sábado, 27 de março de 2010

XF SHIPPER AWARDS - Enquete 6: Cena shipper mais dramática

Definir que tipo de série foi Arquivo X é uma total perda de tempo... Ficção científica? Comédia? Drama? Romance? Não... Nossa série se encaixa perfeitamente em todas essas categorias (e ainda em algumas outras), chegando a comportar todas elas até mesmo em um único episódio. Perfeito é pouco. É isso o que faz com que toda e qualquer cena passada no seriado ganhe essa aura de realidade. Mesmo as coisas mais absurdas parecem perfeitamente plausíveis.

No entanto, estamos aqui com esta enquete, pedindo que decidamos qual cena foi a mais dramática, qual foi aquele momento que mais nos emocionou. Pedido malvado, não é? Claro que a maioria das cenas que listamos podem facilmente ter nos marcado a ferro e fogo. Muitas nos fizeram chorar junto com eles. E ainda há muitas outras que ficaram de fora não por serem menos importantes, mas porque somos umas tiranas que esquecemos algumas cenas e descartamos outras para não fazer uma enquete de mil opções. ;-)

Vamos aos comentários das cenas escolhidas na ordem em que ficaram na votação. Comecemos por uma de I Want to Believe...


I Want to Believe - Cena do vestiário

Esta é certamente uma das cenas mais fortes do filme. Uma em que você passa o tempo inteiro sem saber se se desespera ou a aproveita.

Talvez esteja tudo ainda muito fresquinho em nossas mentes para termos uma ideia clara da complexidade do que houve ali.

Mulder precisa de Scully no caso - ok.
Scully quer protegê-lo dele mesmo - ok.

Eles, então, se separam - hã?

Sim, Scully tinha motivos para não querer que ele se envolvesse a este ponto; não querer que ele se jogasse de cabeça dentro de uma luta que não era mais deles. Se antes, ainda dentro do FBI, era difícil e perigoso, sem este suporte seria pior ainda. E ela tinha feito outras escolhas...

Mas Mulder também tinha muitos motivos para continuar... Sua mágoa em entrar no caso durou apenas o tempo em que ele viu que poderia ser útil novamente, que ele poderia ajudar a salvar algumas vidas. E mais: ele se sentia vivo de novo depois de muito tempo e com desafios para a sua mente sedenta por eles.

Então, eles se separam...

Mulder: Você está me dizendo pra desistir?
Scully: Não. Eu não posso te dizer isto, Mulder. Mas eu posso te dizer que eu não voltarei pra casa.
Mulder: Scully...
Scully: Mulder, eu tenho outras lutas agora...
Mulder: Não faça isso.
Scully: Por favor, não discuta comigo...
Mulder: Não faça isso agora.
Scully: Eu não sei mais o que fazer.

Longos e angustiantes segundos depois...

Mulder: Boa sorte, então...
Scully: Pra você também.


Oitava colocação, com 0% dos votos:

07x07 - Orison (Reverendo Orison) - Cena final com Mulder a chamando para sair dali.

Scully sempre foi a mais sensível da dupla com relação a certos fenômenos inexplicáveis, talvez por isso ela sempre tenha tido tanto medo de acreditar...

Ter sido a presa pela segunda vez de um mal tão potente como o representado pelo Pfaster fez a agente esquecer seus mais princípios mais básicos e acabar com aquela ameaça de uma vez por todas e com suas próprias mãos.

Talvez ela estivesse certa. Como ela poderia saber se tinha sido guiada por alguma mão celestial ou por outra coisa qualquer? E como viver com essa incerteza?

Dentro deste contexto, nós podemos sentir o tamanho do apoio e do amor de Mulder ao não julgá-la, muito menos obrigá-la a encarar qualquer coisa naquele instante. Ele apenas estende a mão e a convida para ir para longe de toda aquela dor, assim como ele fez no final de IWTB...


Sétima colocação, com 1% dos votos:

05x13 - The Red and the Black (A paciente X II) - Mulder procura por Scully entre os corpos queimados e depois a encontra no hospital.

Nesta época, as coisas andavam meio confusas nas cabeças de Mulder e Scully. Ambos, ainda extremamente abalados com os acontecimentos que originaram o câncer dela e os que fizeram com que ela se curasse, não sabiam mais em que acreditar. As pessoas encontradas mortas eram resultado de alguma ação alienígena ou era mais uma forma de o governo manipular e desviar a atenção do público? Inacreditavelmente, os papéis pareciam ter se invertido, com a Scully mais propensa a acreditar no fantástico e Mulder se comportando o mais cético possível.

