domingo, 5 de setembro de 2010

03x09 - Nisei (Os Japoneses)

Direção: David Nutter
Roteiro: Chris Carter, Howard Gordon, Frank Spotnitz

Resumo: A gravação em vídeo da suposta autópsia de um alienígena cai nas mãos de Mulder, colocando os agentes na pista de uma conspiração que envolve cientistas japoneses, e que pode trazer novos dados sobre a abdução de Scully.



Comentários:

[Josi] Episódios mitológicos de Arquivo X são um arraso, não é mesmo? São as cerejas do bolo das temporadas (argh... isso ficou muito péssimo! Quem gosta tanto assim de cerejas?). OK... cerejas não... São o recheio... aquela parte cheia de chocolate e creme das temporadas. Humm... (Já chega de metáforas tontas, né? Desculpem. É a saudade de House. Já já passa. Vamos ao que interessa.)

Me dá nojinho ver o cara dando xau para as crianças. Quem vê até pensa que ele é um cara legal que gosta delas. Sei... enquanto isso, o governo a quem ele ajuda faz experiências com possivelmente aquelas mesmas crianças. Hunf!

Eu nunca vi um lugar tão limpinho pra se fazer uma autópsia (em AX, claro... eu nunca vi foi uma de verdade). No começo do episódio, eu cheguei a pensar se não seria uma cirurgia em uma criatura viva. O que foi um pensamento muito perturbador quando chegaram os soldados e colocaram o corpo dentro do saco preto. o.O

E depois da introdução finalmente aparece Mulder (bem largadão na mesa dele - adoro!) e Scully chega logo em seguida. Às vezes eu tenho a impressão de que Scully trabalha em outro lugar do FBI e aparece de vez em quando no escritório de Mulder quando ele chama. :P Mas também, né? Nem uma mesa ela tem...

Essa conversa deles de início tem todo um tom de camaradagem e leveza... contrastando (tão necessariamente) com toda a tensão que se desenrolaria ao longo do episódio.


Deve ter sido uma hora épica para a Scully: além de mencionar "a forma habitual de entretenimento" de Mulder, ainda arrematou rindo da aparente avareza do moço. tsc tsc tsc

Então, ok... o governo está fazendo algo ultramente secreto, que no caso é uma autópsia de uma entidade alienígena, e acha de transmitir a coisa num canal que pode ser interceptado por uma antena parabólica???? E o carinha vende isso através de um anúncio num jornal??? Não sei o que é mais absurdo. Parece até que estão ansiando por serem apanhados.

Mulder ganha alguma briga no braço? o.O (Só do Krycek, né? Adoro!)





Ei... Por que a delegacia pra onde M&S levaram o suspeito era tão esfumaçada?
<<-- Olha as carinhas de quem levou um puxão de orelhas do Skinman!



Scully indo conhecer o grupo MUFON já me enche de angústia, pois eu começo a lembrar de toda a agonia que ela teria com esse câncer from hell! E ela parece tão desamparada e confusa no meio daquela gente que mostrava saber mais dela do que ela mesma... E por que diabos a morena que abre a porta revela que a Scully era uma delas com aquela cara de satisfação??? Por acaso isso seria divertido???

Aquela sala cheinha de gente... Cara... todas estão mortas agora exceto a Scully... Não dá uma sensação esquisita? Ixi...

Quem acha que Mulder só pediu a papelada (que pode ser facilmente falsificada) apenas pra se livrar do agente chato e ir xeretar sozinho por aí levanta a mão! o/

Ele acha o que procura, claro, ele sempre acha. Eita faro bom que tem esse homem. Mas não tem tempo de fazer nada direito, pois o encontram rapidamente também. Então, todo molhado e sujo, ele faz o quê? O quê? Continua xeretando, óbvio! Quando ele acha o que quer e fica com aqueles olhinhos verdes brilhando, eu só consigo pensar na falta que faz um celular com câmera e internet. kkkkk

Eu acho que uma das melhores e mais explicativas frases da Scully para o Mulder foi esta: "Acreditar é parte fácil, Mulder. Eu só preciso de mais do que você. Eu preciso de provas."

