de contas, ela tinha mais facilidade mesmo com animais do que com pessoas)... Conheceu Mulder pela internet devido a assuntos de trabalho e provavelmente se apaixonou a princípio por sua inteligência e perspicácia (embora ao ver o moço e seu corpinho não deve ter achado ruim também rs). Mas não ousou nada com ele (um simples toque de mão bastava pra ela... e também pra despertar o vulcão “Scully, teu nome é ciúme”. E o pior é que o narigudo realmente parece não ter percebido o interesse de Karen por ele)...

Essa ficou satisfeita apenas com a mão na mão... tadinha...

Mas, Karen merece respeito por ter presenteado Mulder (e a gente também) com esta cena fofa.


9. Dakota Whitney (I Want to Believe)

Vamos ser sinceros. O motivo principal dela chamar Mulder era que ela estava muito apaixonada por ele. Porque na hora de entrar de cara no caso, ela sempre dava pra trás. Era um pegado no rapaz bem na frente da Scully... argh! Teve o que merecia. E ainda era uma má agente. Nem sabia segurar na arma. Ao menos rendeu uma cena de mãos de Mulder e Scully. Own...

...

Bem, estas foram as creiças que ousaram sonhar com o amor, os beijos, o corpinho (ui) do narigudo mais adorado, carismático e genial da história dos seriados. Mas, ainda bem que ao final das contas Mumu superou seu mau gosto, parou de olhar tanto pro céu e pode presentear a Scully (e todos nós) com estas cenas:






Comentem conosco a respeito do bom gosto (hahhahahhaa) de Mulder! Que tal as moçoilas que Mulder catou para disputar com a Scully? Talvez ele não estivesse realmente tentando, não é?

Post escrito 98% pela nossa querida Priscila. Créditos a ela. ;-)

11 comentários:

janaX disse...

Pri muié,tu pegou pesado nesse post!!!Desenterrou todas as barangas que rondaram nosso Mumu(adorei esse apelidinho novo do Mulder!!!)durante toda a série!Eu tenho um ódio particular pela Phoebe porque ela era muuuito horrivel e se achava pra caramba!Sem contar que no mundinhoAX ela ainda continua vivinha da silva ninguem deu um jeitinho nela!!!Argh aquele sotaquesinho britânico azedo,adoro quando a Scully imita ela no final do episódio!ADOREI o post como sempre meninas,Pri muuuuito bom!!!Beijos e até...

Anônimo disse...

Sério, muito engraçado...o coitado só pega baranga...essa Phoebe tem até um bigodinho de leve...podem prestar atenção...não sabia q ele namorava a vamp na vida real..ecaaa..mal gosto na vida real tb neh? Olha com quem ele foi casar...


Júlia

misthik disse...

Gostei muito do post tá muito bom=)
Eu não gosto de nenhuma das criaturas a pretendente de Mulder.Mas eu odeio mesmo Diana e Phoebe porque elas beijaram MULDER e aquela boquinha devia só ser beijada por Scully por mais ninguem (lá a detective empertigada também beijou Mulder mas ela não tinha nenhuma relação com ele já as outras nem vou dizer mais nada)
Há os Shippers mereciam ver Diana morta.

Anônimo disse...

Como diria nosso amigo pica pau "..e lá vamos nós" falar desses pesadelos que rodearam, até chegaram a provar nosso fofo..e que gosto duvidoso ele tem,não é a toa que levou seis anos pra ele pegar a Scully, o problema é que os dois tinham gostos duvidosos.
Relembrar aquela cena com Dieca ..argh! até hoje tenho nâuseas só d epensar( haja antiácido), mas com advento do DVD posso saltar todas as cenas.rsrsrsrsrs

Prí ,ficou muito bom...bjs

Yanne

Minha Terra disse...

Mas que falta de respeito com Sir Arthur Conan Doyle, encima da sepultura dele, pobre Sherlock Holmes...... e com aquela Phoebe horrorosa.... a boca era maior que uma gamela.... mas a pior delas, que ficou mais tempo, essa é de arrepiar, Dieca, só de pensar me apavoro...
- Todas as outras mocréias se foram, que os bons ventos as levem,... mas que ele tinha um mau gosto , haaaaa, isso tinha, mas.... no final das contas, o melhor estava reservado para a nossa querida Dana, que não tinha bom gosto também para escolher os moçoilos, e como Mulder, só foi se redimir no final, quando estes dois se deram conta que foram feitos um para o outro. Um era o oposto perfeito do outro... como diz nos créditos iniciais de Trustno1. Linda postagem Pri... parabéns....

Armazém da Cor disse...

Muito bom!!!!!!!! Eu ri muito aqui!!!! Gente, ngm merece, mas eu acho q de todas realmente a pior foi Dieca..... essazinha foi difícil de engolir....

