sábado, 10 de abril de 2010

02x24 - Our Town (Nossa Cidade)

Direção: Rob Bowman
Roteiro: Frank Spotnitz

Resumo: Um inspetor federal da saúde pública é assassinado na pequena cidade de Dudley, ao sul dos EUA. O motivo: ele estava prestes a terminar um relatório que indiciaria uma pequena fábrica local de processamento de carne de aves. Mulder e Scully são chamados a investigar o caso e acabam descobrindo muitas coisas estranhas...



Comentários:

[Josi] Certo. Esse é outro episódio de embrulhar o estômago da gente. Canibalismo é um tema sempre forte. Não sei... Deve ser porque é algo contra a ideia de preservação de sua própria espécie ou mesmo aquele nosso medo de que aquilo poderia acontecer conosco...

E o carinha que morreu primeiro era um sedutor de menores... era pra sentir pena?

Olha... eu até acho matas e florestas coisas muito charmosas. Mas eu não iria passear por lá a noite. Não mesmo. Muito menos sendo fã de AX e vendo o que acontece com os incautos por lá...

Scully: "Não te incomoda o fato de o subestimarem?"
Mulder: "Eles podem pensar que estão, mas..."

Amo o fato de Mulder não dar a mínima para o que pensem dele!

Rapaz... Mulder se lembra de uma coisa relacionada ao caso que ele viu na faculdade! Deus abençoe uma memória assim!

Não é interessante que ele olhe para ela para ver como ela reage ao que ele está mostrando?











Ok, Mulder está com a mesma gravata e óculos do ultimo episódio... olha só..
Óculos é modismo, mas essa gravata... Deus meu!



Eu não gosto de fábricas de carne. E eu não sei se todas se parecem com esta, mas esta daí parece estar sempre suja. Eca.




Sr Chaco: "Vocês querem fazer uma autópsia em minha neta. Por que? Acham que ela tinha alguma doença que a fez agir daquela forma?" - Não sr... É absolutamente normal que uma pessoa sem históricos de violência ou doença mental ou qualquer motivo aparente queira matar o seu supervisor.

Ok... A garota tinha 47 anos. A observando a gente pode notar que não é apenas na aparência que a pessoa estaca, pois ela parecia muito bobinha para alguém da idade dela.

Olha só... eu realmente não acredito que o pote de galinhas que a Scully tinha nas mãos eram daquela fábrica. Por um motivo simples: eles estavam desconfiados de que as galinhas eram que estavam contaminadas com a doença. Scully pode não se muito cuidadosa. Mas não chega a tanto.

E ela desiste de comer depois de ouvir a história de canibalismo... isso é raríssimo! Nossa ruiva não deixa de comer ou de dormir por pouca coisa não... rsrs

Adoro quando a empregada da casa do sr Chaco se recusa a abrir o armário e Mulder, muito fofamente e sem aviso, o arromba! hauahuahau

Outra coisa que eu amo é a total falta de sutileza de Arquivo X. Não satisfeitos em mostrar o cozido e o pessoal confraternizando como se aquilo fosse totalmente natural, ainda chega o gerente da fábrica limpando a boca na maior.

Scully devia estar pensando: "como eu amo o meu trabalho..."





Esse modo com que eles arrancam a cabeça do pessoal me lembrou do livro O Conde de Monte Cristo (ah... me permitam um parêntese: o filme é fofo, mas comparado à profundeza do livro é uma piada). Numa passagem do livro, meu irmão e eu aprendemos que se forem te decapitar, é realmente melhor ficar parado...

Ei, mas o pessoal ia estocar carne humana? Ou será que eles iam realmente comer três pessoas em uma única noite?

Bom, a ideia deles de fazer uma analogia com a situação das galinhas é bem interessante. Primeiro que quando a gente pensa em canibalismo, pensa logo de humanos (abafa que eu não sei se a palavra é indicada somente para humanos mesmo...), não pensa que animais façam o mesmo ou não nos importamos com isso...

Ah, pensar que comer a carne de sua própria espécie possa nos fazer rejuvenescer ou retardar o envelhecimento é mais estranho ainda... Na verdade, acho que eu ouvi a Bones falando que essa prática nos faz desenvolver uma doença que eu não lembro mais qual é.

Ah... perfeito o cara ser pisoteado e morto pela sua própria gente!

