domingo, 30 de junho de 2013

05x07 - Emily (Emily - Parte II)

Direção: Kim Manners
Roteiro: Vince Gilligan, John Shiban & Frank Spotnitz

Resumo: Scully, agora com a ajuda de Mulder, continua lutando para obter a guarda de Emily. Quando a menina sofre uma piora em seu estado de saúde, Scully procura um tratamento para a misteriosa doença dela, enquanto Mulder procura respostas sobre o seu nascimento.



Comentários:



[Josi] Este episódio... *suspiro* Ele é muito complicado. É um episódio muito forte se você for prestar atenção nos detalhes das emoções e conflitos da Scully. Ficar estéril não é ruim unicamente pelo fato de que você não pode mais gerar uma criança de seu sangue, mas isso também tira sua escolha. Poucas coisas são tão ruins quanto você não ter mais uma escolha. Ser obrigado a seguir uma rota específica fere o direito mais básico que Deus nos deu: o do livre arbítrio.

Então, não apenas eles retiram o direito da Scully de escolher ter filhos ou não. Eles também usam o material que foi roubado dela (seus óvulos) para suas experiências e destas nascem crianças, vidas, vidas ligadas à Scully por seus genes, que são usadas e abusadas para um fim que ainda não era muito claro para eles naquele momento.

É como Mulder fala para tal Calderon em algum momento do episódio: eles não são médicos, eles são estupradores. Aquelas pessoas violentavam não apenas a Scully, mas todas as mulheres que foram abduzidas e que no fim acabaram mortas por uma doença maldita, todas as mulheres idosas usadas para gerar as crianças, e, enfim, todas as crianças que nasceram resultantes deste processo.

Ok ok... Vamos ao episódio em si.

Finalmente, diante dos fatos, Scully chama Mulder. Claro que ele vem. E a carinha que ele faz quando vê Scully sentada ao lado de Emily no chão me lembrou a que ele fez pouco antes de falar com ela no hospital em Mememto Mori... é um misto de carinho com não saber o que fazer/dizer... cute, mas triste.

A pobrezinha da Scully ainda estava em negação... isso de "ela tem que ter vindo de alguém, ela tem que pertencer a alguém" é um discurso de quem ainda não quis entender o que estava acontecendo.

Mulder: "Por mais que você ame essa garotinha, ela é um milagre que não deveria ter acontecido, Scully". Triste verdade.





E neste momento temos as cenas que mais me deixam confusa... não pelo teor do que acontece, que é bem claro, mas porque a revelação de que a Scully não pode ter filhos é repetida no episódio PerManum... e não como um flashback dessa cena.

A conversa deles aqui... uau... a forma como Mulder fala... baixinho... como se as palavras fossem arrancadas dele... a última coisa que ele quer é magoá-la, mas ele não pode mais deixá-la no escuro.

Tirando pelo histórico da garota... e vendo algo verde dentro da pele da menina... acho que deveria ter soado alguns sinos logo de cara dentro da cabeça de Mulder e Scully não? Scully se negaria... mas po Mulder?! Decepção... rs




Scully: "Como você soube?" - Poxa, Scully! Poooxa!

A carinha que a Scully faz quando o médico fala que ela não tem autoridade sobre a menina é de doer... :(

O filho da mãe diz na cara de Mulder que ele não dará as informações necessárias para fazer a menina melhorar por causa do alto investimento sobre as pesquisas da companhia dele. Eu acho que haveriam outras soluções, não? Tipo, ele assumir o tratamento lá no hospital? Mandar doses do medicamento e tal? Mas ele não faria isso por questões legais, né? E poderia comprometer a pesquisa... E claro que pesquisas valem mais do que poucas vidas... E claro que isso faz o sangue de qualquer um com um pouco de decência ferver! E Mulder não é uma exceção. Amo a explosão dele aí.

A forma como ela estremece aqui... Tudo nesse episódio dói...