Entretanto, nada disso parecia importante quando Mulder chega a mais uma cena de crime. Mais corpos queimados, a maioria irreconhecível e o pior: Scully poderia estar entre eles.

Só podemos imaginar o tamanho do alívio que ele sente ao ver sua parceira apenas um pouco machucada e sendo cuidada pela equipe médica. E a cena que se segue quando ele a encontra e a acorda no hospital ao mexer nos cabelos dela é das mais tocantes...

Scully (assustada e desorientada): Que horas são?
Mulder (sorrindo abertamente): Hora de agradecer a sua estrela da boa sorte...



07x02 - Sixth Extinction - Amor Fati (Sexta Extinção II) - Scully encontra Mulder depois da cirurgia dele.

Os episódios que marcaram o fim da sexta e o começo da sétima temporada foram marcantes para determinar o novo rumo que os dois personagens principais tomariam dali por diante.

Ver aquela nave em todo o seu esplendor e sentir todo o poder de um possível artefato alienígena deu a Scully motivos mais do que concretos para amainar ainda mais a sua resistência com relação a fenômenos que não eram suportados pela ciência contemporânea.

Era hora de parar de negar o óbvio e admitir as novas variáveis, afinal, não apenas Mulder não estava ali do lado para filtrar aquelas evidências como sua postura poderia ser determinante quanto a ele viver ou morrer. Era isso que a movia num caminho onde todas as suas certezas eram abaladas... uma a uma.

Para Mulder, foi o momento de fortalecer a fé em sua parceira e perceber que não importava mais em que ambos acreditavam, pois havia algo que eles tinham em comum que superava quaisquer outras coisas: a fé e a busca pela verdade.

Então, Scully estava mais aberta para novas descobertas e Mulder mais paciente para o tempo dela... Faltava algo: que eles se reunissem novamente.

Isso é alcançado quando ela encontra Mulder em cima de uma mesa, desacordado e sem ter como tirá-lo dali a não ser com a ajuda dele mesmo. E o que o acorda não poderia ter sido algo mais frágil e profundo: o calor de uma lágrima... Uma representação fulgaz e, por isso mesmo, tão preciosa do sentimento que os unia.


Sexta colocação, com 4% dos votos:

08x13 - Per Manum (Enganação) - Scully conta que os óvulos não foram fertilizados.

Tentar falar sobre esta cena é difícil por um só motivo: não há como contextualizá-la. Alguém pode dizer com certeza onde ela se encaixa no timeline da série? Só sabemos que é um flashback que está entre a cura do câncer dela e a sua gravidez. Onde exatamente? Não podemos dizer nem se CC sabe...

Mas nós sabemos de algo primordial: Scully queria ter um filho... um filho de Mulder. Isso fica bem claro quando vemos o tamanho do desapontamento dela quando ele a faz pensar que ele lhe negaria sua parte no projeto (Mulder mau!) e a subsequente alegria/alívio da moça quando ele fala, então claramente, que aceitava!

Imaginem o depois... imaginem ela indo para aquela clínica vezes e vezes seguidas, ambos esperando os resultados das fertilizações... Rezando por aquela última chance... e tudo indo por água abaixo. Será que ela quis demais? As palavras de Mulder respondem por si só: "Nunca desista de um milagre!".

E quem acha que ele não estava suficientemente envolvido e que seria apenas um "doador", dê uma olhada no fato dele ter ficado na casa dela esperando tão ansiosamente quanto ela pelo resultado... sinta o desapontamento e a tristeza dele quando vê a resposta no rosto dela e se renda ao óbvio: eles se amam e não fariam nada tão grande sozinhos. Se, na época, eles eram amigos ou amigos e amantes não importa. O fato é que ambos seriam os pais daquele bebê.


Quinta colocação, com 7% dos votos:

08x15 - Dead Alive (Morto Vivo) - Mulder acorda do coma.

Dois momentos extremos e dramáticos em dois episódios seguidos. Nem bem nos acostumamos à ideia de termos perdido Mulder depois de termos nossas parcas esperanças destroçadas por um funeral, quando vem o Skinner e nos premia com um aceno de felicidade: um dos abduzidos naquela noite, nosso bom e velho Billy, teve o seu corpo encontrado e dado como morto exatamente como Mulder, no entanto, ele vive.