Como (quase) sempre, a Scully é salva por um triz... E Mulder retirando carinhosamente o cabelo da testa dela? own... [/Josi]

Eu gosto desse episódio. Acho a idéia interessante. Como parece que a grande fraqueza humana é a VAIDADE, nada como a perspectiva de juventude "eterna" para fazer o homem cometer as mais estranhas e obscuras atrocidades. [Starbuck]

[Cleide] Curiosidade: Quase todos personagens nesse episódio receberan nomes de canibais da vida real... Aff!

Tem um diálogo ótimo:

Mulder: "(...) Eu lembrei disto, um documentário que eu vi na escola sobre um asilo de loucos. Me deu pesadelos."
Scully: "Eu pensei que nada te desse pesadelos."
Mulder: "Ah, eu era jovem." [/Cleide]


[Daniela] Nesse episódio o tema principal é o canibalismo. Queria comentar uma cena que gosto muito porque tem, digamos... um tom de humor negro:

Mulder ao mandar dragar um rio da cidade acaba descobrindo vários esqueletos de humanos.

Mais tarde Scully chega no necrotério, ela esta com um pote de "frango frito" da indústria CHACO, tipo um lanche para ela e Mulder que ainda trabalhava nos esqueletos...


Mulder chega à conclusão de que os ossos polidos sugerem a prática de canibalismo, que algumas tribos praticavam com a crença de que faz prolongar a vida. Assim, a rara doença de Kearns poderia ter sido contraída pelo consumo de sua carne. "Muitas religiões acreditam que a recompensa pelo consumo de carne humana é a vida eterna", observa Mulder.

Já que a personagem Paula tinha morrido da mesma doença rara que Keanrs tinha, Scully chega a conclusão de que Paula só pode ter contraído
a doença comendo o próprio Kearns.....(Afeh!!!!!!)

A cara do Mulder quando diz "A boa gente de Dudley tem comido mais do que apenas galinhas..." é muito engraçada... Mulder já é meio fresco com esgostos e privadas... imagina gente sendo fervida em um panelão....KKKKKKKKKKKKKKKKK

Enquanto Mulder sai para ver os registros de nascimento da Cidade ele pergunta: "Você vem?"




Scully, ainda perplexa após ter ouvido tudo aquilo, olha para o pote de frango totalmente enojada e o deixa lá... Adorei esta cena!!!!!!!!!!! [/Daniela]

[Vanna] Este é um episódio interessante que tem um tema que mexe um pouco com as pessoas, o canibalismo.

Pra variar, Scully chega na cidade tendo a certeza de que o caso não é um Arquivo X em decorrência do desaparecimento de George Kearns, inspetor federal que tinha a intenção de fechar a empresa Chaco Chicken.

Aliás, o episódio já inicia com o George Kearns no meio da floresta com Paula, doido para dar uns pegas na moça e esta tem a ideia genial de brincar de pega-pega no meio da floresta à noite e é por causa da brincadeirinha que o Kearns encontra uma criatura com uma máscara tribal e um machado em mãos.

Voltando ao casal de agentes, Mulder suspeita inicialmente de fogo-fátuo em decorrência das fotos mostrando a grama queimada em círculo e Scully discorda, mas as coisas começam a tomar um rumo diferente quando os agentes vão para a empresa Chaco Chicken e Paula, aquela moça do início, ataca o inspetor da empresa com uma faca e o gênio do xerife que acompanhava os agentes lhe desfere um tiro mortal.

Em decorrência da morte, Mulder requer a realização da autópsia, mas antes precisa pedir autorização para o avô da moça, o Sr. Chaco, dono da empresa Chaco Chicken, que no final das contas acaba liberando a autópsia.

Durante o procedimento, Scully descobre que Paula possuía uma doença neurológica, mesma doença que o desaparecido Kearns tinha, e Mulder, ao ver os registros de Paula, descobre que a moça na verdade estava com quase 50 anos.

Nesse meio tempo, ocorre um acidente com um caminhão no rio, o motorista morre em decorrência da doença neurológica incomum e Mulder decide que o rio seja dragado na hipótese de encontrar algo lá, como o corpo de George Kearns. Para surpresa dos agentes, fora encontrado muito mais do que o George Kearns, encontraram uma bela ossada, do qual a Scully foi obrigada a brincar de quebra-cabeça e montar as peças, digo, os ossos.

Entre a ossada, estava a de George Kearns, que a Scully reconhece devido a um pino na perna, conforme registros médicos. Além disso, descobrem que as ossadas não tinham o crânio e as extremidades dos ossos estavam arredondados e moles, como se tivessem sido cozidos.

A viúva de Kearns fica sabendo que acharam os ossos e vai conversar com Sr. Chaco. Tentam a convencer de que o infeliz não valia nada e que fora merecido, no entanto, de noite, ela recebe a visita do homem com a máscara tribal...