E ele ainda retruca muito bem: "Você acha que acreditar é fácil?"

Amo Arquivo X! Amo o fato de Mulder e Scully serem tão incríveis e possíveis desse jeito.

Amo também a mente fotográfica da Scully. A memória dela é excelente em momentos de estresse. Lembram como ela lembrou do carinha que matou o Garganta em Red Museum? Agora ela lembra do Japa que ela viu quando estava meio grogue durante a sua abdução...

E lá vai a Scully tendo de confiar no X (Aff) para pedir pro Mulder não pular no bendito trem... Agora... Vamos combinar que seria demais achar que Mulder ouviria isso, não é? Tudo o que ele mais procura está ali... a um salto de distância. Será que ele deixaria mesmo que a oportunidade passasse assim tão facilmente?
[/Josi]

[Adriana] Episódio mitológico clássico, com ingredientes de primeira qualidade: ótimo roteiro, suspense excessivo, apartamento do Mulder revirado, visitas noturnas inesperadas, presença de personagens importantes (Mr. X, Pistoleiros, Skinner, o senador), introdução do apaixonado agente Pendrell e muitas cenas de ação a lá 007 (o dublê do DD rebolou durante essas gravações). E um dos piores TO BE CONTINUED que eu já assisti. Mal podia esperar pela próxima semana para ver como acabaria a maluquice do Mulder. Fiquei passada!!

Lembro também que nessa época a filmagem da autópsia supostamente verdadeira bombou nas emissoras de tv... o Fantástico fez um verdadeiro carnaval em cima dessas imagens...

Primeira insinuação do provável câncer da Scully (ela fica bem perturbada com os comentários das mulheres abduzidas, de que várias estavam sofrendo do mesmo tipo de câncer).


Cenas de ação do agente Bond, ops, Mulder:

Atentem para o figurino do moço.





Esse rapaz realmente não tem juízo...




[/Adriana]

[Starbuck] Nisei é um episódio fabuloso. É impressionante como a mitologia vai se "amarrando" na terceira temporada para, enfim, resultar na temporada do Câncer e na descrença do Mulder ao final desta...

- Mulder comprando uma fita não-PERV e saindo para investigar coisas a partir do que viu nelas... (amo esse narigudo);
- Scully descobrindo mais sobre a origem do chip em seu pescoço;
- Um dos pontos sobre o chip que acho interessante é: ele não foi feito com nenhuma tecnologia contemporânea, mas parece ser feito com tecnologia nossa... enfim, ou o governo pesquisa coisas além do que mostra ou há uma fusão de tecnologia terrestre com alienígena... ou ambos.. (o último é mais provável, claro);
- Scully lembrando do médico que a tratou quando ela foi abduzida e se assustando com o fato de que ele é um médico que fazia experimentos na época da segunda guerra mundial.
- Mulder sendo 007 (só que bem melhor e mais gatinho)...

Neste episódio o Senador Richard Matheson está de volta, gosto quando ele diz ao Mulder: "Um bom jogador de xadrez sabe quais peças sacrificar, e quando." E a conclusão do diálogo tb é muito boa:
MULDER: Eu estou lidando com o que aqui?
RICHARD MATHESON: monstros gerando monstros. (Yeahhhh)

Acho interessante ouvirmos falar tanto na Betsy Hagopian sem nunca a vermos de fato, nem em flashback (que seria a única alternativa, já que as cenas em que é citada são depois da sua morte). A Scully ficou bem perturbada ao encontrar com essas mulheres.. Mas, claro, como nós, a SCULLY tem o CHIP e é SHIPPER (óbvio). COOL!!!

Momento "medo de perder a ruiva":
Mulder: Mas você está bem, não está, Scully?
Scully: Estou? Não sei, Mulder.

Muito boa também a cena em que a Scully diz já ter visto o Dr. Takeo Ishimaru.. Daí, o Mulder diz que é impossível já que o cara morreu em 1965.. (*medo*)

E a seção 731 é comparada (em atrocidades) aos nazistas, até bebês eles expunham ao frio para testarem suas resistências... eita.