Há cena mais emocionante do que a nossa querida Scully, grávida, frágil, chegando ao hospital tendo como apoio tão somente o seu bebê ainda em sua barriga? É certamente uma imagem inesquecível e muito tocante...

E, quando depois de todos os desvios ocorridos no episódio, sentimos juntos com a Scully a mão de Mulder se mover, o alívio, a surpresa e alegria de o termos de volta só pode ser entendida ao ver o olhar marejado daquela que esperou e lutou com tanto afinco pela vida de seu oposto perfeito...

Então, ao abrir aqueles belos olhos verdes, o que o nosso querido Mulder faz?

Prega-nos uma peça, claro...

Scully: Mulder...
Mulder: Quem... é... você? -- Todos ficamos boquiabertos e pensando "eu não acredito... mais essa?" até que o sem-vergonha abre aquele sorrisão! Own...
Scully: Não faça isso comigo -- Rindo e chorando ao mesmo tempo.
...
Mulder: Alguém sentiu a minha falta?

Sim, Mulder... Sentimos imensamente a sua falta.


Quarta colocação, com 9% dos votos:

09x20 - The truth (A verdade) - Scully conta a Mulder sobre William.

Se, para a Scully, aquele bebê era a realização de um sonho que parecia, até então, impossível, para Mulder, ele se revelou uma doce surpresa.

Aparentemente, os sonhos de Mulder para ter uma família com filhos correndo por aí, casa arrumadinha, esposa amorosa etc não passariam disto: um sonho. Afinal, a vida dele parecia destinada a algo muito diferente: salvar o mundo de uma força alien que, ao se aliar a membros chaves de governos mundiais, pretendia nos fazer de escravos. Enfim... não era pouca coisa. Não havia tempo para fraudas e mamadeiras.

A despeito de qualquer uma dessas considerações, ele cedeu ao pedido da Scully de ter um bebê.

Como William foi concebido? Quem pode saber? Será que CC sabe? FS? FS nos prometeu dar um timeline... mas só. rsrs

O fato é que, se o bebê é da Scully, é de Mulder também. Não cabem dúvidas aqui. Quem pergunta quem é o pai desse bebê estranho, perde seu tempo.

E depois de tanto sofrimento, tanta luta, tanta coisa deixada de lado para ter este sonho realizado... Scully o perde. Mas Scully não o perdeu simplesmente: ela teve que abrir mão de seu filho. Quão grande não deve ser o amor de uma mãe para abdicar de seu direito natural de educar e ver crescer o seu próprio filho para poder dar uma chance maior a ele de alcançar estes objetivos, ou seja, de crescer e se educar, mesmo sem ter seus pais por perto.

Scully já havia abdicado de Mulder por William... e agora abdicava do próprio para que o menino vivesse em paz, mesmo sem muitas esperanças de ter o pai dele de volta.

Mas eis que ele, sim, volta. E ela tem que contar para ele que não foi capaz de proteger o filho deles sozinha. Porque talvez fosse assim que ela se sentia. Incapaz, fracassada...

O que se segue é mais uma belíssima cena de Arquivo X. O choque da notícia não pudemos ver, pois Skinner (também temeroso da reação de Mulder e querendo proteger a Scully) nos fez o favor de contar tudo escondidinho pro rapaz. Mulder se mostra muito compreensivo, assegurando que ela fez o mais correto naquela situação.

E, voltando às considerações sobre o nascimento do bebê e a dúvida de que alguns ainda tinham sobre a paternidade deste, seguem as palavras da Scully para acabar com todas elas:

Scully: "Nosso filho, Mulder"

Quem disse que lutar pelo lado certo seria fácil?


Terceira colocação, com 11% dos votos:

05x02 - Redux II (Em Busca da Verdade II) - Mulder encontra Scully na UTI.

Para quem tem um pingo de sangue shippper correndo nas veias, esta é uma das melhores cenas que qualquer série já teve o prazer de veicular!

O tadinho do Mulder já estava totalmente desorientado. Afinal, ele há teve que lidar com a notícia de que sua parceira estava doente com um câncer terminal e inoperável. E, a poucos dias, teve algo em que baseou toda a sua vida desacreditado.

