segunda-feira, 3 de novembro de 2008

01x02 - Squeeze (Assassino Imortal)

Writers: Glen Morgan/ James Wong
Director: Harry Longstreet
Estréia: US: 9/24/1993


Resumo: Mulder e Scully detêm o assassino Eugene Tooms, mutante capaz de esticar seu corpo pra passar por espaços apertados. Tooms costumava hibernar 30 anos após comer cinco fígados de seres humanos. Scully escapa por pouco de ser sua última vítima.




Comentários:

[Fagner] Este episódio nos apresenta Eugene Victor Tooms que é com certeza um dos monstros da semana mais carismáticos e inesquecíveis da série! Não por ser o primeiro, mas por ser realmente assustador e ao mesmo tempo passar um ar ingênuo, quase como o de uma criança! Os olhos amarelos de Eugene são perturbadores e lembrados muito pelos fãs!

O episódio é muito bem feito também! O teaser é bem sombrio, com um homem andando na rua e de repente vimos ele ser observado por dois olhos amarelos num bueiro na calçada, os olhos de Tooms! Depois Tooms entra na casa do homem pelo tubo de ventilação e arranca seu fígado, nada gráfico, apenas sugerido como eram os assassinatos no começo da série.

Aí a história se desenrola com Mulder descobrindo que Eugene tem mais de 100 anos (!) e come fígados humanos para filtrar seu sangue e regenerá-lo, fazendo-o ficar jovem! Mulder não tem vergonha de se passar por doido: Diz pra Deus e o mundo que o cara tem mais de cem anos e come fígados humanos. O cara é pirado, um psicopata frio e que hiberna durante 30 anos! Ele arranca o fígado das vítimas com as próprias mãos! A interpretação de Doug Hutchison (Eugene) é ótima.

O que achei realmente perturbador foi o fato de o cara passar por qualquer buraco, passagem e abertura das casas! Ninguém poderia estar livre do assassino! Foi como Mulder disse: "De que adianta gastar muito dinheiro em segurança da casa, pondo grades, sistema de alarmes e câmeras se há pessoas que podem ultrapassá-los sem esforço para cometer crimes?!"

O final é de roer as unhas com Tooms pulando em cima de Scully para comer-lhe o fígado! mas Mulder chega e salva o dia! Depois aparece Eugene Tooms em um sanatório com o olhar fixo na abertura de alimento da porta. Final em aberto.

Cena nojenta e assustadora: acho a cena em que Mulder e Scully entram na suposta casa de Eugene Tooms (cena da abertura) e vêem os pertences que ele guarda das vítimas num pequeno altar e a bile nas paredes! Aí Scully se prende a algo no escuro e quando sai, vimos que Tooms com os olhos amarelos estava logo acima dos agentes e pegou o colar de Scully!!! Gelei na primeira vez que vi esta cena!!!

Momento non-sense: Como Tooms girava os parafusos da caixa de tubulação por dentro da mesma? Ele tirava e botava de novo, como?Outra: Por que raios, Eugene Tooms comia fígados para ficar "eterno" para voltar e dormir no seu "muquifo" ou "cafofo"? Putz! Qual a graça de comer e depois dormir 30 anos, desligado do mundo e depois comer de novo e fazer a mesma coisa? Será que ele esperava que quando os Ets viessem em 2012 ele estivesse seguro ou tinha medo do canceroso? (Huahauhau! Viajei nessa!). [/Fagner]


[Star] O primeiro episódio em que TOOMS aparece (e o terceiro episódio de XF) já nos mostra que estamos diante de uma série que iria mudar a forma como se faz TV. A premissa de Squeeze é ótima e surpreendente, pois o monstro em questão não é um ser que mata porque é mau, ele mata porque precisa. É seu instinto de sobrevivência que o faz sair pela rua, deslizando por chaminés e dutos de prédios, buscando suas vítimas, que ele observa como uma fera através do amarelo sofrível dos seus olhos.

