sábado, 6 de março de 2010

18 anos...

Há exatamente 18 anos atrás, Mulder e Scully se viam pela primeira vez...



Mulder: Quantas vidas diferentes teríamos levado se tivéssemos feito escolhas diferentes... Nós ... Nós não sabemos.
Scully: E se houvesse apenas uma escolha e todos as outras estivessem erradas? E houvessem sinais ao longo do caminho para nos avisar...
Mulder: Mmm. E todas as ... escolhas, então, nos levariam a esse mesmo momento. Um caminho errado, e... nós não estaríamos sentados aqui, juntos. Bem, isso diz muito. Isso diz muito, muito, muito... Isso é provavelmente mais do que podemos entender a esta hora da noite...


E se esse encontro não tivesse acontecido?





Scully...

Não perceberia o verdadeiro valor de um trabalho em equipe ao ganhar um Chaveiro Apollo 11...

Não chegaria a beira da morte apenas para ser salva por um implante alienígena na nuca...

Nem teria estado presente em uma verdadeira chuva de sapos...

Jamais saberia que era ou poderia ser imortal...

Nunca teria feito uma tatuagem tão significativa...

Não saberia o quanto o beisebol pode ser um esporte interessante...

Não teria aprendido a duvidar das verdades provadas e consolidadas...





Mulder...

Não teria usado um crucifixo no pescoço...

Não saberia o que é gostar tanto de alguém à ponto de desistir até mesmo do que ele pensava ser o centro da sua vida...

Nunca descobriria como a ciência poderia positivar e fortalecer suas teorias...

Nem teria para quem repassar a linda [really?!] boneca de família...

Não teria se emocionado de forma tão pessoal com o milagre de uma nova vida...

Nem voltado da morte quando todos já o tinham enterrado...

Não teria aprendido a duvidar das verdades fáceis e óbvias...




Ambos...


Não saberiam como é quase morrer para se salvar... ou salvar ao outro...

Não teriam conhecido Daryl Musashi... e vencido um video game assassino...

Nunca entrariam numa casa mal assombrada em pleno Natal...

Nem virariam personagem de cinema...

Ou conhecido um gênio dos 3 desejos...

Não teriam William...

Nem conhecido o verdadeiro amor...

...e fugido com ele para bem longe da escuridão.



Mulder: Eu não tenho certeza se funciona dessa maneira.
Eu acho que talvez a escuridão encontre você... e eu.
Scully: Eu sei que ela encontra.
Mulder: Mas deixa ela tentar...



E nós...

Nós não teríamos nos conhecido, nos tornado amigos... nem estaríamos aqui juntos... e isso diz muito, muito, muito...


PS: Obrigada especial a Nay pelas sugestões. ;-)

19 comentários:

Jade disse...

lindo post
emocionei.
parabéns meninas

Yanne Celly disse...

A primeira coisa que me veio a mente ao ler este post....foi início do e-mail que Scully escreve para ele no epi "Não confie em ninguèm"
..." Fiquei trêmula ao ler suas palavras...desejando que você tivesse aqui para dize-las pessoalmente"(é mais ou menos assim não me lembro bem agora),mas isso resume tudo, já que eles não são de mostrar muita afetividade em palavras.
Esse post é algo mais do que se possa falar!!!!!


E...bem...através de ax conhecer vocês foi maravilhoso..

bjs

PriEsp disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
PriEsp disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kaline Vieira disse...

own, que texto lindoooooo!

emocionei!

caramba... é incrível pensar nisso tudo!

e definitivamente conhecer vocês foi o melhor presente que AX poderia me dar...

*.*

Nayara disse...

Quem diria que há 18 anos estrearia um programa de TV que entraria na minha vida, para nunca mais sair. E mais: que me traria tantas coisas preciosas! Ax é atemporal...por isso sempre figura entre minhas melhores lembranças.

E o que dizer dos amigos que eu ganhei?! Parafraseando a mastercard: não tem preço!

Um bj pro pessoal querido do blog...e thanks pelo P.S...emocionei! rs.

starbuck disse...

Não consigo imaginar minha vida sem Arquivo X.

E sempre quando penso em desistir de algo, três coisas me vem a mente:

1a. TERMA, é claro, pois a dedicação e a força da Scully (na ciência e no sentimento pelo narigudo) são uma inspiração para as pequenas e grandes coisas da vida (desde resolver uma fórmula até terminar um mestrado).

2a. a fala do Mulder em Homenzinhos Verdes: "Não tenho mais os arquivos X, Scully, mas tenho meu trabalho.... e ainda tenho você... e ainda tenho a mim mesmo."


3a. a melhor frase final de todas as séries: MAYBE THERE'S HOPE.

Thanks pelo post à josita, em especial, e a todas que fazem desse blog um doce lar.

PriEsp disse...

Caramba, 18 anos... Nem dá pra acreditar que a série tem tanto tempo assim, e mesmo assim ainda gostam tanto dela, e ela atrai a atenção de pessoas que, assim como eu, eram pivetes qdo começou.