O problema é que Scully chegou tarde demais à casa da viúva e foi atacada pelo Sr. Chaco. Mulder foi a casa do Sr. Chaco para falar com ele, mas diante do atrevimento e da excessiva cara de pau, abriu um armário onde encontrou diversas cabeças com as bocas costuradas, inclusive a de George Kerns.

Sr. Chaco, com Scully amordaçada a tira-colo, chega no campo onde estão os moradores da cidade na fila do "sopão" e dá a maior mijada, pois o prato principal era a viúva de Kearns e ela não deveria ser o jantar, pois ela era uma deles, ou seja, praticava o canibalismo junto com eles.

O inspetor da fábrica o acusou de ter levado o estranho, George Kerns, para a cidade fazendo com que as pessoas fossem contaminadas com a doença neurológica que o inspetor federal tinha. Devido a rebeldia daquele que instituiu o canibalismo como fonte da juventude [o que estava dando certo, pois Paula tinha a aparencia de 25 anos e na verdade tinha 47 anos, a viúva também dissera antes para Mulder e Scully que George Kearns a traía desde que ela tinha 40 anos], o degolaram e estavam prestes a fazer o mesmo com Scully, quando Mulder chegou mandando bala.

Ah, ironicamente, o lema da empresa Chaco Chicken é: "Chaco Chicken: boa gente, boa comida". [/Vanna]

Quotes:

Scully: A possibilidade de ambos sofrerem a mesma doença é praticamente inexistente. A Creutzfeldt-Jakob pode ser hereditária, mas não é transmissível. Duas pessoas não relacionadas numa mesma cidade contraírem a mesma doença rara é...
Mulder: Bem mais provável do que Paula Gray ser uma cinquentenária daqui a três anos?

---

Mulder: Scully, acho que este bom povo de Dudley tem comido mais do que só galinha.
Scully: Acha que essas pessoas foram comidas?
Mulder: Examine estes ossos. Estão polidos em ambas as extremidades, sugerindo que foram fervidos numa panela. Os antropólogos usaram evidências similares para provar o canibalismo da tribo dos Anasazi, no Novo México.

Scully: Então Paula Gray pode ter contraído Creutzfeldt-Jakob por comer George Kearns.
Mulder: Isto pode explicar sua aparênciajovem.
Scully: De que você está falando?
Mulder: Acredita-se que alguns rituais canibalísticos prolongam a vida.

Scully: Canibalismo é uma coisa, mas aumentar a longevidade através disto...
Mulder: Pense a respeito, Scully. Do vampirismo ao catolicismo, literal ou simbolicamente comer o corpo leva à vida eterna. Não sei como funciona, mas vimos Paula.
Scully: Nunca confirmamos sua data de nascimento.
Mulder: Os registros do cartório podem dizer se ela, ou alguém mais, mente sobre a idade.

Outras Imagens de Our Town:

O achado de Mulder no rio

O conteúdo do armário do Sr Chaco

Momento cute

Scully: "Os registros navais também mostram que Walter Chaco nasceu em 1902, de forma que tinha 93 anos na data em que morreu. Até o momento, seus restos mortais ainda não foram encontrados."

4 comentários:

Yanne Celly disse...

Não só a florestas ,mas ax me deixou receosa em muitos sentidos...

Esse tema é terrivelmente nojento e assustador...somos capazes de quê para presevarmos a eterna juventude?

Se olharmos bem, hoje em dia as pessoas fazem de tudo para melhorar o seu exterior esquecendo do seu interior! Será que daqui a algum tempo teremos vergonha do passado?

E Josi...ele fica lindo de óculos..não?

Josilene disse...

Yanne... ele fica lindo de quase todas as formas! kkkkkkkkk

Mas, sim... AX é ótimo em temas fortes e não medo de arriscar e ir fundo. Adoro!

Elizabeth disse...

O tema canibalismo é barra pesada mesmo, mas em AX, os autores conseguiram injetar humor na estória, pois a cena em que o cara limpa a boca com guardanapo após devorar uma vítima e o slogan da fábrica "Boa gente, boa comida" são podres. Tanto nesse ep quanto em EVE (que eu me lembre), Mulder começa insistindo em interferência de OVNIs para depois ver que o mal era bem terráqueo mesmo.

Josilene disse...

Eu amo que ax consegue usar humor, medo e angústia em qq situação sem que a gente se sinta desconfortável... ou de forma desrespeitosa...