Doug Hutchinson, o carinha que faz o TOOMS, tem o rosto perfeito para o papel. Ele tem um aspecto infantil, carente, que é até complicado sentirmos qualquer aversão a sua figura (ao menos para mim).

O episódio começa com a Scully encontrando um antigo colega de trabalho, o chatíssimo Tom Colton, e a conversa até ia bem, mas daí ele fala sobre o spooky Mulder de forma bastante depreciativa e isso já é suficiente para a Scully ficar visivelmente incomodada.

Adoro quando o Mulder chega no local do assassinato e percebe o que ninguém havia notado: a impressão digital do TOOMS...Ah.. tem o momento fofo do Mulder, quando ele pega no pingente do colar da Scully, que pela primeira (e acho que única vez) usou um colar diferente em XF... A cara de surpresa da Scully quando ele toca o colar é reveladora. A ruiva já estava caidinha pelo narigudo... Seu fim evidente (adoro essa expressão :)) era perseguir monstros no escuro... e pelo que vimos em IWTB... ela gosta ;).

Já no terceiro episódio da série vimos porque amamos Mulder. Ele não está nem aí pelo que vão pensar dele. Se ele acha que o cara já tem uns 100 anos, ele fala, mesmo que não tenha lógica, mesmo que todos pensem que ele ou é doido ou é otário.. enfim, ele fala a verdade que ele acredita, que se danem os outros e suas crenças "funcionário público". Como diz o Drummond... "estou farto do lirismo comedido, do lirismo funcionário público... Não quero mais saber de lirismo que não seja libertação (closure?)"... YEAHHHH.. A verdade está ao alcance.. mas não é para todos... e quem a enxerga (como a mulher do médico em O ensaio sobre a cegueira) paga um estranho e complexo preço. Ser herói é suportar a verdade, mesmo que você não voe, nem tenha um cinto de utilidades, nem um avião invisível.

Adoro quando a Scully manda o Colton para aquele lugar.. Dá-lhe ruiva!!!! E o duelo entre ela e o TOOMS também é muito bom.


Ao final vimos que a história do TOOMS ainda não acabou. Thanks God!!! [/Star]

[Cleide] Squeeze é um episódio muito especial, é o primeiro dos tão famosos e aclamados monstros da semana, que mostraram que o X da questão era muito mais que os "Homenzinhos Verdes", que segundo o comentário de Mulder nesse episódio, não são verdes, são cinzas. É, nesse episódio nosso herói começa a "colocar suas asinhas de fora", sim, ele herdou primorosamente o bom humor inteligente de David Duchovny, o brilhante ator formado em literatura inglesa em Yale.

Nos primeiros episódios Mulder estava adoravelmente esquisito, mas são essas piadinhas que ficaram tão famosas como traço do personagem, tais como seu gosto por pornografia. Scully ainda tinha alguma vida social, inicia o episódio conversando com seu ambicioso colega da academia, Colton. E, claro, é questionada sobre aonde vai parar nessa carreira de Sra "spooky", Scully defende o parceiro e diz que ele não tem métodos muito ortodoxos, mas é um bom agente. E de fato, esse episódio mostra o quanto Mulder é perspicaz em ver o que ninguém viu, e como Scully admira isso.

Uma cena clássica pra mim, é quando ele entra na sala, e nós vimos Tooms, sabemos o que ele faz, como se estica, mas ninguém conceberia tal coisa... e Mulder pega o pincel com pó, e passa na entrada de ventilação, encontrando uma digital esticada... nós assistindo ficamos loucos! Como pode? Ele foi no ponto! E onde todo mundo não consegue nem teorizar e descarta a prova, Mulder chega a uma prova importantíssima.

É claro que Scully também não fica pra traz, seu perfil psicológico ajuda a pegar Eugene Victor Tooms pela primeira vez. E Mulder tão perspicaz quanto, fica impressionado por ela ter pego o bandido de primeira, mas ninguém acredita, só os dois... Mulder tira a prova dos nove no polígrafo, com perguntas aparentemente absurdas, mas que lhe provam a teoria: tooms era centenário, e de peça em peça ele desvenda toda história como vocês já sabem.