E é justamente neste momento de fragilidade que ele encontra a sua Scully, sua pedra fundamental, morrendo (segundo palavras do Skinner, claro)...

Neste momento, em que ele sente suas forças se esvaírem, nós mesmos nos sentimos um pouco mais fracos também. Afinal, quando um homenzarrão de 1,82 bambeia sentindo seus joelhos fraquejarem, é porque a coisa foi forte.

Estavam simplesmente retirando todo o motivo que ele tinha para seguir em frente. E ainda diziam que era sua culpa. E para piorar ainda mais, por que desgraça pouca é bobagem, a cura, pela qual ele tanto lutou, parecia inócua.

Para tentar perceber o que ele sentia naquele instante, basta lembrar a resposta que ele deu quando o questionaram sobre a coisa que ele mais queria: "uma cura para o câncer da Scully". E isso sem titubear por um instante que fosse!

O mais interessante é a forma como se refaz para parecer forte e dar apoio para ela.


08x14 - This is not happening (Isto Não Está Acontecendo) - Scully vê o espírito de Mulder e percebe que ele está morto.

Talvez só quem perdeu alguém muito próximo pode entender o que a Scully deve ter sentido naquele instante.

Coloque-se no lugar dela... imagine que você tem alguém que é para você como se fosse a única pessoa no mundo inteiro. Imagine que essa pessoa desaparece justamente no momento em que você consegue realizar algo como um milagre. E, depois de meses de buscas, onde você arrisca este seu milagre pela esperança de ver esta pessoa novamente, ele volte... morto.

E não é como se ela tivesse sido suavemente preparada para receber esta notícia. Procurando uma salvação, ela corre em busca de um curandeiro, ele some e no meio de seu desespero, ela tem um vislumbre de Mulder... Ele vem a ela como que para se despedir...


Segunda colocação, com 12% dos votos:

02x08 - One Breath (Por um fio) - Scully está desenganada e pela primeira vez Mulder vai vê-la e pede para ela voltar.

Fazia ainda muito pouco tempo que eles se conheciam. Talvez eles ainda não tivessem muita noção do quanto significavam um para o outro.

Justo neste momento, quando a relação deles ainda era um pouco verde, Mulder já pôde ter uma ideia clara de como seria perder sua Scully. Fora o enorme sentimento de culpa que rondava a sua consciência... Ele achava que deveria tê-la avisado que era perigoso manter-se ao seu lado. Será que ela já não tinha adivinhado e mesmo assim quis correr o risco? E será que ele tinha realmente o poder de prever uma situação como esta? E será que, mesmo com ambos sabendo dos riscos, eles não iriam em frente? Afinal, o contrário custaria bem mais à consciência desses dois.

Mas Mulder ainda não sabia... ele tinha apenas um mero vislumbre do que aquele moça teimosa, corajosa e inteligente significava para ele.

Então... ela lhe é tirada de forma abrupta... meses sem notícias... a família dela desiste... um corpo quase sem vida lhe é devolvido e naquele corpo que mal tem forças para respirar é espelhada sua própria alma cansada, confusa...

Ele pensa que só lhe resta poucas saídas: justiça, vingança... pois nada mais importa. Quando esta chance lhe é dada, ele tem que escolher entre ficar e se vingar, fazer justiça com as próprias mãos ou passar mais alguns momentos ao lado de sua parceira, somar suas poucas e frágeis esperanças às dela.

Novamente, havia apenas eles dois; todo o resto havia desistido. Ele passa a noite a velando e no outro dia, sozinho em casa, esperando pelo pior... recebe a melhor de todas as notícias: ele vai, enfim, poder devolver aquela correntinha nas mãos de sua dona...


Primeira colocação, com 39% dos votos:

04x15 - Memento Mori (Lembranças Finais) - Scully conta a Mulder que tem um câncer terminal.

Quem não ama este episódio?

Quem não acha a coisa mais linda aquele final primoroso?

Quem não se mata de raiva sempre que lembra que o CC cortou o selinho do final?

E quem... quem não morre de pena de ver aquelas duas criaturas ali... tão desamparadas diante de algo que estava, aparentemente, tão além das forças de qualquer um dos dois?