Sobre o post: qdo penso na Scully sem o Mulder a imagino como aqueles médicos, que se declaram detentores de todo o conhecimento (aquele tipo: eu sou médico, e SEI o que estou falando, e vc, quem é mesmo?). Ela sem ele seria aquela pessoa que se acha invulnerável, não demonstrando dor, e não se dando ao direito de amar, sofrer (como acho que a própria Scully foi por um bom tempo, só tomando “porrada” sem demonstrar nada, nem os sentimentos pelo Mulder). Só conhecer o seu oposto, e ver/viver um mundo mágico e paralelo, totalmente diverso do que ela acreditava quebrou este gelo - e a fez repensar tudo visto até então, e ganhar uma dimensão humanizada da vida.

Já o Mulder sozinho seria uma pessoa “nas nuvens”, sem o seu pé no chão, lunático – acho que talvez até tivesse enlouquecido, sério - preso apenas em um mundo mágico, desacreditado por tudo e por todos, tendo tb perdido a dimensão humana como a Scully, ainda que por motivo inverso.

Acho que o sucesso todo tb da série, e do relacionamento dos dois, é pq mostra o quão diferente e mais fortes nos tornamos por aqueles que amamos de verdade, o quanto concedemos e podemos deixar pra trás, mas mesmo assim nos tornando mais completos – pois é uma completude não solitária, e sim a dois.

E falando de mim... as amizades que tenho feito recentemente devido a AX tb tem me surpreendido! Pois discutimos não uma simples série, mas uma história que, apesar de ser ficção, realmente nos faz pensar sobre nossas próprias vidas!

Bjos

SCULLYSTA disse...

lindoooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!

Josilene disse...

Poxa... eu emociono qdo vejo o qto AX é uma influência e tanto para a Star... Uma grande inspiração... adoro isso!

---

Imaginem só... para eles, são 18 anos... ai ai.. para nós ainda fazem 16 anos... rsrs Para mim, cerca de 12 anos...

Eu lembro das palavras da irmã da Scully: "vc não saber q pessoas vai conhecer qdo entrar no FBI... e como vai mudar essas vidas" (algo assim)

Eu acho incrível como uma simples palavra, um gesto pode mudar tanto a vida de alguém...

Obrigada a Cleide por me dar este post quase pronto. :)

Ah, eu ia esquecendo... eu penso mais ou menos como a Pri... Eu acho q com um tempo a Scully acabaria se endurecendo demais e o Mulder voando demais e isso td acabaria muito mal para os dois.

Acho q a relação deles é uma forma de equilibrio para os eles. Ela o segura mais perto da terra, enquanto ele faz com que ela flutue um pouco acima chão...

Thanks pelos comentários, pessoas fofas e não fofas... e... err... quase fofas tb!

Bjin!

Fritas disse...

"Nós não teríamos nos conhecido, nos tornado amigos... nem estaríamos aqui juntos... e isso diz muito, muito, muito..."

É lógico q diria isso tb...fato!

AX me trouxe taaaaaaaaanto, mas taaaaaaaaanto, q dizer mais alguma coisa tornaria esse post mega piegas...Mas...não resisto, me deixem...

Obrigado ao CC por tudo...por criar essa série e PRINCIPALMENTE, por me permitir, através dela, conhecer vcs, meus amigos queridos!

AX mudou minha vida..sim...uma série de tv mudou minha vida!E é claro q tudo o q ela me ensinou sobre amizade foi devidamente anotado mentalmente...hihihi

E como tá aqui, gravado na minha pele, I WANT TO BELIEVE q isso durará por toda a minha vida!

Parabéns pelo lindo post, meninas!Fico muito feliz de Josita segurar isso aqui de forma tão disciplinada e com tanto amor...

Amo AX e amo vcs!

Fritas disse...

Ops...teve colaboração de Cleide e Nya tb, pÔ...Desculpe meninas...só via agora!!!Parabéns pra vcs tb!!!\o/

Ariana disse...

Por que eu não vi isso? *.*

Poxa, que bunitim....

Emocionei até... más! :p

Estava assistindo o Piloto esses dias e me deu uma vontade doida ver tudo outra vez. Até porque nunca mais consegui fazer uma maratona decente do início ao fim... Ando com uma saudade de doer desses dias de loucura em que meus dias se resumiam a maratonas diárias de nove, dez episódios sem parar... Fico nostálgica de dias melhores, em que a maior preocupação era escolher o que ver primeiro e depois ir na AX-Brasil pra comentar e rir e ansiar pelo filme... Sei lá, acho que nasci nostálgica... Vou ver MM... T.T

Bem, não agora, to na facul... rs

Anônimo disse...

Inspirador...

Josilene disse...

Amei o comentário da Raffa.Fritas... fofa! *Abraços apertados*

10 eps por dia, Nana? *morta*

Nunca mais vi eps avulsos de AX... *fazendo beiço* poxa...

Err... tks, anon! :)

Beijos, pessoas!

(responder comentários de 1 ano atrás é uma arte... arte de gente doida, claro. ;-))

Elizabeth disse...

Acho lindos esses posts especiais sobre a série. Vcs são muito inspiradas!!!

Josilene disse...

Ai, Elizabeth... queria voltar a ter inspiração. rs

Obrigada pelos coments!

Rachel Bartolomei disse...

XF é eterno. Atemporal. Inigualável.

Amo os comentários de vocês! Queria voltar no tempo só para participar dessas conversas...

Bjos, meninas.

XFILES disse...

Tb queria voltar no tempo... Saudades...

Josi.