Lívia Ribeiro disse...

Nossaaaaaa!!!hahahahha AMEI Pri!!Muitoooo bom!!Falou td o que eu tinha vontade de falar!!Eu sempre quis bater no fofo-narigudo por causa dessas aí...e sempre achei injustiça a Scully não ter sido beijada na frente do Mulder pra ele sentir uma pontinha do que ele fez com ela!!(mode revenge on)Bem que a gente podia fazer um post "momento sequem minha baba by John Doggett"..ahhhh porque sempre achei que ele movia um bonde pela ruiva! hahaha
Bem. Eu detesto Phoebe Green, mas detesto em disparado Dieca Cowley..quanta raiva eu passei, jesus-maria-josé!Ela era insuportável!Lembro que queria apertar o FF pra passar as cenas dela com o Mulder pra frente, mas na época, passava na Record e não dava...Saco viu. Torrou tudo e já foi tarde. Amém.
Scheila foi hilária...amo esse episódio e não fiquei com raiva dela. Já sabem o porque né?
Não fico com raiva de Bambi. Só do Mulder.
Phoebe Green....ô muiézinha sem sal...valeu o episódio ver Scully imitando a chata no final...hahahaha. Scully rules!
Enfim...esse post foi demais! Ri muito!Parabéns pela criatividade, argumentação e o bom humor de sempre!! Adoro vcs!

Elizabeth disse...

Gosto da Phoebe, dissimulada e vagaba, além de esperta, já que sacou rapidinho que a Scully não ia com a cara dela ("she hates me"). Phoebe parecia ter humor (méritos da atriz que a interpretou). Bem diferente da Diana Fowley, carrancuda e sem graça (méritos da atriz que a intepretou). Em comum as duas tinham a vigarice e a feiúra rsrs.

Anônimo disse...

EU SOU FRANCIELI MORAES VIEIRA DE FLORIANÓPOLIS E NÃO GOSTEI NENHUM POUCO DE VOCE E DESSAS GAROTAS OFENDENDO O MULDER,ATÉ PORQUE EU SOU FÃ DELE.SE PRA VOCES QUEM IMPORTA É SÓ A SCULLY QUE EU TAMBÉM ADORO O PROBLEMA É DE VOCES,SÓ NÃO MENOSPREZEM O PERSONAGEM DAS OUTRAS PESSOAS E PARA FINALIZAR,TANTO ELE É LINDO E INCRIVEL QUE MUITA MULHER QUIZ ELE N SÓ A SCULLY.RESPEITEM O PERSONAGEM DOS OUTROS DA PRÓXIMA VEZ,OK.

Elizabeth disse...

Franciely, não sangre em vida por algo que não existe! Mulder só existe dentro dos nossos dvds e ele estará lá sempre pra nos relaxar nos momentos de lazer. Infelizmente ele não é de carne e osso e não ficará ofendido com nossos coments sobre as peguetes dele rs. Opinar sobre um personagem ou ator da série, positiva ou negativamente, não é menosprezá-lo. AX é ótima, mas não é perfeita e isso é legal, porque podemos encontrar blogs como esse pra nos divertirmos trocando impressões sobre o que vimos, o que gostamos e o que não curtimos na série, sempre de maneira leve, porque, afinal, É SÓ UM PROGRAMA DE TV. Certamente, se vc ler mais post desse blog, vai se divertir á beça e se viciar nele, como eu. Prestigie o blog da Josi, que é mara, e vc entenderá a proposta daqui. Take it easy, garota!

Josilene disse...

Poxa... eu tinha escrito uma resposta cute pra isso mas minha net caiu bem na hora de postar e eu esqueci e fechei o navegador... *bate com a cabeça na parede*

Gente, temos um comentário falando mal do blog... que lindo! Significa que estamos famosas? :D kkkkkkkkk

Enfim... Francieli... eu meio que te entendo, mas tipo... amar um personagem (assim como uma pessoa de carne e isso) tb é reconhecer suas falhas e saber que vc não tem que levá-lo tão à sério sempre... ;)

Mulder é lindo e td o mais, mas as namoradas dele eram mesmo bem estrainhas... sorry! kkkkkkkkkkk

A série mesmo tira onda desse aspecto meio "perdedor" de mulder em small potatoes...

Ah... e olha... tb temos um post desse para a Scully, viu? A coisa aqui é igualitária! Temos sempre em vista a verdade!

E como disse a Elizabeth... take it easy! Mas se vc se ofendeu com esse post, deveria ler o dos presentes de niver... kkkkkkkkkkkkk vc podia até fazer um livehatebloging... e postar aqui, claro.

Relaxe e releia com a mente aberta, pensando que isso é uma piada. ;)

Abraços!