Não é à toa que esta cena teve uma votação tão massiva a seu favor. Nada mais dramático do que estar na iminência de perder algo que é tão vital para si. Talvez esta cena só se iguale àquela em que a Scully encontra Mulder morto.

Para nós, foi a confirmação de um medo que estava latente desde a temporada passada, quando a Scully retirou o chip e conheceu aquelas mulheres que também tinham sido abduzidas.

Para eles, foi mais uma confirmação de como este mundo consegue ser injusto e cruel. Retirar toda a esperança de uma vida tão cheia de potencialidades... retirar toda a esperança de uma vida que dependia tanto daquela outra.

Mas vamos aos pontos que fazem desta cena algo tão especial.

1. Mulder parando à porta com uma expressão perdida, dando um tempo para parecer leve.

2. Mulder entrando com um bouquet de flores nas mãos e fazendo uma de suas piadinhas infames.

3. Scully rindo ao ouvir a piada, certamente pensando que o mundo dela poderia estar ruindo, mas algumas coisas não mudavam.

4. Scully dando a notícia de sua própria doença da forma mais profissional que ela conseguia no momento.

Tumor no cérebro...

Maligno...

Inoperável...

Apenas uma questão de tempo...

Mulder, ao se mostrar totalmente sem chão, se negando a aceitar, expressava exatamente o que sentíamos naquele momento.

Mais imagens dessa bela cena:

Contemplando a radiografia que comprovava a sua doença

Tomando coragem

Mulder: "Eu roubei estas flores de um cara numa cadeira de rodas..."

Tímida recebendo o agrado

Tentando se mostrar forte para o parceiro ao lhe dar a notícia

Negando-se a acreditar que não havia esperanças

Ela tentando encontrar uma razão praquilo tudo e ele ainda sem acreditar...


Gostaram do resultado? Esquecemos de cenas preciosíssimas? Complementem com os comentários de vocês! ;-)


Resultados das enquetes anteriores:

Cena shipper mais cômica: 06x19 - The Unnatural (O Anti-Natural)

Melhor cena de ciúmes: 05x20 - The End (O Fim)

Ih, deixou passar: 06x19 - The Unnatural (O Anti-Natural)

Maiores inimigos dos shippers: Diana Fowley

Cena shipper mais hot: 06x19 - The Unnatural (O Anti-Natural)

Até a próxima!

17 comentários:

Fritas disse...

Eu tenho um comentário!Josi é má!E não me avisa dessas enquetes!!!Hunf...eu sou esquecida, po!Não lembro de quase nada...E ela é minha mãe, caramba...traída pelo próprio sangue!!


Ok...deu vontade de fazer maratona...Coloco AX de furão em minha fila de séries???Pensando...

Lívia Ribeiro disse...

Como diria a Janice do Friends...Oh - my God !

Gente...eu praticamente fiquei sem respirar ao ler os comentários de vcs. E orgulhosa, por ter "amigas virtuais" que sabem se expressar tão bem e por ter feito parte de uma série que não me sai da cabeça até hoje,mesmo tendo passado tanto tempo.
A verdade é que esse enquete foi uma das mais difíceis.Mas eu votei naquela cena de "Em busca da verdade". Eu me lembro da minha reação qdo a v pela primeira vez: eu tinha alugado um VHS (sem comentários...)e nem sabia se shipper era algo de comer ou passar no cabelo...mas eu simplesmente quase estraguei a fita de tanto rebobinar para rever a reação do Mulder ao segurar os joelhos por ver a Scully daquela forma....gente, eu quase chorei!!Cena lindíssima e triste!
"Deadalive" quase me matou tbm...Mulder perguntando "Quem é você?", eu quase tive um troço!!
Enfim, agora não me recordo de mais nenhuma, mas tenho certeza que há outras, mas hei...meninas, vcs fizeram um belíssimo trabalho.
Kisses!

Yanne Celly disse...

Quando comecei a ler tive que parar em IWTB ...eu sei que muita gente não gostou do filme,mas eu amei e não foi preciso ver e rever pra gostar, aquela cena em especial arrancou meu coração shipper....

voltando aos comentários das cenas o que ainda posso dizer quando tudo foi colocado com tanto sentimento..ficou lindo meninas!

É dificil escolher uma cena,mas não sei ..se é porque sou mãe, passo toda a 8ª e 9ª temporada chorando...quando ela olha pra ele e diz" nós já perdemos tanto", e depois ela avisando que não tem intenção de perder mais nada quando percebe que ele não quer lutar com ela.....

obrigada por fazer brotar minhas lágrimas e meus sorrisos neste post.

bjim!