Tooms é impressionante, intrigante... um olhar inocente, ninguém consegue sequer pensar nele como assassino, mas o cara é feroz, maquiavélico... e acaba escolhendo nossa ruiva como vítima, e assim chegamos no ponto em que termina essa parte do episódio, com aquela sensação estranha que há criaturas impensáveis na noite.

Mulder e seu faro infalível...Ainda bem que ele é narigudo!




Scully arrasando no perfil psicológico






Momento "UHU!": Scully dá um chega pra lá no mala e prefere trabalhar com Mulder.



[/Cleide]

[Nay] Encanto-me sempre com a capacidade da equipe de X files em ter escolhido excelentes atores para os papéis de coadjuvantes...o cara que faz Tooms é muito bom, gosto de atores com expressões ricas, especialmente o olhar...o lance do olho amarelo é um recurso simples, mas assustador, assim como o fato dele poder entrar em qualquer lugar.

Como Mulder diz no final, as pessoas gastam tanto com segurança e ainda não é o bastante. X files gosta de explorar isso, o medo, o perigo que nos espreita, a idéia de que segurança é uma ilusão alentadora para que possamos viver nossas vidas esquecendo toda a gama de coisas horríveis que podem nos acontecer. Vários enredos mostram situações absurdas, mas estruturadas de foma tão plausível que você quase se pega pensando: e se...

O policial que havia investigado os crimes de Tooms fala sobre sentir a energia do lugar...acredito nisso, acho que muitos lugares guardam as marcas das coisas que ali aconteceram e das pessoas que ali estiveram...senti isso em alguns lugares que fui, inclusive no forte São Marcelo, que fica no mar e que durante certo tempo foi prisão política...

Acho interessante como a Scully, neste início defende o Mulder, mas de modo muito tímido ainda, insegura, até assumir mais tarde uma defesa apaixonada de sua mente brilhante, mesmo quando discordavam... Mesmo assim ela acaba com Colton... o agente engomadinho... que criatura abominável... como sua capa de decência superficial, descascando à menor pressão...

Também acho lindo como eles se respeitam desde sempre (adoro essa expressão, mas não me perguntem pq...rs) e como ele reconhece isso. Já falei outras vezes, mas repito, gosto de ver como Mulder defende suas idéias e como lida quando tentam ridicularizá-lo...gosto quando ele se mantem firme e não se abate pelo comentários alheios..isso é apaixonante nele...

Gente...o que é Mulder desesperado quando sente que Scully está em perigo? Aff...o bichinho surtaaaa...rs [/Nay]

[Kaline]AMO esse episódio! AMO Eugene Tooms!

O começo é o máximo... Aqueles olhinhos verde-limão de Tooms no bueiro, olhando para a próxima vítima... Acho o máximo quando a cena fica em câmera lenta e tudo perde a cor, menos a vítima.


AMO AMO AMO quando eles estão lá na cena do crime, Mulder querendo saber pq não pediram diretamente a ele...
M: Scully, você me acha Spooky??
E quando o ridículo do Colton chega...
C: Então Mulder, o que acha? Parece trabalho dos homenzinhos verdes?
M: Cinzas.
C: Desculpe?
M: Cinzas! Você disse verde. O tom de pele de um Reticulan é cinza. Eles são famosos pela extração de fígado humano terrestre devido à falta de ferro na galáxia deles!
C: Você não pode estar falando sério!
M: Você faz idéia do preço de fígado com cebolas lá?

Colton já está irritantemente chato querendo atrapalhar a investigação deles... Mas Mulder não desiste e começa a procurar certidões de nascimento, óbito, casamento etc com o nome de Tooms. Se fosse eu ficaria extremamente enjoada olhando para aquelas coisas... aff! Só de ver no episódio já fico agoniada!

O risinho dele no final, quando vê a pequenina abertura na porta... Esse sorriso dá medo!