E agora alguns momentos Mulder:

Mulder de sobretudo (porque merecemos)






Mulder de óculos - em sua versão intelectual de Oxford e "Fofo"





Mulder... molhado.






E... Mulder... Mulder... lindo!






[/Starbuck]

Quotes:

Scully: Eu fui ver os membros da MUFON para saber mais sobre essa mulher, Betsy Hagopian.
Mulder: E o que você achou?
Scully: Eu descobri que ela está morrendo junto com um monte de outras mulheres que afirmam estar morrendo também. Todas elas dizem ter esso implantado nelas. É a mesma coisa que eu tinha retirado do meu próprio pescoço.

Mulder: Mas você está bem, você não é, Scully?
Scully: Estou? Eu não sei, Mulder. Elas... elas disseram que me conhecem, que me viram antes de mim. Foi assustador. Elas sabem coisas sobre mim, sobre o meu desaparecimento.
Mulder: Isso é perturbador. Mas eu não acho que você deveria se preocupar demais até descobrirmos o que essa coisa é.

Outras Imagens de Nisei:

A suposta entidade alienígena

Scully, perturbada com as revelação do grupo MUFON

Mulder, admirado com as descobertas no porto

Primeira aparição (oi?) do agente Pendrell

Mulder, fazendo travessuras

Scully, louca de preocupação

7 comentários:

Nina disse...

Esse episódio é clássico da mitologia! Tem de tudo um pouco: Mulder, pra variar, fazendo nada certo, Scully atrás dele, Scully descobrindo que um monte de mulher conhece ela e ela não lembra de nada, Scully descobrindo e tremendo nas bases junto com o Mulder que essas mulheres vão, provavelmente, morrerem de câncer, momentos shippers (*-*), Mulder dando um de 007 e até pulando em cima de um trem. ADORO quando o Mulder dá essas alopradas. HAHAHA!
É um dos melhores episódios mitológicos da série, logo atrás da trilogia do final da 2ª/início da 3ª temporada.

ps: A Gillian começa a criar seu brilho próprio de beleza nessa temporada e liga ela no 10 na quarta. GEEZ!

Yanne Celly disse...

Esse episódio é a ponta para toda a complexidade que se faz na mitologia, e que começando agora termina com um Mulder cético e amargurado na 5ª temporada que ainda hj me doí ao rever.."É um quebra cabeça que se encaixa e que nos assusta mortalmente ao final do epi.

Agora pausa..,para a campanha Mulder é um cavalheiro quando ele no fim pergunta se ela está bem com os olhos implorando para que ela diga sim..e que realmente seja"Amo isso!!!!!!!!!!!!!!

ps: E sim Nina a Gillian nessa temporada está deslumbrante!

Josilene disse...

"ADORO quando o Mulder dá essas alopradas. HAHAHA!" [2]

"termina com um Mulder cético e amargurado na 5ª temporada" - Tadinho, né? E tadinha da Scully por ter que aguentar Mulder naquela época! kkkkkkkkkkk

Pessoas... estou trabalhando na continuação deste post... essa semana sai. \o/

Anônimo disse...

Que me%)@, não tem nem 4 nem 5 tem-
porada na locadora, Mulder cético e amargurado, isso parece maneiro.

Anônimo disse...

Esse episódio me lembra o começo da
3 temporada, e o finalzinho da 2 quando a Scully foi abduzida.
Muito manero.
w.b.s.

Elizabeth disse...

Coitada da Scully, sai pra investigar um nome numa lista e descobre, arrepiada, aquelas mulheres, que como ela, foram usadas em experimentos sórdidos e agora esperam a morte, tal como a Betsy Hagopian. Gosto da total falta de juízo do Mulder e seu enorme talento pra "farejar coelho no mato" e se meter em encrencas pela tal verdade, virtudes (ou defeitos?) muito bem explorados nessa estória. Enfim, ele está sempre lindo apanhando, molhado, correndo, fugindo...

Josilene disse...

Mulder tem mesmo faro pra achar essas coisas! Impressionante! kkkkkkkkkkk