Josilene disse...

Raffa.Fritas... Aff... darei na sua cara! E ainda bem q vc não viu essa enquete, senão ia querer votar em quase todas! Essa menina só me dá trabalho. rsrs

E claro q vc tem que colocar AX de furão aí! Ouxe! Senão, vc só verá AX em sua próxima encarnação! :P

"A verdade é que esse enquete foi uma das mais difíceis.Mas eu votei naquela cena de "Em busca da verdade"." - by Lívia.

Tb votei nesta! kkk Amo todo esse ep... o tenho decorado já! rsrs Esta cena é... perfeita!

"eu sei que muita gente não gostou do filme,mas eu amei e não foi preciso ver e rever pra gostar, aquela cena em especial arrancou meu coração shipper...." [2] Sim, Yanne! Eu tb gostei do filme de cara! Amei! E só a minha confiança em CC e FS me fez não morrer ao ver esta cena maravilhosa!

Obrigada pelos comentários e elogios meninas!

Bisous!

Lizzie Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lizzie Rodrigues disse...

Muito boa sua lista, francamente fantástica \o/

Mas faltou uma que eu simplesmente adoooooroooooooo.

A cena final do episódio Elegia, da quarta tempotrada, onde Scully conta que viu a quarta vítima e Mulder pergunta o motivo dela não ter contado, ela diz que não queria acreditar e tal. O final quando ele diz "Eu sei do que você tem medo, eu temo a mesma coisa" é muito linda^^ Ela teme pela sua própria vida e ele pela mesma coisa \o/

Pois nesse ponto fica subentendido que ela já sabe ou está percebendo que o Cancer está se metastizando.

Parabéns!

Cleide disse...

Gente, é até difícil escolher mesmo qual cena mais dramática! Arquivo X arrasava com nossos corações... na época de Memento Mori, eu cheguei a acreditar que eles iam mesmo matar a Scully, não via saída...
A Lizzie lembrou uma cena muito marcante pra mim... pena que nem lembramos dela aqui. O final de "Elegia" realmente me fez um nó na garganta... ainda mais porque eles têm uma briga... e ela sai chorando, e vê outro fantasma...
Mas ela entra em outras enquetes, não é Josi?

Lizzie Rodrigues disse...

realmente gostaria de ter vivido essa época... uma coisa triste em ser uma nova eXcer é que não vivemos essa emoção de não saber o que vará depois.

Eu adoro Elegia, o episódio é ótimo e tem várias cenas assim: Quando ela tá lendo o arquivo do Harold e ela sangra e diz que está bem, a cara do Mulder diz tudo o que ele sente a respeito, assim como a conversa dela com a terapeuta^^

Yanne Celly disse...

bem vinda Lizzie...bom ter vc aqui..

Elegia é simplesmente d+...mas é inesquecível a cena de memento mori comecei a chorar no inicio e quase não consegui chegar ao fim..

bjim

Josilene disse...

Oi, Lizzie!

Pois é... poxa... esquecemos Elegia! o.O

FAz tanto tempo q fizemos essa lista q eu não lembro exatamente como foram feitas as escolhas, mas eu só lembro q tinha um limite tirano de no máximo 10 itens para cada enquete.

E eu aaaaaaaaaamo esse episódio juntamente com Demons. Aliás... pra mim, ambos são como se fossem um ep duplo. Pois eu acho q aquelas maluquices de Mulder foram uma consequencia direta do medo dele do que ele pensava ser mesmo inevitável de acontecer com a Scully.

Lizzie Rodrigues disse...

Elegia foi esquecida na enquete mas foi lembrada nos comentários. rsrsrsrs O bom de ser eXcer é que sempre tem algo mais a se falar. ^^

Oh Yanne, eu posso não comentar sempre, mas estou sempre de olho no blogger quando estou on, é muito bom^^ Parabéns\o/\o/

Acredito que para saber qual é a melhor cena shipper dramática, teria que fazer enquetes por episódios, depois por temporadas para saber a melhor, pois no geral, cada episódio tem sempre algo. ^^

Ótima enquete^^

Ariana disse...

