domingo, 22 de março de 2015

06x02 - Drive (Dirija!)

Direção: Rob Bowman
Roteiro: Vince Gilligan

Resumo: Um homem cuja esposa morreu com um estouro repentino da cabeça sequestra Mulder o obrigando a dirigir mais e mais rápido. Enquanto isso, Scully procura a causa da morte da mulher.



Comentários:

[Cleide]
O episódio se inicia com um teaser intenso, transmissão de perseguição ao vivo na TV, um pouco diferente do formato assustador de sempre. É importante considerar que Mulder e Scully estão vindo de episódios intensos e com consequências complicadas: estágio probatório, proibidos de qualquer contato com os arquivos X.


Naquela época, quem iria imaginar que o protagonista do caso seria, uma década depois protagonista do premiadíssimo “Breaking Bad” (cria de Arquivo X, diga-se de passagem)?

Scully e Mulder continuam trabalhando juntos no FBI, diferentemente da tentativa de separá-los no final da primeira temporada, mas  agora fazem um trabalho de pouca relevância, cumprindo visitas de rotina – em fazendas no departamento de terrorismo doméstico.

***Pausa para suspirar por Mulder de óculos escuros***







Mulder como sempre,  vendo a perseguição do teaser na tv e a estranha “explosão” da cabeça da refém ao vivo, fareja um Arquivo X há km de distância. E como sempre, convence a Scully a dar um pulinho em Nevada... e Scully, não preciso dizer, foi facilmente convencida a seguir Mulder... vamos combinar, 6 anos convivendo já era caso perdido!

O caso fica cada vez mais estranho... Patrick Crump, carpinteiro, 40 anos, ficha limpa fugindo da polícia com carro roubado, se negando a parar. Mulder começa a tentar entender os motivos de Patrick, Scully vai fazer a autópsia da esposa e descobre que o ouvido interno da vítima simplesmente explodiu. É claro que Scully não estava usando máscara, ou equipamento de proteção, e o que quer que fosse, explodiu na cara dela! Desta maneira, lá se vai Scully ficar de quarentena.

E Mulder, com seu faro e “sorte”, consegue ser pego de refém pelo fugitivo,  expondo ao FBI sua desobediência às regras, afinal eles iam só xeretar o caso e voltar sem ninguém perceber (por que eles sempre acham que as coisas vão correr assim “abaixo do radar da chefia”?). E é claro que Mulder se identifica com o raptor e começa a dirigir loucamente em direção oeste. E destemido como é, consegue conquistar a confiança de Patrick.

Quando desconfiam que Mulder fugiu do bloqueio, e dizem a Scully, ela imediatamente  confia no julgamento do parceiro, imaginando que ele sabe de coisas que eles não sabem. E logicamente ela tem que responder a Kersh pela insubordinação do parceiro.

Só eu nunca tinha percebido que Mulder fosse judeu? Isso foi desenvolvido em outro momento e eu passei batido?

Perante o comportamento estranho da contaminação, Scully e uma equipe decidem investigar a residência dos Crump. Percebem que pobre do cachorro tem a mesma doença (posso confessar que não suporto cenas com cachorros? Fico morrendo de pena).



Crump acha que ele e a esposa são cobaias do governo. Via gente infiltrada no seu pomar à noite.  Mais um ponto de conexão com Mulder – a paranoia e falta de confiança nas autoridades... rsrsrs

Tudo que poderia acontecer de ruim numa situação em que não se pode parar o carro acontece com Mulder... bloqueio,  falta de combustível... Mulder furtar carro sem pensar duas vezes.

Scully tem insigths melhores que do Dr. House.  E de fato confirma que a doença no ouvido interno é causada por uma instalação de equipamentos do governo federal no local. Experimentos dos Militares ondas ELF que causam o desconforto.

Não é possível salvar Walt (quer dizer Patrick)... o que mostra a capacidade de Mulder de se arriscar para ajudar alguém que não conhece, mesmo se ferrando por isso. Mas a investigação de Scully salva várias pessoas, pois a agência responsável retira as antenas.

De qualquer forma os Mulder e Scully são punidos, e os gastos lhes são cobrados como se tivessem agido errado, o que fica claro, que a sexta temporada é um tipo de inferno astral para Mulder e Scully...esta punição mostra muito bem a tônica do início da temporada: não importa o que façam, ter chegado tão perto da verdade tem sempre seu preço, e Kersh pretende ser o carrasco dos agentes para que quem sabe, eles desistam e peçam demissão? [Cleide]


[Josi] Drive não é um dos episódios mais celebrados de Arquivo X. Algumas pessoas jamais lembrariam dele em listas de melhores ou piores episódios da série. Mas... ele tem seu charme, né? Tá, ok... não é pra tanto. Mas ele é legalzinho. E ele serviu para que Vince Gilligan conhecesse Bryan Cranston e nos brindassem anos depois com o brilhante Breaking Bad e o detestável Walter White.

Na verdade, é difícil para mim agora, logo de cara, olhar Crump com alguma simpatia... Walter era muito fdp e pelo que eu lembre Crump não era grande coisa também, mas pelo menos dava pra entender as motivações dele e ter empatia, né? Pelo menos ele realmente tentou salvar sua esposa.



E o episódio começa assim... uma perseguição a um carro em alta velocidade, a suspeita de sequestro... mas quando temos a visão de dentro do carro, vemos uma mulher em agonia e um homem com a expressão muito preocupada. Quando a polícia finalmente para o carro, temos a horrorosa surpresa de ver a cabeça da mulher explodindo.