A questão da sobrevivência. O policial que investigou o crime em 1933 disse que parecia que tinham juntado tudo de mais horrendo na natureza humana... que, no local do crime, dava para sentir "aquilo". Eu não duvido. Em uma sociedade como a nossa é impossível não se chocar com um crime como esse, onde o fígado de uma pessoa é arrancado com as mãos. Para o homem, o ser humano é o civilizado, o inteligente, o que tem cultura. Esse crime quebra toda essa linha de conduta e raciocínio, esse crime torna o homem primitivo. E isso apavora. Quem comete esses atos é o monstro, a aberração, é algo. Hoje em dia trancamos nossas casas de todas as maneiras possíveis, não queremos de forma alguma que algo consiga um meio de fazer mal às nossas famílias... e se, mesmo com tudo isso, algo possa entrar em sua casa, te deixar inseguro, te fazer perceber que nada é suficiente, e arrancar o teu fígado?

Como diz Mulder... Nada disso, nada do que fazemos hoje em dia, é suficiente. [/Kaline]

[Josi] Adoro esses diálogos deles... com a Scully dizendo que Mulder está no porão e ele a lembrando de que ela está ali com ele... Ela não parece disposta a se acovardar com isso também... rsrs

S: Eles não querem ouvir as suas teorias, Mulder, por isso te colocaram no porão...
M: Também te colocaram no porão, Scully.



Mulder admirado pela Scully ter acertado no perfil psicológico que era diferente do que ele teria proposto...
M: "Você estava certa, Scully..."



Colton tenta barrar a entrada de Mulder na cena do crime e a Scully dá um show dizendo que ficaria lindo na ficha dele se figurasse que ele estava obstruindo o acesso de agentes a uma cena de crime... Ela sempre contemporizando as ações de Mulder... ohw... [/Josi]

Quotes:

SCULLY: Você sabia que eles não acreditariam em você, porque você insistiu?






MULDER: Talvez eu tenha encontrado tantas pessoas que são hostis só porque elas não podem abrir suas mentes às possibilidades, que às vezes a necessidade de mexer com a cabeça delas ultrapassa o peso da humilhação.



SCULLY: Parecia que você estava sendo meio possessivo... eu não sei, esqueça...






MULDER: É claro que eu estava! Em nossas investigações, você pode não concordar sempre comigo mas ao menos respeita a jornada. E se você quiser continuar trabalhando com eles, eu não ficarei ressentido.


SCULLY: Err... Eu não sei... Você deve ter algo mais do que sua interpretação do polígrafo para corroborar essa teoria bizarra e eu quero ver o que é.





Outras imagens de Squeeze:


"Analisando a teoria bizarra dele"

"Entrando na 'casa' de Tooms"

"Dá pra limpar isso depressa dos meus dedos sem perder a compostura?"

"Venha, Mulder, vamos embora"

12 comentários:

Phoenix disse...

Hum...amei os coments:
- o ar infantil do tooms, sim, é verdade...aliás em X files isso é muito interessante, mostra os vilões, não de maneira maniqueísta, mas como pessoas(mesmo em sua excepcionaldiade) que contêm em si mesmas a ambiguidade típica dos humanos.

Amei as referências à Ensaio sobre a Cegueira...ainda não tive oportunidade de descrever tudo que senti e pensei sobre este filme...acho que o caos e a inquietação ainda não passaram...o furacão rpecisa se abrendar para que eu possa entender...

O que eu não gostei: à referência aos funciona´rios públicos! rsrsr Bincedeira...eu luta dia a dia para não cair na mesmice, na conformidade de achar que as coisas foram, são e serão sempre assim...naturais....é preciso desconfiar do óbvio...always!

Kaline Vieira disse...

Ooowwnn...
Que lindo esse post sobre Squeeze!
AMEI AMEI AMEI!
Sou apaixonada por esse episódio... e sim, a carinha infantil de Tooms não deixa você sentir nojo, repulsa, medo ou algo parecido dele... Eu adoro esse cara!
Um dos melhores MOTW de AX. Sem dúvida! Mereceu esse review maravilhoso!
Vocês estão de parabéns!!!
E para não perder o costume... mais um post que me emociona!!!!
LINDO! Parabéns!!
^^
;****

Anônimo disse...

oi ele quer comer algun orgao da scully so li o resumo responda

Josilene disse...

humm... bom... ele come fígados, né? Então eu acredito q ele queria isso da scully tb. ;-)

janaX disse...