Sabe... Chris Carter foi especialmente maldoso com Scully... Fazê-la ser abduzida e então ela descobre ter câncer. Ela é curada, mas descobre que não pode ter filhos. Então, fazem com que ela descubra que estavam usando os óvulos dela para obterem crianças para testes... ela tem a menina como filha, tenta obter a custódia dela... apenas para descobrir que a menina está morrendo de... câncer. Ela acaba aceitando, de uma certa forma, a morte da menina. Alguns anos depois, ela passa a tentar ter filhos com óvulos que Mulder achou. Não consegue. Então, ela de repente engravida, tem o bebê... apenas para ter que desistir dele para que ele possa sobreviver de uma forma mais normal.

Maldade... pura.

Mulder para Frohike, falando das mulheres da clínica onde ele está: "Você teria uma chance aqui." - Não tem tempo ruim para Mulder soltar suas piadinhas. E o melhor é que ele não se importa realmente se a outra pessoa entendeu... ele entender basta. kkkkkkkk

Foi muita coragem da Scully desistir de salvar a menina... ela realmente não era um milagre que deveria ter acontecido... Scully mostra desde aí que ela está sempre disposta a fazer o que deve ser feito e o que seria melhor para a outra pessoa... decisões egoístas vindas da Scully são raras.

Essa cena sempre machuca... Mulder se oferecendo para ficar com a Scully, apoiá-la, mas ela recusa.

Pois aquele era um momento em que ela precisava ficar sozinha com a menina...






Eu morro de pena no final quando ela abre o caixão e não tem nada... eu imagino que Mulder já sabia mais ou menos o que esperar, pois ele não demonstra surpresa. O pessoal não iria deixar o corpo da menina como evidência do que eles fizeram (mas foi muita cortesia deles em deixar a correntinha, não é? rs Poderiam ter simplesmente jogado o objeto no lixo). [/Josi]


Quotes:

Scully: Quem criaria uma vida cuja única esperança é a morte?
Mulder: Não sei. Mas você a encontrou... e você teve a oportunidade de amá-la... Talvez ela tenha nascido para isso também.
Scully: Ela me achou.
Mulder: Para que pudesse salvá-la.
Scully: Como está o detetive Kresge?
Mulder: Está melhorando. Saiu da UTI.

Scully: E os homens que fizeram isso a ele?
Mulder: Eles já esvaziaram o lar de idosos. Todas as mulheres foram transferidas. Não há evidências do trabalho do Calderon na Prangen.
Scully: Há evidências do que fizeram.










Outras Imagens de Emily:

Scully e Emily

Oh Mulder

Mulder na casa de Bill... da forma como eles se amam,
imagina se Mulder ficou para jantar... que situação... rs

Mulder e crianças... ♥

Essa... cena! !!!

O velório de Emily

 ...



Fontes dos gifs: x x x

16 comentários:

Milene Nascimento disse...

Eu particulamente também nao gosto muito da Emily acho ela muito sei lá kkkkkkk. No episódio só o que me interessa mesmo são as partes chipers. Prabéns meninas por mais essa fantástica postagem :)

nice disse...

O episódio é tão triste, assim como a Emily, que parece presentir que não sobreviveria, amo todos os episódios , os dois filmes de AX, porque em todos, ou quase todos, temos Mulder e Sculy, aquele amor contido, disfarçado, mas sempre lá, firme, protetor, aquele amor que todos sonhamos.....

Anônimo disse...

Scully finalmente chamando Mulder, fofo e lindo como ele corre pra atender seu chamado.

Como disse a Josi no início do comentário tiraram o direito de escolha dela, e ao longo das temporadas vamos entendendo porque ela prefere abrir mão do filho quando percebe que não pode protege-lo.

Cena final, somente os dois contemplando o caixão e lá vou eu pegar um lenço de papel, sempre vou chorar. Esse episódio é muito triste,mas é preciso vê-lo pra entender muita coisa.

Ficou bom demais os comentários...esperando o próximo e AX3 quem sabe!!!!!

Beijos

Yanne

Anônimo disse...

Episodio para desidratar... mas é muito fofo o modo como Mulder se preocupa e tenta proteger os sentimentos de Scully ^^ Apesar de triste, eu adoro esse episodio!!

Elaine

danimm13 disse...

Esse episódio é realmente muito triste, mas ele tem tudo o que estava faltando em Emily I.