"Quem não ama este episódio?" - Não sei, mas sei quem ama mais: EU!!!!!!!!!! Ninguém duvide! (Se não quiser levar um PLÁH!)

"Quem não acha a coisa mais linda aquele final primoroso?" - Se eu já perdi a conta de quantas vezes assisti MM, o final então... Nunca direi quantas vezes costumo voltar e voltar e voltar para assistir este momento... Perfeito! É meu final master junto com o de PPM... *-*

"Quem não se mata de raiva sempre que lembra que o CC cortou o selinho do final?" - Nunca me matei, mas sempre que o revejo quero muito matar o Cabeça de Parafina duma figa! Sorte dele morar tão longe de mim! Hunf!

Lizzie Rodrigues disse...

Mas uma coisa surgiu com o corte da cena do beijo... o suspense que teve para o primeiro filme. kkkkkk

Quando eu fiquei fã de Arquivo X, e aluguei o filme, eu lembrei que já o tinha alugado e que quando passou na tv eu tinha assistido e mesmo não sendo fã, na cena do corredor eu fiquei " Vai...vaaaaaiiii....vaaaaaaiiiiii.... AAAH!!!!!!!"
KKKKKKKKKK

Talvez o primeiro beijo devesse acontecer no primeiro filme, pois se eles tivessem trabalhado sutilmente esse envolvimento deles um pouco mais abertamente, talvez o final da série fosse outro.

Mas pensando bem... essa coisa da gente nunca ver nada seja uma qualidade de Arquivo X. ^^

Josilene disse...

"O bom de ser eXcer é que sempre tem algo mais a se falar." [2]

Lizzie, acho que todo mundo tem sua própria cena favorita de AX... Não dá pra realmente saber qual é a melhor. hauhauahua As enquetes são mais uma desculpa para falarmos mais ainda sobre as cenas. rsrs

""Quem não ama este episódio?" - Não sei, mas sei quem ama mais: EU!!!!!!!!!!" - by Nana. Rapaz... eu tenho que concordar! Nunca vi isso! hauhauauaua

Qto ao selinho... minha gente, era um beijinho de amigo. Ninguém ia morrer e eles podiam tê-lo ignorado depois como fizeram com o quase beijo de FTF.

E, sim... CC disse q não deixou este beijinho aí para colocá-lo no filme... mas ele nao colocou bjo nenhum no filme... aff... Mau demais!

Tb acho fofo isso do relacionamento dos dois ter se desenvolvido aos pouquinhos, mas poxa... não tivemos nenhum beijo claro. Eu acho q não precisava tanto... mas....

Mas... é só um detalhe no meio de trocentas coisas maravilhosas.... so... rsrs

Bjos, meninas!

Lizzie Rodrigues disse...

Isso eu concordo contigo, devia ter um beijo mais beijo. ^^

Caso realmente tenha um terceiro filme, por favor né Cabeça de Cera faz com que em pelo menos uma cena role um beijão entre Mulder e Scully!^^

Elizabeth disse...

Josi malvada!!! Com uma lista dessas, vc dá um nó na cabeça de qq fã de AX! Todas as cenas citadas aqui e nos coments são perfeitas e expressam o melhor do drama vivido por M&S até IWTB. Concordo contigo, AX não é só ficção científica, mas tb uma série dramática de primeira sobre a trajetória desses dois personagens adoráveis. Votei na de TT, acho-a trágica porque ali Scully não só abriu mão do seu bebê, como tb tirou de Mulder a chance de cuidar do filho que ele mal conheceu, mesmo nós sabendo que os motivos dela foram incontestáveis. Menção honrosa àquela de Per Manum, a tristeza de ambos por aquilo que não se concretizou e Mulder achando forças pra consolar a parceira são de arrebentar. Meu segundo lugar fica pra Dead Alive, se eu assistir ao ep umas mil vezes, ainda me emocionarei com as lágrimas de alegria da ruiva em ter seu parceiro "reeditado". Parabéns pela enquete e por favor, Josi, não nos prive de seu talento para escrever sobre AX, pois seus textos dessas enquetes são lindíssimos! Bj

Josilene disse...

Obrigada, Elizabeth! *abs forte*

Nossa... e pensar que eu escrevi isso a 3 anos atrás... 3 anos! uau! Qto tempo.

Acho que eu deveria fazer uma super maratona de ax antes de tentar escrever pra próxima enquete. rs