Ok pessoal agora vou ter que surtar um pouquinho:Caraca velho!!!As gurias do blog (algumas)gostam do Tooms!Acham ele fofinho???!!!Cara eu tenho um puta medão dele!!!Quando vi este ep(em vídeo cassete CASSETE hein...Ele era junto com sua continuacão de modo que eu não sabia quando um terminava eo outro comecava!)quase me borrei de medo!A premissa do cara que entra literalmente por qualquer buraco me deixou arrepiada da cabeca aos pés!!!Devo ter olhado Squeeze umas dez vezes já,criei uma afeicão muito grande por esse ep que é da MARAVILHOSA primeira temporada e já nos mostrava que CC e sua trupe iam mesmo botar pra quebrar!!!Uma coisa tão absurda e tão original que a gente termina de assistir e fica remoendo tudo na cabeca e debatendo com quem também assistiu(eu adoro os debates que eu e meu maridão travamos depois dos eps são homéricos!)Gente o que é o Muder pegando no pingente da Scully?Juro que na primeira vez que eu vi pensei que ele ia tascar um beijo nela,meu marido disse baixinho:ferro!Mais que nada eles estavam apenas "interagindo",e lá se vão milhoes de faíscas saindo da tela de novo!!!Aquele Colton é um mala sem alca!!!Tadinho do Mulder sempre sendo humilhado,ridicularizado,desacreditado e sempre com a razão!!!Enfim galerão que escreveu post,principalmente minha amigona virtual Josi que tem que ler meu coment e me aturar no blog...MUITO BOM!!!10 10 10,como Tooms merece!Josi fia,eu só quero te dizer que acho seus posts atuais tão inspirados como estes primeiros ,você tem uma visão muito apaixonada e particular de AX,que me comove e me dá vontade de dar meus pitacos também!!!Estou ansiosa para ler o próximo post de 2012!Um beijo e até...

Josilene disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk achar Tooms fofinho é coisa da ka, jana. hihihi

Ai, que saudades de discutir AX com alguem ao vivo e a cores... *suspira*

"minha amigona virtual Josi que tem que ler meu coment e me aturar no blog" - né? como eu sofro!!! *brinks*

Já disse que amo os comentarios de vcs, né? pois é. *abs*

Elizabeth disse...

Eu tb acho o Tooms muito fofis, mas na primeira vez que vi o ep achei sua caracterização assutadora: aqueles olhos fluorescentes dentro do bueiro é medonho e bem sacado. Pra mim, os melhores atores que encarnaram vilões dos eps MOTW foram esse que interpretou o Tooms, o cara de "OVidente" e o que fez Donnie Pfaster. Não consigo lembrar de outras interpretações tão marcantes quanto as desses atores.

XFILES disse...

Cara... Tooms só é fofo esteticamente falando. kkkkkkkkkk

Mas a caracterização dele é mesmo fantástica. Os atores de AX geralmente são muito bons. As crianças principalmente. Deve ser complicado achar crianças que tenham essa capacidade de atuação...

Josi.

Elizabeth disse...

Bem lembrado! As crianças de AX tb são um show a parte: ou tem uma sina trágica ou são assustadoras. Não poderia ser diferente numa série que fugia do comum em tudo.

Ruth Aparecida disse...

O leve sorriso do Tooms quando ele olha para a pequena fresta da prisão...deixou uma sensação que ele vai voltar!

Unknown disse...

Alguem sabe me dizer qual eo nome dauele episodio de arquivo x que tem um homem que vai se formadondo apartir de um pedaco de osso dele mesmo

XFILES disse...

Eu acho que vc tá falando nos supersoldados, não? Eles aparecem a partir da oitava temporada em vários episódios. :)

Josi.