Adoro quando Mulder enche aquele médico safado de bolachas!
Adoro a conversa dos agentes logo no início. Adoro também a cena em que os agentes estão conversando na casa de Bill mala. Adoro ver como Mulder se preocupa com a ruiva o episódio inteiro.

Gente, eu adoro esse Blogger!! Parabéns! Parabéns! Parabéns! Por manter esse blogger em funcionamento. É uma alegria quando tem post novo. Parece até que ganhei um doce.

danimm13

Josilene disse...

"Parece até que ganhei um doce." - *abraça bem forte e dá um beijo demorado na bochecha* Obrigada, fofa!

Esse episódio não entra em top nenhum para mim (rs), mas sim... ele é muito necessário. Esquecer desses eps duplos é esquecer de uma boa parte da Scully...

Obrigada pelos comentários, pessoas! Beijos!

Julia Aline disse...

Esse episodio é realmente triste, mais apesar de muitos nao gostarem desses episodios melosos, e nesses episodios que a gente ve a força da Scully desaparecer um pouco, ve o seu lado protetor e vê sua tristeza, e mulder nesse episodio éi tao protetor e tao fofo, Mulder sendo apenas Mulder.

Anônimo disse...

20 anos de AX, parece que foi ontem que assisti pela primeira vez, meu lindo Mulder, com aqueles olhinhos verdes,lindos, aquele corpo de despertar os desejos mais contidos, ai que saudades do meu lindo, dela tambem, afinal quem ama AX, tem que amar os dois....

Josilene disse...

Não acho esse episódio meloso... nem o anterior... na verdade, ele até dá uma visão mais profunda do que o sindicato anda aprontando... rs

Tb amo qdo Mulder tá assim protetor... cute.

Sim, anon! 20 anos de AX... me sinto tão velha! kkkkkkkkkkk

Patymr disse...

Bom dia!!! Sempre fui apaixonada por Mulder e Scully , mas na época não tinha tv cabo e na tv aberta só passava dublado, portanto não acompanhei a série como gostaria. Agora to com o Netflix e to assintindo tudinho com legenda e estou , se é que é possivel mais apaixonada por eles ainda!!! Por favor não pare com seu blog que eu amei de paixão , o melhor sem dúvida, para os eternos amantes ShipperX!

Josilene disse...

Olá, Patymr!

Ah, fia... qto mais eu vejo os eps, mais eu me apaixono por essa série. Ela é fantástica. :D Fiquei muito animada qdo a vi no netflix. kkkk acho que vou até dar um tempo para os meus dvds e ficar vendo por lá. kkkkk E... não pretendo parar com o blog, não. :D Eu apenas dei uma diminuída no ritmo, mas parar nunca! ;)

Beijos e obrigada!

Milene Nascimento disse...

Que bom ouvir isso Josi. Nos deixa muito feliz. parar nunca!

Vixen disse...

Também encontrei este blog agora, e tem 7 dias que o leio desesperadamente! Kkkkk!!! Tem 10 anos que não vejo AX. Um belo dia, vejo a notícia de uma possível volta do elenco na série... e a paixão desenfreada por esse moço narigudo e de puppy eyes voltou à tona... uhauhauhauhauha!!
Lendo os comentários de vcs é interessante para mim, pq eu, no meu isolamento (afinal, n havia internet pra mim na época, só a Record), achava que só existia eu de shipper!! Obrigada por existirem!

Cleide disse...

Vixen, que legal! Então, até o lançamento do segundo filme em 2008, também me achava a única shipper do mundo, aí conheci um grupo de amigas e amigos tão doidos como eu. E nasceu este blog... tem gente do Brasil todo, uma amizade longa, tudo por causa da série. Estamos muito empolgadas em começar a comentar a sexta temporada... já passamos da metade da série, e isto significa muito pra nós! Seja bem vinda e comente sempre!!! A gente adora!

Vixen disse...

Cleide, obrigada pela resposta! Rs!
Vcs comentarão a sexta temporada? OMG! Vou morrer! Kkkkk!
Já convidei o marido pra ver toda a série do início... simplesmente viciada!

Cleide disse...

Vamos comentar a sexta temporada sim! Devemos começar agora em Fevereiro! Que legal que convidou seu marido para assistir, tomara que ele goste!