Depois desse teaser, damos de cara com Mulder e Scully em um trabalho nada exuberante. Temos que admitir que eles atingiram o fundo do poço e daria pra entender que Mulder não consiga esconder o quanto ele não está gostando de estar ali, se você não lembrasse que ELE já esteve pior na época de The Host. Mulder please. Scully, no entanto, apesar de ser a primeira vez naquele ponto do poço, se mantém profissional, como diva que é. hehe

Adooooro Mulder matando a coisa voadora não identificável com um tapa no próprio rosto! huahauhauahua Perfo.

Daí o cara folgado com a casa parecendo um lixo pede pra eles ajudarem a procurar o documento... oh god... e como Scully é fofa, vai mesmo procurar. Enquanto isso, Mulder fica sozinho para fazer arte e ter ideias...




Sabe, não me dói nem um pouco dizer que Scully está certa. Sei como Mulder se sente, mas esse trabalho é importante sim. Se aqui no Brasil o pessoal deve mais importância a fiscalizações muitas coisas erradas deixariam de acontecer. Mas sim, concordo que colocar pessoas super qualificadas para conferir documentos é um mau uso de recursos também. rs MAS VOCÊS ESTÃO DE CASTIGO, MULDER! Tadinhos...

Pior que Scully também já está entediada no último, também se sentindo humilhada pelo castigo, intrigada com o mistério e acima disso tudo, Mulder ainda faz aquela carinha de cachorro pidão.... não tem como resistir!

A conversa deles na delegacia é até engraçada... não pelo conteúdo pois eles são bem profissionais e não fazem perguntas estranhas... mas eles parecem tão felizes e satisfeitos! kkkkkkkkk

Por que Scully e a outra moça estão fazendo a autópsia naquela escuridão? Estão economizando energia elétrica? o.O

"Eu não vejo sinais de pólvora ou carbono nem a entrada da bala..." - Talvez acender a luz ajude, fia...

Ugh, elas fazendo o procedimento sem proteção no rosto me incomoda ao infinito! Daí a coisa estoura e bate na roupa protetora de scully... HAHAHAHAHAAAHAHAHAAH engane-me que isso não iria direto no rosto dela! EEEECA!

Não entendi o por quê de Scully achar que a coisa é contagiosa... :P

Enfim... como eu lembrava... o carinha é um saco... preconceituoso, hã? Ok. ugh Mas... diferentemente de Walter, dá pra você sentir pena dele.





"I must be cramping your style" - Mulder falando com Mr Crump. O senso de humor de Mulder é tão tosco. Adoro! kkkkkkkk

Kersh: "Como está Idaho, Ag Scully? Pense bem na sua resposta."
Scully (morta): "Quando estávamos em Idaho, Mulder e eu nos deparamos com uma situação que precisava urgentemente de nossa atenção." - Sempre use um tom extremamente profissional ao mentir no trabalho... aprenda com a Scully.

Amo como Scully aprendeu a ser dramática com Mulder. Explicar o que pensa ao coleguinha? Nah... Tira logo a proteção e deixa ele se assustar antes!





Mulder: "Não sei se eu consigo dirigir com todas essas lágrimas em meus olhos". - kkkkk Aquela desculpa foi muito idiota mesmo...

Scully descobre exatamente o que estava acontecendo e, mesmo tendo estudado ondas magnéticas na faculdade, eu ainda achei a explicação esquisita. rs

Crump morrer ao final é tão desolador... dá uma desesperança na gente...






Sério que eles não iam tirar as multas por dirigir em alta velocidade? Sério?

Scully: "Grandes montes de esterco" - Forma fofa da Scully de chamar todo o governo de m... Idem, Scully, idem... 






[/Josi]



Quotes:

Mulder (ao telefone): Obrigada, Capitão. Sem problemas. Ficaremos felizes em ajudar.
Scully: Ficaremos felizes em ajudar com o quê?
Mulder (ao telefone): Até logo.

Scully: Mulder, nós não vamos para Nevada.
Mulder: Vamos lá, Scully. Apenas uma viagenzinha rápida!
Scully: Não. Desculpe, Mulder. Nós temos uma nova tarefa.

Mulder: Enchendo o saco de pessoas que compram fertilizantes? Isso é trabalho de palhaço... o equivalente no FBI a usar roupa laranja e limpar o lixo a beira de uma autoestrada. Eles querem nos humilhar.
Scully: Olha, Mulder, querendo ou não, humilhados ou não, nós estamos em terrorismo doméstico agora e, sim, isso é... Isso é uma punição mas se nós quisermos voltar a onde queremos estar, nós temos que seguir ordens. Não podemos fazer trabalho por conta própria.

Mulder: Você viu as notícias. O que você acha?
Scully: Eu acho que o óbvio é que a mulher levou um tiro, independente do que a polícia diz. Talvez tenha sido um franco-atirador.

Mulder: Nas palavras do Capitão, "Ela meio que estourou". E o cara que supostamente a tomou como refém, marido dela? A mim pareceu que ele estava tentando avisar aos policiais antes dela morrer. Agora... o sol vai nascer na América amanhã não importa se nós estivermos em outra fazenda investigando outra enorme pilha de esterco ou não. Não podemos ir e vir em um dia. Ninguém tem que saber.


Outras Imagens de Drive:

Olá futuro Walter White

Paciência, cadê você?

:(

Eles sequer tem permissão de sentar diante do chefe novo...

3 comentários:

Vixen disse...

Dá uma coisa ruim ver o Mulder desolado no fim do epi... :(

Josi disse...

Verdade... me mata esse final. É muito desolante...

Lu Domingos disse...

Ver o Bryan Cranston nesse episódio foi demais, aliás, vários personagens de Breaking Bad fizeram uma pontinha em Arquivo X :)